Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mostra a Tua Alma Serrana!


ANÁLISE DA TEMPORADA PAMPILHOSENSE

por ultraserranos4605, em 22.05.19

Terminou mais uma época do Pampilhosense na divisão maior da distrital de Coimbra, a oitava consecutiva, com um quarto posto. A equipa pampilhosense queria fazer melhor que na época anterior e tentar um apuramento para a Taça de Portugal. Esteve muito bem na primeira volta ao somar 32 pontos, o que permitiu terminar a primeira metade do campeonato no segundo lugar da tabela. Os serranos chegaram mesmo a ocupar a liderança de forma isolada durante três jornadas consecutivas (6ª, 7ª e 8ª). Nesta época o Pampilhosense conseguiu outra marca significativa, a melhor serie de jogos consecutivos sem perder, 17 no total, 14 para o campeonato e 3 para a taça.

 

Pampilhosense 18-19 trat 1.jpg

 

A segunda volta do campeonato foi menos produtiva em termos de pontos, a equipa somou apenas 24! Mesmo assim ocupou, quase sempre, os lugares do pódio durante toda a temporada.

 

Com o aproximar do final do campeonato o Pampilhosense tentou o terceiro lugar na tabela, classificação que seria a melhor de sempre do clube, e que, também, daria acesso à Taça de Portugal na próxima temporada, em virtude dos dois primeiros classificados da prova serem os finalistas da Taça AFC. Nos últimos dois encontros os serranos somaram dois empates, e na ultima jornada perderam esse objetivo para o Ançã FC, que acabou em igualdade pontual, mas com melhor score de golos!

 

Assim, o Pampilhosense terminou na quarta posição, com 56 pontos, a melhor pontuação de sempre num campeonato com 16 equipas (a melhor é de 57 pontos com 18 equipas), fruto de 15 triunfos, 11 empates e apenas 4 derrotas, 47 golos marcados e 39 sofridos.

 

Mas ficou um o sabor amargo na boca dos serranos, por deixarem fugir a terceira posição, e consequente acesso à Taça de Portugal, sobre a linha de meta!

 

Relativamente à Taça AFC a turma pampilhosense ambicionava chegar a uma inédita final que seria jogada, precisamente, em sua casa! Os serranos chegaram às meias-finais, pela quarta vez na historia, ao afastarem sempre equipas da Divisão de Honra: Académica SF, Marialvas e Ançã FC. Nas meias-finais o adversário foi o Condeixa, equipa que se sagou campeã, num jogo em Pampilhosa da Serra! A partida foi bem disputada e o Pampilhosense marcou cedo, mas viu o Condeixa a fazer a cambalhota no marcador nos últimos 10’! Esteve perto de acontecer uma inédita final!

 

Numero de Jogos:
A equipa serrana realizou no total da temporada 34 desafios, 30 para o campeonato e 4 para a taça. Apenas dois jogadores participaram em todos os desafios, Rafa e Dias.

Rafa 18-19.jpg

Rafa (na foto) e Dias foram os únicos atletas a participar nos 34 jogos realizados pelo Pampilhosense.

 

34 Jogos – Rafa e Dias
33 Jogos – Will e Miguel Barreto
32 Jogos – Ricky
31 Jogos – Amândio
30 Jogos – Renato e Ronaldo
29 Jogos – Seco
28 Jogos – Kiko
27 Jogos – Abel
25 Jogos – Kiko Dias
20 Jogos – Simão
19 Jogos – Flávio Salgado
15 Jogos – Rola
14 Jogos – Carlos Lima
13 Jogos – Cristiano
10 Jogos – Rui Velho
7 Jogos – Cédric
3 Jogos – César Palheira e Luís Ramos

 

Minutos Jogados:
Foi uma longa e desgastantes temporada, com muitos minutos de jogo. Três atletas estiveram à beira dos 3000’, Dias, Rafa e Ricky, sendo que estes últimos dois são dos mais experientes da equipa.

Dias 18-19.jpg

Dias ficou perto dos 3000’! O avançado pampilhosense realizou uma excelente temporada.

 

Dias – 2942m
Rafa – 2912m
Ricky – 2873m
Renato – 2634m
Ronaldo – 2532m
Seco – 2465m
Will – 2439m
Kiko – 2434m
Amândio – 1953m
Miguel Barreto – 1805m
Kiko Dias – 1533m
Flávio Salgado – 1357m
Simão – 1224m
Carlos Lima – 1176m
Abel – 1133m
Cristiano – 980m
Cédric – 628m
Rola – 572m
Rui Velho – 199m
Luís Ramos – 73m
César Palheira – 10m


Numero de Golos:
Quando falamos de goleadores, houve dois jogares a destacarem-se dos restantes. Dias, que volta a aparecer neste dado estatístico, e Ricky valeram, juntos, mais de 30 remates certeiros.

Dias Ricky 18-19 min.jpg

Os dois avançados discutiram até ao fim o “titulo” de melhor marcador da equipa. Ricky teve menos dois jogos e conseguiu o “feito” de marcar em seis jogos consecutivos.

 

18 Golos – Dias (15C+3T)
15 Golos – Ricky (13C+2T)
5 Golos – Simão
4 Golos – Ronaldo (3C+1T)
3 Golos – Seco
2 Golos – Amândio e Kiko Dias (1T+1C)
1 Golo – Rola, Will, Miguel Barreto e AG


Numero de Assistências:
Simão foi quem mais assistiu os seus companheiros para golo, seguido de perto por Ronaldo. Rola também merece uma referência pelas quatro assistências que fez tendo em conta o numero de jogos realizados.

528952_med_pampilhosense_x_marialvas_af_coimbra_di

Apesar de ficar afastado por lesão metade da temporada, Simão ainda conseguiu fazer 6 passes para golo e terminar na frente neste dado!

 

6 – Simão
5 – Ronaldo (3C+2T)
4 – Rola e Seco
3 – Renato e Dias
2 – Abel (1C+1T), Amândio, Miguel Barreto
1 – Kiko Dias, Flávio Salgado, Rafa, Ricky e Carlos Lima

 

A terminar, um agradecimento muitos especial a todos os adeptos que acompanharam e apoiaram a equipa ao longo de toda a temporada. Em muitos momentos foram a força “extra” para que a equipa conseguisse várias vitórias nas retas finais dos jogos, assim como em algumas cambalhotas no marcador.

