Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mostra a Tua Alma Serrana!


LAGARES DA BEIRA - PAMPILHOSENSE

Lagares da Beira - Pampilhosense 3ªJ DH 14-10-18

 

3ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Complexo Desportivo de Lagares da Beira

Assistência: cerca de 60 espetadores

Árbitro: André Rodrigues

Assistentes: Ricardo Machado e Luís Tavares

Ao intervalo: 2-2

 

Pampilhosense:

Kiko, Seco, Renato, Cristiano, Flávio Salgado, Rafa (Miguel Barreto 73’), Ronaldo, Will (Amândio 57’), Simão (Abel 87’), Ricky e Dias.

Suplentes não utilizados: Cédric, Rola e Cesar Palheira.

Treinador: Carlos Alegre

 

Lagares da Beira:

Pantanal, Gouveia, João Paulo, Francisco Coutinho, Adérito, Dominic (Zito 87’), David, Fernando, Ricardo (Rola 83’), Luís Paulo e Torrão

Suplentes não utilizados: Eduardo, Barbas e Pity.

Treinador: João Rocha

 

Ação Disciplinar:

Amarelos: Flávio Salgado 40’, Cristiano 48’, Simão 71’, Seco 78’ Amândio 89’ e Abel 92 (Pampilhosense); Luís Paulo 24’, Francisco Coutinho 49’,  Fernando 76’, Torrão 75’ e Pantanal 76’ (Lagares da Beira)

 

Golos: Simão 12’ e 31’, Dias 75’ e Ricky 94’ (Pampilhosense); Luís Paulo 36’ e Francisco Coutinho 41’ (Lagares da Beira).

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 3ªJ DH 14-10-18

 

Um ano depois dos incêndios de má memória para todos, o Pampilhosense regressava a terras do concelho de Oliveira do Hospital, desta feita a Lagares da Beira, com duas vitórias na bagagem e com o intuito de trazer a terceira consecutiva. Do outro lado estava um Lagares da Beira que queria aproveitar o fator casa para somar o segundo triunfo em dois jogos.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 3ªJ DH 14-10-18

 

Foi a equipa de Pampilhosa da Serra que entrou no encontro com maior determinação e vontade em visar a baliza adversária. E o primeiro sinal de perigo surgiu aos 9’, depois de um pontapé de canto com Seco a aproveitar uma sobra para rematar cruzado, valendo aos da casa Torrão a salvar sobre a linha de golo. O golo acabou mesmo por acontecer pouco depois, aos 12’, com Ricky a cruzar, a defensiva local a enviar a bola para a entrada da grande área onde vai surgir Simão a rematar colocado para o fundo da baliza de Pantanal. Os visitantes mantiveram-se no comando do desafio e, aos 31’, Simão dispõe de um livre direto ao seu “jeito”. O jogador visitante não desperdiçou a oportunidade e rematou forte, colocando o placar em 2-0. A vantagem madrugadora de dois golos deveria ter dado tranquilidade ao conjunto serrano. Mas o que aconteceu foi um relaxamento exagerado, com a equipa do Lagares da Beira a aproveitar para subir no terreno e marcar! Aos 36’, devido a alguma passividade do conjunto serrano, David tem todo o espaço no interior da grande área e oferece o golo a Luís Paulo que, na pequena área, concluiu com facilidade. O empate surgiu pouco depois, aos 41’, com o Pampilhosense a ser permissível na marcação de um canto, Francisco Coutinho aproveitou uma sobra e rematou forte restabelecendo a igualdade no marcador. Com este resultado chegou o intervalo.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 3ªJ DH 14-10-18

 

Os serranos regressaram do descanso com outra postura, e logo iniciaram o ataque à baliza de Pantanal. No período de 15’ o Pampilhosense construiu quatro excelentes oportunidades para se colocar na frente do marcador. Aos 52’ Ricky desarmou um defensor contrário, correu para a baliza, mas perdeu algum tempo e não conseguiu melhor do que rematar ao lado. No minuto seguinte Cristiano lançou Ricky e este faz o chapéu a Pantanal, mas a bola voltou a sair ao lado. Aos 55’ foi Ronaldo, de livre direto, com excesso de pontaria ao acertar na trave da baliza. Cinco minutos depois Dias teve o golo na cabeça, mas Pantanal efetuou uma excelente defesa. Até que aos 75’, numa fase em que o Pampilhosense arriscava ofensivamente, Miguel Barreto laçou Simão e este entrou na grande área e ofereceu a Dias a possibilidade de fazer o golo, ocasião que o avançado serrano não desperdiçou. Em vantagem no marcador o Pampilhosense tentou controlar os minutos finais, e impossibilitar a reação do Lagares da Beira. No entanto os da casa ainda vão dispor de um lance de grande perigo, algo raro no segundo tempo, quando David entrou na grande área, pela direita, e rematou cruzado. A vitória pampilhosense foi confirmada em período de compensação, aos 94’, através de um ataque rápido conduzido por Seco que serviu Ricky que, desta vez, acertou nas medidas do chapéu e bateu Pantanal para o 4-2 final.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 3ªJ DH 14-10-18

 

A equipa do Pampilhosense complicou o que começou a tornar fácil, e poderia ter desperdiçado a oportunidade de somar a terceira vitória consecutiva. No entanto, no segundo tempo, os serranos não voltaram a baixar “armas” e construíram uma merecida vitória. Três pontos que deixam a equipa no topo da tabela, com um percurso imaculado neste arranque de campeonato, não sentindo qualquer tipo de pressão pelo bom momento.

 

O trio de arbitragem não esteve isento de erros, embora menores, mas sem influência no resultado final.