 

Fica um video com alguns, dos muitos, momentos da época:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:02

PAMPILHOSENSE MORRE NA PRAIA!

por ultraserranos4605, em 20.05.19

TOCHA - PAMPILHOSENSE

Tocha - Pampilhosense 30ªJ DH 19-05-19 1.jpg

 

30ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra
Complexo Desportivo da Tocha
Assistência: cerca de 100 espetadores
Árbitro: Rodrigo Pais
Auxiliares: Mário Serrano e João Ferreira
Ao intervalo: 0-1

 

Pampilhosense:
Kiko, Seco, Carlos Lima (Kiko Dias 83’), Renato, Amândio, Rafa (Abel 63’), Will, Ronaldo, Miguel Barreto (Rola 75’), Ricky e Dias.
Suplentes não utilizados: Cédric, Cristiano, Luís Ramos e Rui Velho
Treinador: Carlos Alegre

 

Tocha:
Hélio Dias, Juninho, Kanu, Gravato (Manuel Ramos 81’), João Neves, Fatia, Curto, Pato (João Silva 40’(Rafael Costa 81’)), Tiago Conceição, Sassa e Fred Silva.
Suplentes não utilizados: Henrique, Rui Pereira, Zé Miguel e Jeremias
Treinador: Davide Dias

 

Ação Disciplinar:
Amarelos: Dias 45’ e Carlos Lima 62’ (pampilhosense); Hélio Dias 83’ e Tiago Conceição 89’ (Tocha).
Vermelhos diretos: Juninho 78’ (Tocha)

 

Golos:
Dias 7’ (Pampilhosense); Sassa 47’ (Tocha)

Tocha - Pampilhosense 30ªJ DH 19-05-19 2.JPG

 

No ultimo desafio da temporada o Pampilhosense deslocava-se à Tocha com o intuito de segurar o terceiro lugar, posição que garantia a Taça de Portugal na próxima época. Do outro lado estava um conjunto que realizou uma excelente segunda volta e, praticamente com a posição definida, queria terminar a temporada com um triunfo em casa.

Tocha - Pampilhosense 30ªJ DH 19-05-19 3.JPG

 

A viagem aos ares da praia começou da melhor forma para os serranos que, aos 7’, vão chegar à vantagem no marcador. Na sequencia de uma boa jogada coletiva Ricky desmarcou-se e serviu Dias que, ao segundo poste, concluiu com êxito e pôs o Pampilhosense na frente. Era um bom pronúncio para a turma de Pampilhosa da Serra que precisava de somar os três pontos. E até final do primeiro tempo foram os serranos a controlar as operações, não criaram mais ocasiões de golo mas também não permitiu ao adversário.

Tocha - Pampilhosense 30ªJ DH 19-05-19 4.JPG

 

Na segunda metade a equipa da casa entrou mais atrevida e isso ficou patente logo aos 46’, com Juninho a cruzar e João Silva a rematar para uma excelente defesa de Kiko para canto! Mas na sequência do pontapé de canto o Tocha chega à igualdade, depois de um desvio ao primeiro poste Gravato surge ao segundo a atirar ao poste, no entanto a bola a sobrou para o coração da pequena área onde surge Sassa a finalizar de forma fácil. A equipa do Pampilhosense tinha de reagir e até marcou por intermédio de Ricky, aos 58’, mas o lance foi anulado por fora de jogo. Com os serranos a arriscarem o Tocha tinha mais espaço para explorar o contra-ataque! E aos 63’, numa rápida jogada de ataque dos da casa, Curto ofereceu o golo a João Silva, mas este não conseguiu levar a melhor sobre Kiko que lhe “roubou” a bola no 1x1! Depois dos 78’ as coisas complicaram para a formação do Tocha, Juninho agrediu Will e recebeu ordem de expulsão! Mas a partir deste momento o tempo útil de jogo foi bem menor e o Pampilhosense, apesar da maior pressão sobre o adversário, o mais perto que esteve da vitoria foi através de um “chapéu” de Will, aos 83’, que saiu por cima do travessão!

Tocha - Pampilhosense 30ªJ DH 19-05-19 5.JPG

 

O Pampilhosense já sabia que iria encontrar uma equipa muito diferente da primeira volta do campeonato. O que se confirmou no campo! Os serranos até marcaram primeiro, dando o sinal de que poderiam caminhar para o triunfo. Mas o empate surgiu no arranque do segundo tempo e, até final, a equipa pampilhosense não conseguiu alterar o rumo dos acontecimentos. Assim, com o empate, o Pampilhosense acaba por morrer na praia e deixar fugir o ultimo lugar do pódio, e consequente acesso à Taça de Portugal, sobre a linha de meta. Este resultado apenas servia para o Pampilhosense se o Ançã FC perdesse pontos em Penela ou, em caso de vitória do “ferryaço”, o Vigor Mocidade também vencesse na Figueira da Foz, deixando as três equipas em igualdade pontual! A igualdade pontual somente com o Ançã FC, o que se verificou, deixa o Pampilhosense na quarta posição!

 

A arbitragem não ficou isenta de erros. Duvidas em dois lances importantes: no golo anulado ao Pampilhosense e de uma grande penalidade para o Tocha nos instantes finais!

 

Ultima Jornada:
Académica SF 1-2 Brasfemes
Pacheco (AAC SF); Márito (2) (RB)

 

Eirense 2-2 Condeixa
João e Afonso (UCE); João Olavo e André Gonçalo (CC)

 

Sourense 3-0 Lagares da Beira
Marco, Quaresma e Mário Brito

 

Tocha 1-1 Pampilhosense
Sassa (UDT); Dias (GDP)

 

Naval 1893 2-1 Vigor Mocidade
Ricardo e Joary (Nav); Paganini (VM)

 

Tourizense 4-1 Marialvas
Jessi, Cadu (2) e Sané (GDT); Beny (Mar)

 

Carapinheirense 1-1 União FC
Ricardo (CAC); Nino (UFC)

 

Penelense 1-4 Ançã FC
Isma (Pen); Hugo, Bernardo e Valter Silva (2) (AFC)

 

Classificação Final:

Class Final DH 19-05-19.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:13

EMPATE LEVA DECISÃO DO PÓDIO PARA A ULTIMA JORNADA

por ultraserranos4605, em 13.05.19

PAMPILHOSENSE - NAVAL 1893

Pampilhosense - Naval 1893 29ªJ DH 12-05-19 1.jpg

 

29ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra
Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra
Assistência: cerca de 100 espetadores
Árbitro: Joel Pacheco
Auxiliares: Luís Vilela e Nuno Severa
Ao intervalo: 0-1


Pampilhosense:
Kiko, Seco (Cristiano 95’), Renato, Carlos Lima, Rola (Abel 59’), Rafa, Ronaldo, Will, Miguel Barreto (Kiko Dias 74’) e Dias.
Suplentes não utilizados: Cédric, Rui Velho e Luís Ramos
Treinador: Carlos Alegre

 

Naval 1893:
Vasco Guimarães, Luís, Ricardo, Copinho, André (Rony 83’), César Jesus, Rodolfo, Graça, Amaral (Nogueira 57’), Joary (Arlindo 88’) e Fred.
Suplentes não utilizados: Rui e Tiago
Treinador: José Godinho

 

Ação disciplinar
Amarelos:
Carlos Lima 31’, Rola 44’, Will 73’ e Abel 89’ (Pampilhosense).

 

Golos:
Seco 49’ e Dias 92’ (Pampilhosense); Joary 40’ e Graça 80’ (Naval 1893).

Pampilhosense - Naval 1893 29ªJ DH 12-05-19 2.JPG

 

Em tarde quente na Pampilhosa da Serra a equipa do Pampilhosense despedia-se, em casa, dos seus adeptos com um desafio frente à Naval 1893, em que precisava de vencer para segurar o terceiro lugar. Já o conjunto da Figueira da Foz, com a classificação mais ou menos definida, vinha jogar com toda a tranquilidade e discutir o triunfo.

Pampilhosense - Naval 1893 29ªJ DH 12-05-19 3.JPG

 

A equipa serrana desde cedo começou a tomar as rédeas no desafio, embora sem conseguir criar situações de golo. A primeira ocasião surgiu, apenas, aos 32’, com Dias a aproveitar uma oferta de um defesa e, completamente isolado, a “embrulhar-se” com o guardião visitante e a não aproveitar a flagrante oportunidade. A equipa serrana não marcou e foi a Naval 1893 que, à passagem dos 40’, vai chegar à vantagem, depois de um pontapé de baliza largo, com Fred a ganhar com uma infração e isolar Joary que não perdoou. A equipa do Pampilhosense ainda reagiu sobre o apito final do primeiro tempo, com Ronaldo a cobrar um livre direto e obrigar Vasco Guimarães a defesa apertada, na recarga Carlos Lima permitiu nova intervenção ao guardião visitante.

Pampilhosense - Naval 1893 29ªJ DH 12-05-19 4.JPG

 

Na segunda metade a equipa pampilhosense entrou a "todo o gás" e o empate surge aos 49’, depois de um cruzamento largo de Ronaldo e Seco a concluir muito bem de cabeça. Pouco depois, aos 54’, a cambalhota no marcador fica perto de acontecer, com seco a cruzar à medida para Dias cabecear ao poste da baliza. Os serranos mantiveram a mesma toada e, aos 72’, Abel cruzou bem para Dias desviar ao primeiro poste com muito perigo. Mas, numa fase em que o jogo já estava mais equilibrado, os homens da Figueira da Foz vão sair de forma rápida para o ataque, aos 80’, com Graça a tabelar com um companheiro para surgir isolado a bater Kiko. O Pampilhosense voltou a reagir, Dias na pequena área, aos 83’, tem tudo para fazer o empate num remate que saiu por cima da trave. Até que aos 92’ Kiko Dias cruzou com perícia e Dias, de cabeça, desta vez não perdoou e estabeleceu o resultado final em 2-2.

Pampilhosense - Naval 1893 29ªJ DH 12-05-19 5.JPG

 

No geral a equipa Pampilhosense foi melhor que a Naval 1893. Mas o conjunto que viajou desde da Figueira da Foz fez pela vida e aproveitou, e bem, as oportunidades e os erros pampilhosenses. Os serranos acabaram por ter mais ocasiões, concretizaram duas delas, mas não foi o suficiente para somar os três pontos que garantiriam o terceiro lugar. Assim, na ultima jornada, o Pampilhosense terá de vencer na Tocha se quiser segurar o ultimo lugar no pódio.

 

Arbitragem arrogante e fraca de Joel Pacheco que apitou, pela segunda semana consecutiva, a Naval 1893! Para além de outros erros, o maior foi ao não assinalar uma infração clara no lance que resultou o primeiro golo da Naval 1893. Teve influência no resultado!

 

A uma jornada do final já temos campeão. O Condeixa, beneficiando do empate do Sourense, sagou-se campeão! Parabéns à equipa de Condeixa pelo titulo alcançado.

 

Resultados:
Brasfemes 1-2 Tocha
Fatia e Freire (UDT)

 

Condeixa 2-0 Académica SF
Rui Pereira (2)

 

Lagares da Beira 1-2 Eirense
;Marques (2) (UCE)

 

Pampilhosense 2-2 Naval 1893
Seco e Dias (GDP); Joary e Graça (Nav)

 

Vigor Mocidade 4-0 Carapinheirense
Marcos, Estanqueiro, Diogo Batista e Zé Marques

 

Marialvas 2-0 Penelense
João Maia e Didi

 

União FC 2-1 Tourizense
Silva (2) (UFC); Jessi (GDT)

 

Ançã FC 2-2 Sourense
Batista e Valter Silva (AFC); Rui Miguel e Mário Brito (GDS)

 

Classificação:

Class 29ªJ DH 12-05-19.jpg

 

Ultima Jornada:
Académica SF – Brasfemes
Eirense – Condeixa
Sourense – Lagares da Beira
Tocha – Pampilhosense
Naval 1893 – Vigor Mocidade
Tourizense – Marialvas
Carapinheirense – União FC
Penelense – Ançã FC

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:22

PAMPILHOSENSE NOMEADO PARA OS PRÉMIOS DESPORTO

por ultraserranos4605, em 08.05.19

Pelo segundo ano consecutivo o Grupo Desportivo Pampilhosense está nomeado para os Prémios Desporto 2019, promovidos pelo jornal Diário As Beiras, na categoria “Prémio Clube”. Um reconhecimento pelo trabalho realizado nesta época desportiva por um clube que, de alguns anos a esta parte, se tem afirmado, cada vez mais, no panorama futebolístico do nosso distrito.

 

Os prémios serão entregues numa gala a realizar, para o efeito, dia 20 de maio, e as votações decorrem até dia 16 em:

https://www.asbeiras.pt/premios-desporto2019/

 

Vota!

Nomeação Premios desporto Diário As Beiras.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:27

CAMBALHOTA PARA SEGURAR O TERCEIRO LUGAR

por ultraserranos4605, em 05.05.19

CARAPINHEIRENSE - PAMPILHOSENSE

Carapinheirense - Pampilhosense 28ªJ DH 04-05-19

 

28ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra
Complexo Desp. de S. Pedro na Carapinheira
Assistência: cerca de 80 espetadores
Árbitro: Eduardo Alves
Assistentes: João Marques e Tiago Fernandes
Ao intervalo: 1-0

 

Pampilhosense:
Kiko, Seco, Renato, Carlos Lima, Rola (Amândio 52’), Rui Velho (Miguel Barreto 52’), Rafa, Ronaldo, Abel (Luís Ramos64’), Will e Dias.
Suplentes não utilizados: Cédric, Cristiano e Kiko Dias.
Treinador: Carlos Alegre

 

Carapinheirense:
Diogo Aveiro, Lavrador, Jairo, Carlos Santos (Timóteo 5’), Luís Jorge, Xavier Santos, Valentine, Ricardo, David, Faria (Pedro Muller 70’) e Xavier Monteiro (Quintas 82’).
Suplentes não utilizados: Bruno, Zé Paulo, Ângelo e Renato.
Treinador: Nuno Raquete

 

Ação Disciplinar:
Amarelos: Ronaldo 45’ e Dias 88’ (Pampilhosense); Timóteo 73’ (Carapinheirense)

 

Golos: Ronaldo 75’ e Dias 88’ (Pampilhosense); Valentine 42’ (Carapinheirense).