 

Resultados:

Naval 1893 2-2 Ançã FC

César (2) (Nav); Berardo e Xuna (AFC)

 

Carapinheirense 2-3 Penelense

Jairo e Faria (Car); Filipe Pita (2) e Gabriel (Pen)

 

Sourense 0-1 Tourizense

Jessi Tati

 

Tocha 0-0 Marialvas

 

Académica SF 2-0 União FC

Dionisis e Pacheco

 

Lagares da Beira 2-4 Pampilhosense

Luís Paulo e Bernardo Coutinho (LB); Simão (2), Dias e Ricy (GDP)

 

Eirense – Vigor Mocidade (adiado)

 

Condeixa 3-0 Brasfemes

Rui Pereira (2) e Dani Alves

 

Classificação:

Class 3ªJ DH 14-10-18.jpg

 

Próxima Jornada:

Ançã FC – Tocha

Penelense – Naval 1893

Tourizense – Carapinehirense

Marialvas – Académica SF

União FC – Eirense

Pampilhosense – Condeixa

Vigor Mocidade – Lagares da Beira

Brasfemes – Sourense

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:35

LAGARES DA BEIRA - PAMPILHOSENSE

Lagares da Beira - Pampilhosense 25ªJ DH 08-04-18

 

25ª Jornada da Divisão de Honra da AF Coimbra

Estádio: Complexo Desportivo de Lagares da Beira

Assistência: cerca de 70 espetadores

Árbitro: Luís Ferreira

Assistentes: Nilton Batista e Luís Tavares

Ao intervalo: 1-0

 

Pampilhosense:

Cédric, Abel, Renato, Duda, Seco, Ronaldo, Rafa, Will (Ratana 88’), Simão (Gravata 82’), Amândio (Miguel Barreto 64’) e Ricky.

Suplentes não utilizados: Kiko, Cristiano e Curica

Treinador: Carlos Alegre

 

Lagares da Beira:

Pantanal (Zé Miguel 78’), Silva, Mateus, João Filho, Rola, Diogo (Barbas 63’), Romário (Gírio 75’), André Freitas, Peres, Fernando Pedro e Francisco.

Suplentes não utilizados: Zito, Gouveia e Hugo.

Treinador: Bernardo Rocha

 

Ação disiciplinar:

Amarelos: Rafa 59’ (Pampilhosense); Peres 51’, Fernando Pedro 72’ e Rola 87’ (Lagares da Beira).

 

Golos: Simão 46’ e 53’ (Pampilhosense); André Freitas 21’ (Lagares da Beira)

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 25ªJ DH 08-04-18

 

Depois de seis jogos consecutivos a jogar em casa emprestada, a equipa serrana regressava às partidas na condição de visitante com uma deslocação a Lagares da Beira, onde tentava aumentar para seis o número de vitórias seguidas. Do outro lado estava um conjunto a realizar uma época positiva e que, a jogar em casa, queria vencer e travar a melhor série vitoriosa do Pampilhosense na temporada.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 25ªJ DH 08-04-18

 

Foi um desafio bem disputado com várias oportunidades de golo. A primeira surgiu logo aos 16’ num remate muito perigoso de Ricky de fora da grande área. Quase de imediato, aos 18’, o conjunto de Pampilhosa da Serra volta a ameaçar através de um livre direto de Ronaldo, que obrigou Pantanal a uma excelente intervenção. O Lagares da Beira reagiu e fê-lo da melhor forma, quando aos 21’ Romário desceu pela esquerda e serviu André Freitas que, à boca da baliza, colocou o conjunto da casa em vantagem no marcador. Pouco depois a equipa da casa quase ampliou o marcador, através de um mau passe de Amândio que deixou Romário sozinho na esquerda, valendo o corte de Renato na pequena área a evitar males maiores para a sua equipa. Mas até final do primeiro tempo foi a equipa do Pampilhosense a mais perigosa e a que dispôs das melhores ocasiões para chegar ao golo. A primeira aos 33’, com Will a servir Amândio e este, bem no interior da grande área, a rematar para uma boa defesa do guardião Pantanal. Aos 37’ a equipa serrana volta a ameaçar, desta feita foi Ronaldo a disparar um livre direto e a levar a bola a embater na trave da baliza do Lagares da Beira. Já perto do final do primeiro tempo, aos 42’, nova situação para os serranos empatarem com Ricky a antecipar-se a Pantanal e de cabeça a desviar em direcção à baliza, valeu um defesa da casa a evitar o golo. O Pampilhosense pressionava mas o Lagares da Beira chegaria ao intervalo em vantagem.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 25ªJ DH 08-04-18

 

Depois das ameaças aa equipa serrana passaria às concretizações! E o Pampilhosense não poderia desejar melhor arranque no segundo tempo. Nos primeiros segundos do reatamento Will desbloqueou a jogada na esquerda e Amândio cruzou rasteiro para Simão, no coração da grande área, rematar para o empate que há muito se justificava. O Pampilhosense entrou na segunda parte da mesma forma como terminou a primeira, a pressionar e a jogar melhor, e a cambalhota no marcador quase se concretizou aos 48’ por Ronaldo, num pontapé forte de ressaca à entrada da grande área a levar perigo para a baliza de Pantanal. No entanto, aos 53’, o Pampilhosense acabaria por saltar para a frente do marcador com Ricky, de cabeça, a isolar Simão e este a não desperdiçar a oportunidade para bisar no encontro e colocar a sua equipa na frente do marcador. A partir daqui as condições atmosféricas complicaram-se, com muita chuva e frio, o que dificultou a tarefa dos intervenientes. Este factor aleado à vantagem no marcador fizeram com que a equipa do Pampilhosense tentasse gerir o resultado, e espreitar as rápidas transições para o ataque. Ao Lagares da Beira competia ir em busca de um resultado diferente, e a equipa da casa lutou por isso, embora sem conseguir contornar a organização defensiva adversária. O mais perto que o conjunto da casa esteve de alcançar o golo foi quando Peres surgiu em zona frontal quase isolado, aos 60’, mas Seco foi rápido a evitar o remate e maior perigo para a baliza da sua equipa. Até final foi aguentar a vantagem de forma coesa para confirmar um merecido triunfo, o sexto consecutivo.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 25ªJ DH 08-04-18