Carapinheirense - Pampilhosense 28ªJ DH 04-05-19

 

Frente ao Carapinheirense o Pampilhosense fazia o quarto jogo no espaço de dez dias, com o intuito de regressar aos triunfos para segurar o ultimo lugar do pódio. Do outro lado estava uma formação fora do perigo da despromoção e a atravessar um bom momento de resultados.

Carapinheirense - Pampilhosense 28ªJ DH 04-05-19

 

A primeira metade foi de dificuldades para a turma pampilhosense que, muito desinspirada, nunca conseguiu tomar as rédeas do jogo, perante um Carapinheirense mais atrevido e com maior vontade. Os serranos erraram muitos passes, essencialmente quando tentavam sair para o ataque, o que permitiu ao Carapinheirense recuperar bolas em zonas adiantadas e criar várias situações de golo! A primeira aos 18’, perda de bola serrana e passe para isolar Faria que rematou para defesa de Kiko. Pouco depois, aos 21’, nova situação para os da casa, mais uma perda de bola serrana e ataque rápido conduzido por Ricardo e Xavier Monteiro, com este último, sozinho dentro da grande área, a rematar à trave da baliza pampilhosense. Os de Pampilhosa da Serra não conseguiam reagir e o Carapinheirense, aos 33’, volta a ficar perto de marcar, depois de Faria cruzar atrasado para Xavier Monteiro, completamente sozinho, rematar para excelente intervenção de Kiko. Até que sem surpresas, aos 42’, o Carapinheirense vai chegar à vantagem, depois de um pontapé de canto para Valentine concluir ao segundo poste.

Carapinheirense - Pampilhosense 28ªJ DH 04-05-19

 

Na segunda metade o cariz de jogo alterou. O Pampilhosense precisava de vencer e tinha que fazer muito mais, e foi com uma postura de maior vontade que regressaram do intervalo. Aos 47’ Ronaldo deixa um primeiro aviso, ao obrigar Diogo Azevedo a uma boa defesa depois de um livre direto. Na resposta Ricardo intersetou um passe e correu para oferecer o golo a Faria, mas na pequena área o jogador da Carapinheira falhou a emenda! Mas o Pampilhosense começou a subir no terreno e criar algumas situações de maior perigo. Aos 69’ Will foi à linha final e serviu atrasado para aparecer Luís Ramos a atirar por cima! Até que aos 75’, na marcação de um livre direto, Ronaldo encheu-se de confiança e rematou colocadíssimo obtendo um excelente golo e empatar o jogo! O Carapinheirense tentou responder, o Pampilhosense voltou a perder mais uma bola em zona proibida e Quintas, que recebeu um cruzamento largo, surge com espaço ao segundo poste, mas valeu Kiko a sair rápido para fazer a “mancha”. Mas aos 88’, na melhor jogada coletiva do Pampilhosense, Seco surge rápido na direita a servir Dias que, com um excelente movimento de rotação, tira um adversário da frente e finaliza com sucesso! Feita a cambalhota no marcador o Pampilhosense geriu os instantes finais e segurou um importante triunfo.

Carapinheirense - Pampilhosense 28ªJ DH 04-05-19

 

Foi um jogo difícil para o Pampilhosense conseguir os três pontos. Na primeira metade a equipa serrana não esteve bem, mas retificou a postura no segundo tempo para conseguir uma cambalhota no marcador que mantém a equipa no ultimo luar do pódio, um lugar que pode garantir um inédito apuramento para a Taça de Portugal! Faltam duas jornadas!

 

Boa arbitragem.

 

Resultados:
Tocha 1-1 Condeixa
Fred (UDT); João Freire (ag) (CC)

 

Académica SF 1-1 Lagares da Beira
Pacheco (AAC SF); Torrão (LB)

 

Eirense 0-2 Sourense
Quintero e Amaral

 

Naval 1893 3-3 Brasfemes
Graça, César e Luca (Nav); Marito (2) e Jaria (RB)

 

Carapinheirense 1-2 Pampilhosense
Valentine (CDC); Ronaldo e Dias (GDP)

 

Penelense 0-0 União FC

 

Tourizense 2-0 Vigor Mocidade
Deco e Jessi

 

Ançã FC 1-0 Marialvas
Nazaré

 

Classificação:

Class 28ªJ DH 04-05-19.jpg

 

Próxima Jornada:
Brasfemes – Tocha
Condeixa – Académica SF
Lagares da Beira – Eirense
Pampilhosense – Naval 1893
Vigor Mocidade – Carapinheirense
Marialvas – Penelense
União FC – Tourizense
Ançã FC – Sourense

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:31

SERRANOS NÃO TIVERAM "PERNAS"!

por ultraserranos4605, em 02.05.19

PAMPILHOSENSE - TOURIZENSE

Pampilhosense - Tourizense 27ªJ DH 01-05-19 1.jpg

 

27ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra
Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra
Assistência: cerca de 100 espetadores
Árbitro: Bruno Pombo
Assistentes: Vinícius Pires e Eduardo Nunes
Ao intervalo: 0-1

 

Pampilhosense:
Kiko, Abel, Kiko Dias, Carlos Lima, Rola (Miguel Barreto 56’), Rafa (Rui Velho 77’), Ronaldo, Will, Seco (Dias 45’), Amândio e Ricky.
Suplentes não utilizados: Cristiano e Renato
Treinador: Carlos Alegre

 

Tourizense:
Júnior, Cláudio Bandeira, Xie, Odair, Deco, Ludovico, Jessi (Barca 80’), Ronaldinho (Rafa 54’), Abi, Sané (Cadu 89’) e Guimar.
Suplentes não utilizados: Zé Miguel
Treinador: Tó Margarido

 

Ação disciplinar:
Amarelos:
Rola (banco), Amândio 90’ e Carlos Lima 97’ (Pampilhosense); Xie 27’ e Guimar 96’ (Tourizense)

Golos: Xie 35’

Pampilhosense - Tourizense 27ªJ DH 01-05-19 2.JPG

 

Na receção ao Tourizense o Pampilhosense cumpria o terceiro jogo em menos de uma semana e, apesar do cansaço, ambicionava reforçar o terceiro posto. Já a equipa de Touriz vinha a Pampilhosa da Serra com total tranquilidade e o intuito de dar seguimentos aos excelentes resultados na segunda volta.