 

Esteve bem a equipa do Pampilhosense perante um adversário que quis sempre discutir o resultado. A equipa da casa saiu na frente do marcador, o Pampilhosense respondeu mas desperdiçou algumas ocasiões e, ao intervalo, já justificava um resultado diferente. Mas um fortíssimo arranque no reatamento, com Simão como rosto da reviravolta, lançou o Pampilhosense para o sexto triunfo consecutivo e a subida ao terceiro posto.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 25ªJ DH 08-04-18

 

O trio de arbitragem cometeu alguns erros, mas em prejuízo das duas equipas.

 

Resultados:

Condeixa 4-0 Eirense

André Jorge, Crachat, Cooper e André Gonçalo

 

Vinha da Rainha 1-1 Académica SF

Nogueira (VR); Teles (AAC SF)

 

Lagares da Beira 1-2 Pampilhosense

André Freitas (LB); Simão (2) (GDP)

 

Vigor Mocidade 0-0 Ançã FC

 

Tourizense 1-1 Carapinheirense

Dacks (GDT); Seidy (CDC)

 

Tocha 3-1 Febres

Gregório (2) e Caldeira (UDT); Luís Rodrigues (Feb)

 

Marialvas 0-2 Oliv. Hospital

Fred (2)

 

União FC 1-1 Penelense

Mário Brito (UFC); Marcos pb (Pen)

 

Classificação:

Class DH 25ªJ 08-04-18.jpg

 

Próxima Jornada:

Académica SF – Condeixa

Pampilhosense – Vinha da Rainha

Lagares da Beira – União FC

Eirense – Vigor Mocidade

Ançã FC – Tourizense

Oliv. Hospital – Tocha

Carapinheirense – Marialvas

Febres – Penelense

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:25

EMPATE SÓ CHEGOU NO ULTIMO SUSPIRO

por ultraserranos4605, em 27.11.17

PAMPILHOSENSE - LAGARES DA BEIRA

Pampilhosense - Lagares da Beira 10ªJ DH 26-11-17

 

10ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Estádio Municipal de Góis

Assistência: cerca de 100 espetardes

Árbitro: Diogo Silva

Assistentes: Luís Jesus e João Martins

Ao intervalo: 0-1

 

Pampilhosense:

Cédric, Seco, Carapau, Renato (Ratana 79’), Duda, Rafa, Ricky, Will (Miguel Barreto 77’), Simão, Amândio (Dias 66’) e Curica.

Suplentes não utilizados: Kiko, Abel, Rola e Gravata.

Treinador: Carlos Alegre

 

Lagares da Beira:

Pantanal, Lionel (João Pedro 75’), Gouveia, Rola, Hugo (Romário 77’), Batista, André, Igor, Gírio (Barbas 93’), Fernando e Francisco.

Suplentes não utilizados: Zé Miguel e Lucas.

Treinador: Bernardo Rocha

 

Ação Disciplinar:

Amarelos: Duda 84’ (Pampilhosense).

 

Golos: Dias 97’ (Pampilhosense); Francisco 39’ (Lagares da Beira).

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 10ªJ DH 26-11-17

No regresso à condição de visitante, tendo como casa emprestada o Municipal de Góis, o Pampilhosense recebia o conjunto do Lagares da Beira com o intuito de regressar aos triunfos depois do empate na jornada anterior. Já a equipa do concelho de Oliveira do Hospital, que começou muito bem a temporada, vinha de cinco jogos consecutivos sem vencer e tentava, também, regressar aos bons resultados.

 Pampilhosense - Lagares da Beira 10ªJ DH 26-11-17

A equipa do Pampilhosense até teve uma boa ocasião logo nos primeiros segundos, com Curica bem posicionado a rematar para defesa apertada de Pantanal. Parecia um bom pronuncio para um bom arranque, mas foi puro engano. O Pampilhosense esteve muito mal durante todo o primeiro tempo. Sem chama, sem alma, a equipa serrana não tinha ligação entre sectores e realizou uma primeira metade muito pálida e longe daquilo que pode, e deve, fazer. Com isso, aproveitou o conjunto do Lagares da Beira que mesmo sem deslumbrar teve atitude e raça que lhe permitiu sair para o descanso com a vantagem no marcador, fruto de um grande remate do meio da rua de Francisco, aos 39’, que não deu qualquer hipótese de defesa a Cédric.

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 10ªJ DH 26-11-17

O Pampilhosense veio para a segunda parte com outra postura, como aliás se exigia. E cedo começou a criar oportunidades para empatar, a primeira logo aos 51’, depois de um cruzamento de Simão a que Duda desviou de cabeça para uma excelente intervenção do guardião Pantanal. Pouco depois, aos 54’, Duda esta de novo na jogada ao rematar forte ao poste esquerdo da baliza visitante. A equipa serrana dominava por completo em busca do golo, construindo vários lances de perigo e obrigando o guarda-redes adversário a algumas intervenções mais complicadas. Mas o golo tardava em surgir, e com o aproximar do final a turma de Pampilhosa da Serra arriscou ainda mais. Simão ainda tem uma boa ocasião, aos 85’, quando surge em bem posicionado, mas o remate saiu ao lado. E foi o Lagares da Beira que na recta final podia ter aproveitado o adiantamento do Pampilhosense para sentenciar o encontro em duas ocasiões. A primeira aos 88’ numa jogada muito rápida de ataque, com Romário no coração da área a rematar ao lado. A segunda foi aos 95’, com André a surgir isolado mas o guarda-redes Cédric a evitar o segundo tento dos forasteiros. Pelo meio ainda houve tempo para mais um cabeceamento perigoso de Curica ao lado da baliza de Pantanal. A parte final do encontro estava emotiva e, na última jogada do desafio, Miguel Barreto tem um cruzamento venenoso para Seco cabecear e Pantanal evitar o empate com mais uma grande intervenção, a bola sobrou para Simão que cruzou atrasado para Dias bater o guarda-redes visitante que desta vez nada podia fazer para evitar o empate.

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 10ªJ DH 26-11-17

Esteve muito mal a equipa serrana no primeiro tempo, aproveitou o Lagares da Beira para se adiantar no marcador nesse período. Na segunda parte a equipa do Pampilhosense esteve com outra postura, sempre por cima, criando várias situações em que podia, e devia, ter marcado. O empate tardava em surgir e o Lagares da Beira, numa fase em que os serranos já estavam a arriscar tudo, podia ter resolvido a questão em duas jogadas de contra ataque. Tal não aconteceu e na ultima jogada do encontro o crer da turma pampilhosense vai resultar em empate, resultado que mesmo assim acaba por saber a pouco. A equipa do Pampilhosense continua apenas com uma derrota na temporada, e este ponto permite igualar o Tourizense no terceiro posto da tabela.

 

O trabalho do trio de arbitragem liderado por Diogo Silva foi manifestamente fraco.

 

 

Resultados:

Eirense 0-1 Condeixa

China

 

Académica SF 3-2 Vinha da Rainha

Pedro Alves, JP e Teles (AAC SF); Vicente e Nelson (VR)

 

Pampilhosense 1-1 Lagares da Beira

Dias (GDP); Francisco (LB)

 

Carapinheirense 4-1 Tourizense

Cleiton, Seidy, Gustavo e Crine (Car); Yi (GDT)

 

Febres 0-1 Tocha

Carlos Pereira

 

Oliv. Hospital 2-0 Marialvas

Tiago Dias e Roberto Carlos

 

Penelense 0-1 União FC

Nuno

 

Ançã FC 2-4 Vigor Mocidade

Pepe e Valter Silva (AFC); Diogo, Zé Marques e Ricardo (2) (VM)

 

Classificação:

Class 10ªJ DH 26-11-17.jpg

 

Próxima Jornada:

Condeixa – Académica SF

Vinha da Rainha – Pampilhosense

União FC – Lagares da Beira

Vigor Mocidade – Eirense

Tourizense – Ança FC

Marialvas – Carapinheirense

Penelense – Febres

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:11

RICKY FOI O MOTOR DE UMA VITÓRIA JUSTA

por ultraserranos4605, em 14.03.16

LAGARES DA BEIRA - PAMPILHOSENSE

Lagares da Beira - Pampilhosense 22ªJ DH 13-03-16

 

22ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Complexo Desportivo de Lagares da Beira

Assistência: cerca de 100 espetadores

Árbitro: Renato Carvalho

Assistentes: Diogo Santos e António Henriquez

Ao intervalo: 1-1

 

Pampilhosense:

João Pedro, Tavares (Galego 45m), Carlos Lima, Carapau, Rabeca, David Gonçalves, Gravata, Flávio Salgado, Ricky, Ratana (David Lopes 70m) e Valada (Figueiredo 92m).

Suplentes não utilizados: Folhas, Nuno Batista, Cristiano e Ricardo Almeida.

Treinador: Carlos Alegre

 

Lagares da Beira:

Pantanal, André, Paulo Lopes, Rola, Diogo (Coutinho 71m), Hugo, Pedro Batista, Nuno Cunha, João Costa (Luís Rodrigues 80m), João Paulo e Gírio.

Suplentes não utilizadas: Bruno, João Campos e José Vitorino

Treinador: João Bernardo

 

Ação disciplinar:

Amarelos: Rabeca 58m e David Lopes 82m (Pampilhosense); Nuno Cunha 61m e Paulo Lopes 57m e 90m (Lagares da Beira)

Amarelos por acumulação: Paulo Lopes 90m (Lagares da Beira)

 

Golos:

Ricky 13m e 67m e Ratana 63m (Pampilhosense); Nuno Cunha 21m e Luís Rodrigues 81m (Lagares da Beira).

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 22ªJ DH 13-03-16

 

O Pampilhosense queria em Lagares da Beira conquistar o primeiro triunfo fora da segunda volta, isto depois da excelente campanha realizada na primeira metade do campeonato na condição de visitante. Com os três pontos amealhados a equipa serrana subiria algumas posições e ficaria mais confortável na tabela. Do outro lado estava um Lagares da Beira em posição difícil na tabela, mas sem perder em casa há quatro jornadas, o que fazia acreditar a equipa de que a manutenção ainda seria possível. Para atingir esse objectivo os três pontos deste jogo eram fundamentais.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 22ªJ DH 13-03-16

 

A equipa do Pampilhosense entrou bem no encontro ao impor o seu jogo e, resultado disso, aos 13m chegou à vantagem no marcador depois de Ratana servir Ricky e este, com um remate cruzado, a bater Pantanal. Mas a partir daqui o Pampilhosense baixou as guardas, e o Lagares da Beira não se fez rogado para tomar as rédeas do desafio. E foi sem grande surpresa que, ao 21m, a equipa da casa chegou a igualdade, depois de um cruzamento da esquerda de Hugo com Nuno Coelho a concluir ao segundo poste. O Pampilhosense ainda tentou reagir, no minuto seguinte, com Valada a cruzar e Ricky a chegar ligeiramente atrasado para a emenda. Mas era o Lagares da Beira a criar as melhores ocasiões e, aos 32m, o segundo golo esta próximo de acontecer. Na sequência de um pontapé de canto Gravata a salvou a sua equipa sobre a linha de golo! Antes dos final do primeiro tempo, aos 42m, nova jogada de perigo para a baliza de João Pedro, através de um ataque rápido com Hugo a entrar na grande área, pela esquerda, mas rematar ao lado desperdiçando uma boa ocasião para o Lagares da Beira.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 22ªJ DH 13-03-16