Pampilhosense - Tourizense 27ªJ DH 01-05-19 3.JPG

 

Foi a equipa de Touriz que melhor entrou no jogo, mas sem oportunidades de golo, aliás, essa foi uma toada em quase todo o jogo. O primeiro sinal de perigo surgiu só aos 22’, para os visitantes e de bola parada, com Cláudio Bandeira a rematar para defesa difícil de Kiko. O Pampilhosense respondeu aos 31’, através de um ataque rápido, com Amândio a rematar para uma defesa atenta de Júnior. O jogo estava com pouca clarividência e, aos 34’, Xie tem um pontapé na monotonia, do meio da rua, e bate o guardião Kiko, colocando o Tourizense na frente do marcador. Os serranos ainda reagiram no minuto seguinte, com Ricky a entrar dentro da grande área e, de ângulo reduzido mas só com o guarda-redes pela frente, rematar às malhas laterais.

Pampilhosense - Tourizense 27ªJ DH 01-05-19 4.JPG

 

No segundo tempo o Pampilhosense foi em busca de atenuar o prejuízo, mas esbarrou numa equipa bem organizada defensivamente e que aproveitava todas as oportunidades para “queimar” algum tempo! Aos 58’ Ronaldo, de live direto, obrigou Júnior a uma defesa mais complicada dando o sinal que os serranos queriam mais! Mas, apesar de maior persistência do Pampilhosense, o jogo decorreu sem grandes ocasiões de golo. A exceção aconteceu já perto do final, aos 85’, com Dias a surgir completamente isolado a permitir a intervenção de Junior, no ressalto a bola sobrou para Kiko Dias que, com a baliza completamente à sua mercê, viu Guimar, no chão, a salvar a sua equipa!

Pampilhosense - Tourizense 27ªJ DH 01-05-19 5.JPG

 

A equipa serrana já sabia que teria uma tarefa complicada, tanto pela qualidade do adversário como pelo cansaço acumulado de realizar o terceiro encontro em menos de uma semana! Os dois fatores pesaram, o Pampilhosense bem tentou outro resultado, mas faltou maior frescura física ao que juntou a qualidade do adversário! O Tourizense depois de chegar a vantagem, com experiência, aproveitou todas as oportunidades para “queimar” tempo e segurar os três pontos. Apesar de ter somado a quarta derrota no campeonato, o Pampilhosense mantém o terceiro posto.

 

O trabalho da equipa de arbitragem nem sempre foi feliz, mas não terá tido influência no resultado.

 

No decorrer da segunda parte, cerca dos 70’, Ricky teve um choque com o guardião contrário o que lhe provocou um traumatismo craniano, mesmo assim, esteve em campo até ao fim do jogo! No final o capitão pampilhosense foi transportado ao hospital para a realização de exames que confirmaram a suspeita. Ricky, que é conhecido pela sua determinação e luta, já está em casa a recuperar. Força campeão!

thumbnail_Ricky%202.jpg

 

Resultados:
União FC 2-1 Ançã FC

 

Lagares da Beira 1-2 Tocha
Luís Paulo (LB); Curto e Fatia (UDT)

 

Eirense 5-0 Académica SF
João Marques (3); Sarmento e Cardoso

 

Condeixa 4-0 Naval 1893
Rui Pereira, André Gonçalo e João Olavo (2)

 

Brasfemes 0-1 Carapinheirense
Faria

 

Vigor Mocidade 1-0 Penelense
Dani

 

Pampilhosense 0-1 Tourizense
Xie

 

Sourense 2-0 Marialvas
Quintero e Vitor Nogueira

 

Classificação:

Class DH 27ªJ 01-05-19.jpg

 

Próxima Jornada:
Tocha – Condeixa
Académica SF – Lagares da Beira
Eirense – Sourense
Naval 1893 – Brasfemes
Carapinheirense – Pampilhosense
Penelense – União FC
Tourizense – Vigor Mocidade

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:45

COM FORÇAS PARA SUBIR AO PÓDIO

por ultraserranos4605, em 29.04.19

PENELENSE - PAMPILHOSENSE

Penelense - Pampilhosense 26ªJ DH 28-04-19 1.jpg

 

26ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra
Campo de S. Jorge em Penela
Assistência: cerca de 60 espetadores
Árbitro: Pedro Nascimento
Auxiliares: Gonçalo Esteves e Pedro Silva
Ao intervalo: 0-1

 

Pampilhosense:
Kiko, Abel, Renato, Carlos Lima, Amândio, Rafa, Ronaldo, Will, Miguel Barreto (Rui Velho 45’), Ricky (Kiko Dias 88’) e Dias (Rola 64’).
Suplentes não utilizados: Seco e Luís Ramos
Treinador: Carlos Alegre

 

Penelense:
Cláudio Cravo, Airton (Rui 83’), Gabriel, Fábio Gomes, Yekine (Diogo Pato 77’), Isma, Vinícius (Rui Melo 69’), Wilson, Loureiro, Diogo Azevedo e Pita.
Suplentes não utilizados: João Folhas, Rodrigo e Palmeirão
Treinador: Jorge Duarte

 

Ação Disciplinar:
Amarelos: Renato 40’ (Pampilhosense); Fábio Gomes 40’ (Penelense).

 

Golos: Ricky 18’, Rola 79’ e Ronaldo (gp) 85’ (Pampilhosense); Fábio Gomes 62’ e Rui 92’ (Penelense).

Penelense - Pampilhosense 26ªJ DH 28-04-19 2.JPG

 

Depois do afastamento da Taça AFC em jogo muito intenso e disputado na quinta-feira, o Pampilhosense voltava a entrar em campo com apenas dois dias de intervalo centrando, agora, todas as atenções para o campeonato. A viagem a Penela era um difícil teste à capacidade física e mental dos serranos, perante uma equipa tranquila a tabela e que iria atuar desinibida.

Penelense - Pampilhosense 26ªJ DH 28-04-19 3.JPG

 

A equipa do Pampilhosense não esteve inspirada no primeiro tempo, o Penelense mostrou mais argumentos e, principalmente, maior frescura, o que fez com que dominasse, quase por inteiro, os primeiros 45’. Mas, curiosamente, foi o Pampilhosense a sair na frente do marcador, aos 18’, na sequência de um lançamento lateral que a defensiva local não afastou e Ricky, de cabeça, desviou para o fundo da baliza do Penelense. Perante a organização serrana o Penelense, que dominava as ações no meio campo, respondeu de meia distância e Fábio Gomes, aos 27’, rematou com estrondo à barra da baliza de Kiko. Pouco depois, aos 29’, boa triangulação pelo centro entre Isma e Vinicius com o primeiro a atirar fortíssimo, de fora da grande área, para uma excelente defesa de Kiko. Sobre o final do primeiro tempo, aos 44’, o guardião serrano volta a estar em destaque, depois de um livre lateral com Isma a aproveitar um desvio e cabecear para uma enorme defesa de Kiko. Ao intervalo os serranos venciam pela margem mínima, muito por “culpa” de duas excelentes intervenções de Kiko a manter a sua baliza inviolável.

Penelense - Pampilhosense 26ªJ DH 28-04-19 4.JPG

 

Na segunda metade o Pampilhosense surgiu com outro rosto, mas foi o Penelense a chegar ao golo, aos 62’, depois de uma excelente jogada com Fábio Gomes a surgir na cara de Kiko a concluir com êxito. Depois do desgaste de quinta-feira poderia pensar-se que o Pampilhosense não iria conseguir responder à altura, e que o Penelense iria caminhar para a reviravolta. Mas não foi isso que aconteceu, os serranos reagiram e foram em busca do único resultado que interessava para os seus objetivos: o triunfo. E aos 79’, na marcação de um livre lateral, Rola surpreende tudo e todos ao atirar direto na baliza colocando o Pampilhosense de novo na frente do marcador. Pouco depois, aos 84’, Diogo Azevedo corta a bola com o braço dentro da grande área, grande penalidade que Ronaldo, chamado a converter, não desperdiçou e sentenciou o encontro. O Penelense ainda reduziu para a diferença mínimo em período de compensação, através de uma rápida jogada de ataque com Rui a concluir.

Penelense - Pampilhosense 26ªJ DH 28-04-19 5.JPG

 

A equipa serrana deu uma excelente resposta depois do jogo da meia-final da Taça AFC. A primeira metade não foi muito bem conseguida, também por mérito do adversário, mas no segundo tempo o Pampilhosense encontrou forças para alcançar três importantes pontos na luta pelo ultimo lugar do pódio. Nota para Ricky que com o golo de ontem consegue a marca de seis jogos consecutivos a marcar com a camisola serrana!

 

Bom trabalho da equipa de arbitragem.

 

Resultados:
Naval 1893 2-2 Lagares da Beira
Juary (2) (Nav); Francisco e Romário Oliveira (LB)

 

Tocha 1-0 Eirense
Fatia

 

Académica SF 0-3 Sourense
Quaresma, Rui Miguel e Marco

 

Carapinheirense 2-3 Condeixa
Carlos Santos e Valentine (CDC); Hugo Amado e João Olavo (2) (CC)

 

Tourizense 6-1 Brasfemes
Ludovico (2), Sané (2), Jessi e Dembelé (GDT); Igor (RB)

 

Ançã FC 0-0 Vigor Mocidade

 

Penelense 2-3 Pampilhosense
Fábio Gomes e Rui (Pen); Ricky, Rola e Ronaldo (GDP)

 

Marialvas 1-2 União FC
Bita (Mar); Curica e Veigo (UFC)

 

Classificação:

Class DH 26ªJ 28-04-19.jpg

 

Próxima Jornada:
União FC 2-1 Ançã FC
Lagares da Beira – Tocha
Eirense – Académica SF
Condeixa – Naval 1893
Brasfemes – Carapinheirense
Vigor Mocidade – Penelense
Pampilhosense – Tourizense
Sourense – Marialvas

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:09

SONHO VIROU PESADELO NOS ULTIMOS DEZ MINUTOS

por ultraserranos4605, em 26.04.19

PAMPILHOSENSE - CONDEIXA

Pampilhosense - Condeixa meia final Taça AFC 25-0

 

Meia-Final da Taça AF Coimbra
Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra
Assistência: cerca de 300 espetadores
Árbitro: Cátia Tavares
Auxiliares: Manuel Rosa e Gonçalo Cancela
Ao intervalo: 1-0

 

Pampilhosense:
Cédric, Abel, Renato (Kiko 88’), Carlos Lima, Amândio, Rafa, Ronaldo, Miguel Barreto (Kiko Dias 73’), Will, Ricky e Dias.
Suplentes não utilizados: kiko, Cristiano, Rola, Seco, Luís Ramos e Rui Velho.
Treinador: Carlos Alegre

 

Condeixa:
Manu, Crachat, Zito, André Gonçalo (João Olavo 67’), Hugo Amado, Alhassane Souradj, Rui Pereira, Leo Teixeira (Ruben 90+3’), Sarmento, Wilson e Rafa (Hugo Oliveira 77’).
Suplentes não utilizados: Manu Junior, Moura, Montenegro e Henrique
Treinador: Pedro Ilharco

 

Ação Disciplinar:
Amarelos: Renato 9’, Dias 48’ e Ricky 50’ (Pampilhosense); Rafa 40’ e Hugo Amado 85’ (Condeixa).
Vermelhos: Cédric 88’

 

Golos: Ricky 5’ (Pampilhosense); Rui Pereira 80’, Leo Teixeira 85’ e João Olavo 90+1’ (Condeixa).

Pampilhosense - Condeixa meia final Taça AFC 25-0

 

Em tarde de chuva Pampilhosense e Condeixa disputavam o acesso à final da Taça da AF Coimbra, jogo que decorrerá precisamente em Pampilhosa da Serra. Era de esperar uma entretida tarde de futebol, com as duas equipas a discutirem o acesso à final da Taça. O Pampilhosense porque tinha a motivação extra de jogar em casa, e o Condeixa porque pode lutar por uma possível “dobradinha”.

Pampilhosense - Condeixa meia final Taça AFC 25-0

 

Nos primeiros minutos o perigo rondou as duas balizas, primeiro para o Condeixa, aos 2’, através de um remate de longe, traiçoeiro, de Rui Pereira a obrigar Cédric a uma defesa difícil. Pouco depois, aos 5’, para o Pampilhosense, jogada que resultaria em golo. Dias na primeira tentativa atirou para defesa de Manu, na segunda ao poste e, à terceira, Ricky concluiu com êxito. A vantagem madrugadora deixava o Pampilhosense em boa posição para controlar o desafio, e foi isso que aconteceu, com o Condeixa a sentir muitas dificuldades em contrariar a organização do adversário. Só ao cair do pano do primeiro tempo e de bola parada, aos 45’, os visitantes criaram perigo com Rafa a cobrar um livre direto fazendo a bola passar muito perto da baliza do Pampilhosense.