 

A segunda parte foi cheia de incidências e momentos de perigo juntos das balizas, primeiramente na de Pantanal. A equipa pampilhosense entrou forte, com outra cara, e isso ficou bem patente logo na bola de saída com Ratana a cruzar da esquerda e Valada a cabecear para Pantanal executar uma grande defesa. Aos 50m foi Galego a receber um passe em profundidade e, sozinho na esquerda, a rematar por cima. Pouco depois, aos 58m, Flávio Salgado cobra um livre direto mas Pantanal volta a estar em evidência com uma boa intervenção. A pressão serrana era tal que, aos 61m, vai forçar o Lagares da Beira a cometer uma grande penalidade, Ratana foi chamado a converter mas Pantanal respondeu com mais uma bela defesa. A equipa serrana não desmoralizou com o penalti desperdiçado nem com o guarda-redes adversário que parecia estar em tarde inspirada. Prova disso foi, aos 63m, o excelente passe de Ricky que deixou Ratana isolado e, desta feita, o jogador serrano não desperdiçou nem Pantanal foi capaz de impedir o golo pampilhosense. A vantagem da equipa de Pampilhosa da Serra foi dilatada pouco depois, aos 67m, com Ricky a cavalgar desde da linha lateral, entrar na grande área e fazer, com tranquilidade, o 3-1 para a sua equipa. Com vantagem de dois golos o Pampilhosense tentou controlar o adversário, adversário esse que arriscou tudo no ataque e começar a dar algum trabalho a João Pedro através de um futebol mais direto. Os da casa vão mesmo conseguir reduzir o marcador para a diferença mínima, aos 81m, depois de um pontapé de canto, um cabeceamento à trave e, no meio da confusão, o recém-entrado Luís Rodrigues a empurrar para o fundo das redes. Este lance deu maior alento ao Lagares da Beira, que até final ainda dispôs de uma ocasião de perigo, na sequência de um livre a que, de novo, Luís Rodrigues surgiu a cabecear valendo João Pedro a efectuar uma boa intervenção. Mas até final o Pampilhosense não deixou fugir os três pontos.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 22ªJ DH 13-03-16

 

O Pampilhosense entrou bem e marcou cedo, mas depois deixou que o Lagares da Beira impusesse o seu ritmo conseguindo chegar a igualdade, resultado com que se chegou ao intervalo. A segunda parte foi diferente, o Pampilhosense entrou forte, impos o seu jogo, e chegou a uma vantagem de dois golos de forma natural. Depois tentou controlar um Lagares da Beira que nunca se deu por vencido.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 22ªJ DH 13-03-16

 

Apesar de o jogo ter momentos de difícil análise, o trio de arbitragem teve um trabalho positivo.

 

Resultados:

Carapinheirense 2-0 Vigor Mocidade

Rafael Duarte e Faria

 

Cova Gala 1-1 União FC

Zé Duarte (CG); Rui Pereira (UFC)

 

Febres 0-5 Sourense

Fachada, Rui Daniel e Estanqueiro (3)

 

Os Águias 1-3 Eirense

Filipe (Águ); Nuno e Balteiro (2) (UCE)

 

Penelense 2-0 Poiares

Kah (2)

 

Vinha da Rainha 3-3 Condeixa

Nelson (2) e Dani (VR); Tiago e Pita (2) (Con)

 

Lagares da Beira 2-3 Pampilhosense

Nuno Cunha e Luís Rodrigues (LB); Ricky (2) e Ratana (GDP)

 

Ançã FC 2-2 Académica OAF B

Rodrig Santos e João Pintos (AFC); João Neves e Bruno Beato (AAC OAF B)

 

Classificação:

Class DH 22ªJ 13-03-16 min.jpg

 

Próxima Jornada:

Académica OAF B – Carapinheirense

Vigor Mocidade – Cova Gala

União FC – Febres

Sourense – Os Águias

Eirense – Penelense

Poiares – Vinha da Rainha

Condeixa – Lagares da Beira

Pampilhosense – Ançã FC

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:56

PAMPILHOSENSE CONTINUA A MARCAR PASSO EM CASA

por ultraserranos4605, em 09.11.15

PAMPILHOSENSE - LAGARES DA BEIRA

Pampilhosense - Lagares da Beira 7ªJ DH 08-11-15

 

7ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra

Assistência: cerca de 100 espetadores

Árbitro: Diogo Galvão

Assiatentes: Wilson Rodrigues e Leandro Silva

Ao intervalo: 1-0

 

Pampilhosense:

João Pedro, Rabeca, Carlos Lima, Carapau, Flávio Salgado, David Gonçalves, Gravata, Figueiredo (Tavares 77m), David Lopes (Galego 57m), Ratana (Ivan 71m) e Ricky.

Suplentes não utilizados: Vitória, Nuno Batista e Cristiano.

Treinador: Carlos Alegre

 

Lagares da Beira:

Bruno, João Carlos, André, Paulo Lopes, Tó (Luís Rodrigues 67m), Batista, João Costa, Jorge Rafael, João Brito, Hugo (Rui Pedro 80m) e Filipe (Diogo Costa 61m).