Pampilhosense - Condeixa meia final Taça AFC 25-0

 

Na segunda metade o cariz do jogo parecida levar o mesmo rumo. Os serranos a controlarem e os visitantes a tentarem encontrar argumentos para chegar à baliza do adversário. O Condeixa só voltou a criar perigo aos 70’, depois de Sarmento cruzar e João Olavo, que entrou e agitou o jogo, cabecear com perigo. O Pampilhosense respondeu ao 73’ e até introduziu a bola na baliza, por intermedio de Dias, mas o lance seria anulado por fora-de-jogo! Até que na reta final do encontro surgiu a figura de maior destaque desta equipa do Condeixa, Rui Pereira, que num pontapé forte do meio da rua, aos 80’, bateu, finalmente, Cédric e resgatou a sua equipa de um resultado negativo! O golo animou as hostes visitantes que pouco depois, aos 85’, vão consumar a cambalhota no marcador. Na sequencia de um livre lateral Sarmento cruzou e Leo Teixeira surgiu a cabecear, com a bola a sofrer um desvio em Carlos Lima e trair o guardião Cédric. O jogo estava bem encaminhado para o Condeixa carimbar a passagem à final, o que foi confirmado sobre o minuto 90. Cédric recebeu ordem de expulsão depois de defender com as mãos fora da grande área e, na cobrança do livre João Olavo rematou forte para o 3-1 final!

Pampilhosense - Condeixa meia final Taça AFC 25-0

 

A equipa do Pampilhosense esteve muito perto de atingir a desejava final que será jogada em sua casa. Marcou primeiro, teve o desafio quase sempre controlado, até que apareceu Rui Pereira que, num pontapé do meio da rua, resgatou e impulsionou a sua equipa para um resultado positivo e a cambalhota no marcador nos últimos 10’ do encontro! Em suma, um bom jogo de futebol, bons apontamentos táticos das duas equipas, intensidade e emoção até final.

 

O trio de arbitragem teve uma boa prestação. Cátia Tavares esteve à altura do jogo.

 

Resultados:
Pampilhosense 1-3 Condeixa
Ricky (GDP); Rui Pereira, Leo Teixeira e João Olavo (CC)

 

Naval 1893 0-2 Sourense

Rui miguel e Tavares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:13

EMPATE ADIA LUTA PELO PÓDIO

por ultraserranos4605, em 15.04.19

PAMPILHOSENSE - ANÇÃ FC

Pampilhosense - Ançã FC 25ªJ DH 14-04-19 1.jpg

 

25ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra
Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra
Assistência: cerca de 250 espetadores
Árbitro: Paulo Antunes
Assistentes: João Rodrigues e Célia Gonçalves
Ao intervalo: 1-1

 

Pampilhosense:
Cédric, Abel, Renato, Caros Lima, Seco, kiko Dias (Rola 85’), Rafa, Ronaldo, Will, Ricky e Dias (Miguel Barreto 66’).
Suplentes não utilizados: Kiko, Cristiano, Rui Velho e Luís Ramos
Treinador: Carlos Alegre


Ançã FC:
Ivo, Batista, gabi, JP, Valter (Citro 90’), Pedro Alves, Neves, Pepe (Pétô 83’), Nazaré, Bernardo (Hugo 86’) e Xuna.
Suplentes não utilizados: Ruben, Nuno Santos e Dani.
Treinador: António Cortesão

 

Ação disciplinar:
Amarelos: Ronaldo 31’ e Carlos Lima 55’ (Pampilhosense); Gabi 29’, Batista 80’ e Neves 83’ (Ançã FC).

 

Golos: Ricky 22’ (Pampilhosense); Valter 44’ (Ançã FC)

Pampilhosense - Ançã FC 25ªJ DH 14-04-19 2.JPG

 

Pampilhosense e Ançã FC dividiam a terceira posição com o mesmo numero de pontos e tentavam, com um triunfo neste confronto, dar um passo importante na luta pelo ultimo lugar do pódio.

Pampilhosense - Ançã FC 25ªJ DH 14-04-19 5.JPG

 

Assistiu-se a um jogo muito tático e disputado sobre o meio campo, com escassas oportunidades e domínio repartido entre ambos. Foi o Pampilhosense que saiu na frente do marcador aos 22’, depois de um passe de Renato para as costas da defensiva adversária onde surgiu Ricky que, isolado, não desperdiçou. O Ançã FC tentou reagir e Xuna, aos 35’, executa um livre direto com mestria fazendo a bola passar muito perto do poste direito da baliza serrana. O empate acabou mesmo por surgiu, ao cair do pano do primeiro tempo, com Nazaré a rematar forte para uma boa defesa de Cédric mas, no entanto, a bola sobrou para Valter que, na recarga, não desperdiçou.

Pampilhosense - Ançã FC 25ªJ DH 14-04-19 6.JPG

 

A toada de equilíbrio manteve-se no segundo tempo e as oportunidades de golo foram escassas, uma para cada lado. A primeira aos 56’, para o Pampilhosense, com Dias a aproveitar uma oferta do adversário e, completamente isolado, rematar para defesa de Ivo. Pouco depois, aos 63’, foi a vez de Valter ter muito espaço em zona frontal para rematar para defesa de Cédric. Até final as duas equipas continuaram a dividir as despesas no encontro, numa fase em que nem sempre o jogo foi bem jogado.

Pampilhosense - Ançã FC 25ªJ DH 14-04-19 3.JPG

 

Jogo equilibrado entre Pampilhosense e Ançã FC. Domínio repartido, a espaços entre os dois conjuntos, que teve um desfecho justo. A luta pelo ultimo lugar do pódio fica adiada para as ultimas jornadas.

Pampilhosense - Ançã FC 25ªJ DH 14-04-19 4.JPG

 

O trio de arbitragem não teve um trabalho isento de erros.

 

Resultados:
Lagares da Beira 1-2 Carapinheirense
David (LB); Xavier Monteiro e David Paulo (CDC)

 

Eirense 0-1 Naval 1893
Juary

 

Académica SF 0-4 Tocha
Kia (2), Sena e Fatia

 

Condeixa 2-1 Tourizense
Rui Pereira e Hugo Amado (CC); Sané (GDT)

 

Brasfemes 0-2 Penelense
Fábio e Ismael

 

Vigor Mocidade 1-2 Marialvas
Gil (VM); João Maria e Hiago (Mar)

 

Pampilhosense 1-1 Ançã FC
Ricky (GDP); Valter Silva (AFC)

 

Sourense 2-1 União FC
Quintero e Rui Miguel (GDS); Bruno (UFC)

 

Classificação:

Class 25ªJ DH 15-04-19.jpg

 

Próxima Jornada:
Naval 1893 – Lagares da Beira
Tocha – Eirense
Académica SF – Sourense
Carapinheirense – Condeixa
Tourizense – Brasfemes
Ançã FC – Vigor Mocidade
Penelense – Pampilhosense
Marialvas – União FC

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:36

MARIALVAS - PAMPILHOSENSE

Marialvas - Pampilhosense 24ªJ DH 07-04-19 1.jpg

 

24ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra
Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra
Árbitro: André Rodrigues
Auxiliares: Luís Tavares e Fernando Gouveia
Ao intervalo: 1-1

 

Pampilhosense:
Kiko, Seco, Renato, Carlos Lima, Rola (Amândio 55’), Rafa (Kiko Dias 73’), Ronaldo, Will, Miguel Barreto (Abel 65’), Ricky e Dias.
Suplentes não utilizados: Cédric, Rui Velho e Cristiano
Treinador: Carlos Alegre

 

Marialvas:
Neto, Gabi, Coelho, João Mário, Xavier, Levezinho, João Maria, Roger, Bita, Didi (Beny 81’) e Ivo (Lameiras 89’).
Suplentes não utilizados: Rodrigo Cruz, Hiago, Zambrano, Bruno e Diogo.
Treinador: Luís Augusto

 

Ação Disciplinar:
Amarelos:
Rola 29’, Renato 53’, Ronaldo 78’ e Ricky 83’ (Pampilhosense); João Maria 79’ (Marialvas).

 

Golos: Ricky 26’ (Pampilhosense); Ivo 27’ (Marialvas)

Marialvas - Pampilhosense 24ªJ DH 07-04-19 2.JPG

 

Em tarde de inverno Pampilhosense e Marialvas disputavam a conquista dos três pontos, tendo em vista aspirações diferentes na tabela. A equipa serrana tentava segurar o ultimo lugar no pódio e manter a esperança no segundo lugar, já o conjunto de Cantanhede queria ainda maior tranquilidade na tabela classificativa.

Marialvas - Pampilhosense 24ªJ DH 07-04-19 3.JPG

 

O jogo arrancou com a equipa da casa a deixar claro que queria lutar pelos pontos e, logo aos 2’, ameaçou a baliza de Kiko, depois de um livre lateral com Ivo a aproveitar um ressalto para cabecear por cima do travessão. A equipa do Pampilhosense, aos poucos, começou a subir no terreno e, aos 26’, vai chegar à vantagem no marcador, com Rola a cobrar o canto para Ricky concluir sem dificuldades na pequena área. Mas os jogadores serranos nem tempo tiveram para saborear a vantagem porque, na jogada imediata, o Marialvas vai restabelecer a igualdade. Na sequencia de um cruzamento, aparentemente inofensivo, o guardião Kiko não agarrou a bola junto à relva e Ivo surgiu, oportuno, a aproveitar a oferta. O jogo animou com estes dois golos de rajada, mas só perto do final do primeiro tempo (45’) o perigo voltou a rondar uma das balizas, no caso a do Marialvas. Novamente na marcação de um canto o Pampilhosense fica perto do golo, com Dias a desviar de cabeça mas a bola a ir de encontro a um adversário que, assim, evitou o golo quase sobre a linha.

Marialvas - Pampilhosense 24ªJ DH 07-04-19 4.JPG

 

Na segunda metade a equipa serrana tentou ser mais pressionante em busca do golo, mas foi o Marialvas a ter a primeira ocasião, aos 52’, com Ivo a colocar ao segundo poste onde apareceu Didi em boa posição, valendo Kiko a executar uma excelente “mancha” a negar o segundo tento dos da casa. Com o passar dos minutos a equipa da casa parecia mais satisfeita com o empate, sendo que o Pampilhosense mostrava mais vontade em chegar à vitória. Aos 64’ Amândio tem uma boa incursão pela esquerda e serve Ricky que desvia, ao primeiro poste, obrigando o guardião Neto a uma boa defesa. Já perto do final, aos 85’, a bola acabou mesmo por entrar na baliza do Marialvas, depois de uma primeira boa defesa de Neto a remate de Ricky na pequena área, na recarga o jogador serrano introduziu a bola na baliza mas o lance é invalidado por suposta falta sobre o guarda-redes. Até final a turma pampilhosense voltou a criar duas ou três situações de algum perigo para a baliza adversária, mas o resultado não se alteraria.

Marialvas - Pampilhosense 24ªJ DH 07-04-19 5.JPG

 

Jogo com algum equilíbrio entre as duas equipas, essencialmente no primeiro tempo. Na segunda parte o Pampilhosense teve mais vontade mas, perante um Marialvas bem organizado defensivamente e mais satisfeito com o empate, o resultado não se alterou.

Marialvas - Pampilhosense 24ªJ DH 07-04-19 6.JPG

 

A equipa de arbitragem não está isente de erros, principalmente no ajuizamento de alguns lances de fora de jogo. À mesma equipa já vimos fazer muito melhor nesta época!

 

Resultados:
Carapinheirense 2-1 Eirense
Ricardo e Faria (CDC); Vadilson (UCE)

 

Naval 1893 1-0 Académica SF
Ricardo

 

Tocha 1-4 Sourense
Quim (UDT); Mário Brito, Quintero, Fachada e Quaresma (GDS)

 

Tourizense 2-0 Lagares da Beira
Cadú (2)

 

Penelense 0-2 Condeixa
Rui Pereira e Wilson

 

Marialvas 1-1 Pampilhosense
Ivo (Mar); Ricky (GDP)

 

Ançã FC 2-1 Brasfemes
Valter Silva e Pêtó (AFC); Márito (RB)

 

União FC 1-0 Vigor Mocidade
Curica

 

Classificação:

Class 24ªJ DH 07-04-19.jpg

 

Próxima Jornada:
Lagares da Beira – Carapinheirense
Eirense – Naval 1893
Académica SF – Tocha
Condeixa – Tourizense
Brasfemes – Penelense
Vigor Mocidade – Marialvas
Pampilhosense – Ançã FC
Sourense – União FC

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:51


. ............ . . .

.

AGENDA SEMANAL

-

Domingo Dia 15/12

Séniores - Futebol (15h)

PAMPILHOSENSE

vs

NOGUEIRENSE

11ª Jornada da Divisão de Honra AFC

Estádio Municipal de Pamp. Serra

-------------------------------------------

Sábado Dia 14/12

.

Séniores - Futsal (18h)

PAMPILHOSENSE

vs

ANÇÃ FC

11ª Jornada da Divisão Honra de AFC

Pavilhão Mun. Pamp. Serra

--------------------------------------

Infantis Sub13 Fut7 (11h)

PAMPILHOSENSE

vs

ATL. ARGANIL

10ª Jornada Camp. Infantis Sub13 AFC

Estádio Mun. Pamp. Serra

---------------------------------------------

Benjamins Sub11 Fut7 (11h30m)
RED SCHOOL LOUSÃ
vs
PAMPILHOSENSE
11ª Jor. do Troféu Benjamins Sub11 AFC
Campo da Esc. Sec. 2, 3 da Lousã