Suplentes não utilizados: Zé Miguel e Ricardo Costa.

Treinador: Salvado

 

Ação disciplinar:

Amarelos: David Lopes 42m e Galego 72m (Pampilhosense); Jorge Rafael 37m (Lagares da Beira).

 

Golos: Ratana 28m (Pampilhosense) e João Brito 85m (Lagares da Beira).

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 7ªJ DH 08-11-15

 

O Pampilhosense queria reverter a tendência do que tem sido os jogos em casa nesta temporada, em que a equipa serrana ainda não conseguiu vencer e marcar qualquer golo. Já o Lagares da Beira, no ultimo posto da tabela, queria somar pontos na luta pela manutenção.

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 7ªJ DH 08-11-15

 

Não foi um jogo com grande intensidade mas, apesar da pouca velocidade nas ações, a equipa do Pampilhosense conseguiu ser a melhor ao longo de todo o jogo. O jogo começou em ritmo morno, tal como o tempo, e o primeiro sinal de perigo só aconteceu aos 22m, num remate de Ricky a que Bruno defendeu com dificuldade. O golo da equipa da casa surgiu pouco depois, aos 28m, com Ratana a ganhar a bola a um defesa contrário e perante o guardião de Lagares da Beira rematou a contar. Ao intervalo a vantagem tangencial era merecida por parte da equipa da casa e também espelhava as poucas oportunidades criadas.

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 7ªJ DH 08-11-15

 

Na segunda metade o jogo foi ainda mais pobre mas a equipa da casa, mesmo não jogando bem, dispôs de um maior numero de claríssimas oportunidades para dilatar a vantagem e sentenciar o desafio. Logo no reatamento David Lopes e Figueiredo não aproveitaram a oferta do guarda-redes Bruno e perante a baliza deserta não conseguiram finalizar com sucesso. Aos 55m Ricky cruzou atrasado e Figueiredo, na pequena área, acertou nas orelhas da bola e ofereceu-a a Bruno quando tinha tudo para fazer o golo. O desperdício continuou aos 68m com mais uma clamorosa situação para o Pampilhosense marcar, depois de um ressalto a bola foi ter com David Gonçalves na pequena área mas foi tal o deslumbramento que o jogador serrano, sozinho, não conseguiu fazer o golo. A equipa do Pampilhosense estava a colocar-se a jeito, como se costuma dizer, e o Lagares da Beira vai conseguir chegar a igualdade na única situação de perigo que dispôs ao longo de toda a partida. Aos 85m João Brito recebeu a bola na direita e perante o guarda-redes João Pedro rematou a para o fundo da baliza. O pampilhosense ainda tentou chegar a vitória no que restava para jogar, mas o Lagares da Beira conseguiu segurar o ponto que bem falta faz a equipa para tentar fugir ao último posta da tabela.

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 7ªJ DH 08-11-15

 

Apesar de não deslumbrar o Pampilhosense dispôs de variadíssimas oportunidades para poder conseguir um triunfo tranquilo. O segundo golo tardou em aparecer e o Lagares da Beira foi acreditando e na reta final consegue chegar a igualdade na única situação de perigo que dispôs ao longo de todo o jogo!

 

O trio de arbitragem cometeu vários erros. Há dois lances da grande área do Lagares da Beira que merecem muitas dúvidas. O primeiro logo no início da segunda parte, em que o guardião Bruno têm um erro e deixa a bola a mercê de David Lopes que só não finaliza porque é puxado pelo guarda-redes. O segundo já em período de compensação com Rabeca a ser empurrado nas costas por um adversário.

 

Resultados:

Vigor Mocidade 1-2 Carapinheirense

Rui Soares (VM); Faria e Seidy (Car)

 

União FC 2-0 Cova Gala

Reinaldo e Filipe Salvado

 

Sourense 3-0 Febres

Derick (3)

 

Eirense 3-0 Os Águias

Serginho, Estanqueiro e Teles

 

Poiares 0-2 Penelense

Lélé e Sulce

 

Condeixa 3-0 Vinha da Rainha

Leandro, Filipe Pita e Varela

 

Pampilhosense 1-1 Lagares da Beira

Ratana (GDP); João Brito (LB)

 

Académica OAF B 0-2 Ançã FC

Renato Oliveira (2)

 

Classificação:

Class DH 7ªJ 08-11-15 min.jpg

 

Próxima Jornada:

Carapinheirense – Académica OAF B

Cova Gala – Vigor Mocidade

Febres – União FC

Os Águias – Sourense

Penelense – Eirense

Vinha da Rainha – Poiares

Lagares da Beira – Condeixa

Ançã FC – Pampilhosense

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:25

PAMPILHOSENSE COMPETENTE NÃO DEU HIPÓTESE

por ultraserranos4605, em 09.03.15

PAMPILHOSENSE - LAGARES DA BEIRA

Pampilhosense - Lagares da Beira 21ªJ DH 08-03-15

 

21ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra

Assistência: Cerca de 200 espectadores

Árbitro: Paulo Avó

Assistentes: Joana Rodrigues e Célia Gonçalves

Ao intervalo: 2-0

 

Pampilhosense:

João Pedro, Tavares, Carapau, Carlos Lima, João Palheira, David Gonçalves, Rafa (Cristiano 72m), Figueiredo, Flávio Salgado (Nuno Batista 83m), Galego (Gravata 75m) e Ramalho.

Suplentes não utilizados: Vitória e Joel Silva.

Treinador: Carlos Alegre

 

Lagares da Beira:

Óscar, Serginho, João Pedro, Paulo Lopes, Nuno Campos, Diogo Costa, Pedro Batista (Romeu 57m), Castanheira (Nogueira 53m), Ricardo Batista, Carlos Miguel (Dias 45m) e João Brito.

Suplentes não utilizados: Zé Miguel, Gonçalo e João Vitorino

Treinador: José Lima

 

Ação disciplinar:

Amarelos: Flávio Salgado 10m, e Galego 41m (Pampilhosense); Paulo Lopes 21m, João Brito 24m e Serginho 83m (Lagares da Beira).

 

Golos: Flávio Salgado 36m, Galego 39m e João Palheira 61m.

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 21ªJ DH 08-03-15

 

No terceiro jogo consecutivo em Pampilhosa da Serra o Pampilhosense procurava o primeiro triunfo da época no regresso a casa, depois de duas derrotas com as equipas que lideram o campeonato. Já para o Lagares da Beira, que ainda não garantiu a manutenção, ambicionava somar pontos na luta por esse objectivo.

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 21ªJ DH 08-03-15

 

Entrou bem a equipa da casa que desde início tentou impor maior intensidade ao jogo, mas coube ao Lagares da Beira a primeira ocasião para marcar. Aos 15m Diogo Costa cobrou um livre directo e, na bola que embateu na trave ficou a dúvida se ultrapassou, ou não, a linha de golo. O conjunto de Pampilhosa da Serra manteve a mesma toada pressionante, mas só à passagem da meia hora constrói a primeira situação de grande perigo para a baliza de Óscar, Tavares cruzou venenosamente e Ramalho chegou ligeiramente atrasado para a emenda. Dado o aviso o golo acabou por acontecer pouco depois, aos 36m, numa excelente desmarcação de Ramalho para Flávio Salgado que insistiu na ultrapassagem a Óscar e fez o primeiro golo no encontro. O Pampilhosense não se acomodou a magra vantagem e, volvidos três minutos, fez o 2-0. Numa excelente jogada colectiva Figueiredo abriu na esquerda para João Palheira cruzar e, sem que Óscar conseguisse afastar, Galego oportuno fez o 2-0. Antes do final do primeiro tempo ainda houve tempo para o Pampilhosense ter oportunidade para fazer o terceiro golo, mas Flávio Salgado, isolado pelo excelente passe de Figueiredo, não conseguiu ultrapassar o guarda-redes Óscar.

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 21ªJ DH 08-03-15

 

No segundo tempo a equipa do Pampilhosense entrou disposta a sentenciar o desafio e, aos 50m, Ramalho cruzou e Figueiredo, a entrada da pequena área, rematou para uma excelente defesa de Óscar, com a bola a embater na trave. O Lagares da Beira tentou discutir o resultado, fez por tomar as rédeas do encontro, mas foi mesmo o Pampilhosense que chegou ao golo e resolveu de vez a questão. Aos 61m, na sequência de um pontapé de canto, João Palheira antecipou-se aos seus opositores e fez, de cabeça, o terceiro golo pampilhosense. Até final a equipa serrana geriu a vantagem no marcador, enquanto o Lagares da Beira tentou marcar o tento de honra, mas sem sucesso. O jogo terminou sem mais incidências.

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 21ªJ DH 08-03-15

 

O Pampilhosense entrou bem no jogo, realizou uma primeira parte bastante competente e apontou dois golos fruto de duas boas jogadas colectivas. No segundo tempo a equipa serrana tentou controlar o jogo e o seu adversário. E ao marcar o terceiro tento o conjunto da casa resolveu a questão terminando com qualquer hipótese do Lagares da Beira em entrar na discussão do resultado.

 

Quanto ao trabalho do trio de arbitragem, cometeu um ou outro erro mas sem influência quanto ao vencedor. Num lance de difícil decisão ficou a dúvida se no livre directo do Lagares da Beira cobrado por Diogo Costa a bola entrou ou não na totalidade.

 

Pampilhosense - Lagares da Beira 21ªJ DH 08-03-15

 

Em jeito de nota final, e em Dia Internacional da Mulher, as mulheres tiveram direito a entrada gratuita no encontro e marcaram presença em grande número. E antes de entrarem em campo para uma partida a disputar depois do jogo dos rapazes, apoiaram fortemente a equipa do Pampilhosense e ajudaram na conquista de mais três pontos.

 

Resultados:

Condeixa 1-2 Vigor Mocidade

Reiziger (Con); Miguel Vaz e Dani (VM)

 

Touring 2-1 Atl. Arganil

Tiago (2) (Tou); Douglas (AAA)

 

Carapinheirense 4-1 Cova Gala

Bento, Canoso, Gustavo e Rui Jorge (Car); David (CV)

 

Febres 2-0 Tocha

Zé Duarte e Miguel Luz

 

Penelense 0-3 Académica OAF B

Fernando, Rui Pereira e Rosas

 

Ançã FC 0-1 União FC

Batista

 

Eirense 0-1 Académica SF

Sandro

 

Pampilhosense 3-0 Lagares da Beira

Flávio Salgado, Galego e João Palheira

 

Classificação:

Class DH 21ªJ 08-03-15.jpg

 

Próxima Jornada:

Atl. Arganil – Vigor Mocidade

Cova Gala – Touring

Tocha – Carapinheirense

Académica OAF B – Febres

União FC – Penelense

Académica SF – Ançã FC

Lagares da Beira – Eirense

Pampilhosense – Condeixa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:22

DE CABEÇA FRIA PARA A VITÓRIA

por ultraserranos4605, em 10.11.14

LAGARES DA BEIRA - PAMPILHOSENSE

Lagares da Beira - Pampilhosense 6ªJ DH 09-11-14

 

 

6ª Jornada do Campeonato da Divisão de Honra AF Coimbra

Complexo Desportivo de Lagares da Beira

Assistência: cerca de 80 espectadores

Árbitro: Mário Serrano

Assistentes: Liliana Duarte e Daniel Carvalho

Ao intervalo: 0-0

 

Pampilhosense:

João Pedro, Tavares, Carapau, Carlos Lima, Joel Silva (Ramalho 69m), David Gonçalves, Gravata (Figueiredo 33m), Rafa, Flávio Salgado, Galego (Cristiano 89m) e Jocy.

Suplentes não utilizados: Vitória, Rabeca e Nuno Batista.

Treinador: Carlos Alegre

 

Lagares da Beira:

Óscar, JP (Quim Santos 45m), Paulo Lopes, Nuno Campos, Romeu (Videira 88m), Calos Santos, Pedro Batista (Bomba 74m), Diogo, Gonçalo, Fernando Pedro e Ratana.

Suplentes não utilizados: Zé Miguel, Brito, Vitorino e Sérgio.

Treinador: Edilson Oliveira

 

Ação disciplinar: Jocy (67m) e Carapau (77m) (Pampilhosense); Paulo Lopes (3m), Carlos Santos (78m), Óscar (88m) e Rola (90m) (Lagares da Beira).

 

Golos: Jocy 56m e Galego 86m (Pampilhosense); Fernando Pedro 58m (Lagares da Beira).

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 6ªJ DH 09-11-14

 

Apesar do triunfo no último jogo em que o Pampilhosense garantiu a passagem a eliminatória seguinte da Taça, os serranos não venciam há três jornadas para o campeonato, somando dois empates e uma derrota nos últimos três encontros. Regressar as vitórias em Lagares da Beira era importante para não deixar fugir o primeiro pelotão da tabela. Já a equipa de Lagares da Beira não está a começar a época da forma que desejava, soma apenas um ponto na tabela e na última partida foi afastada da Taça, mas a mudança de treinador durante a semana dava um novo ânimo aos jogadores que queriam começar a mostrar trabalho.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 6ªJ DH 09-11-14

 

Como seria de esperar entrou motivada a equipa da casa que, aproveitando também alguma apatia do pampilhosense, quis mostrar serviço ao novo treinador e tomou a incitativa de jogo. Mas foi o Pampilhosense que até dispôs da primeira situação para marcar, à passagem do primeiro quarto de hora Galego recebeu o passe de Jocy e rematou cruzado ao poste esquerdo da baliza de Óscar. A partir daqui a equipa serrana equilibrou, e foi curiosamente numa fase que até dispunha de maior ascendente, que o Lagares da Beira ameaça pela primeira vez a baliza de João Pedro. Diogo recuperou uma bola na zona intermediária e rapidamente lançou Ratana que sozinho atirou por cima do travessão da baliza pampilhosense. E estas foram as ocasiões mais flagrantes do primeiro tempo, num jogo de domínio repartido, bem disputado onde foi empregue mais a força e o músculo em detrimento da técnica, e nesse campo os da casa estiveram melhor.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 6ªJ DH 09-11-14

 

A segunda parte abre com o Pampilhosense a entrar melhor e a desperdiçar, aos 47m, uma soberana oportunidade para se adiantar no marcador. Na marcação de uma falta rápida, Jocy serve Galego mas o avançado serrano não consegue enganar o guardião Óscar que consegue defender pela linha final. Na sequência do pontapé de canto Jocy cabeceia com muito perigo com o guarda-redes local já fora do lance. A equipa visitante queria vencer e continuou a carregar sobre o adversário. E aos 56m, numa grande jogada colectiva envolvendo vários jogadores e tudo ao primeiro toque, Rafa e Figueiredo no último terço desmontam a defensiva do Lagares da Beira e, este último, serve Jocy que na cara de Óscar não perdoa e coloca o Pampilhosense em vantagem. Mas a resposta do Lagares da Beira não tardou, e dois minutos depois, numa rápida transição atacante, Ratana vê Fernando Pedro sozinho (tão sozinho que até estava uns bons dois metros a frente da linha defensiva pampilhosense) e serve o seu colega que, perante o desamparado guardião João Pedro, repõe a igualdade. A partir daqui o jogo ficou um pouco partido, o Pampilhosense arriscou mais no ataque na tentativa de vencer, enquanto o Lagares da Beira tentava responder em rápidas saídas para o ataque colocando em sentido a defensiva visitante. E foi numa dessas jogadas de “ataque, contra-ataque” que o placar vai voltar a funcionar. Numa bola metida em profundidade por intermédio do Lagares da Beira, Romeu na dividida com o guardião João Pedro não leva a melhor e o Pampilhosense sai para o contra-ataque com Jocy a servir Galego que, na cara de Óscar, não facilitou e concluiu com êxito garantindo os três pontos para a sua equipa.

 

Lagares da Beira - Pampilhosense 6ªJ DH 09-11-14

 

Não foi um jogo tecnicamente bem disputado e ambas as equipas deram maior primazia ao aspecto físico e a luta pela posse de bola. Domínio repartido de parte a parte, com períodos em que o Lagares da Beira esteve melhor e outros em que o Pampilhosense foi superior, os serranos acabaram por ser mais eficazes embora também tenham criado as mais claras ocasiões de golo. O triunfo acaba por se ajustar num jogo em que o resultado foi melhor que a exibição.

 

Quanto ao trabalho da equipa de arbitragem, Mário Serrano este quase sempre irrepreensível, já os seus assistentes não estiveram a altura do seu chefe de equipa cometendo vários erros. O mais flagrante ocorre no golo do conjunto de Lagares da Beira, o jogador da casa que concretiza esta pelo menos dois metros em fora de jogo e o assistente bem colocado não assinalou, de forma incrível, a infracção.

 

Resultados:

Vigor Mocidade 5-0 Condeixa

Edu, Diogo Alves (2), Seiça e Marito

 

Atl. Arganil 1-3 Touring

Daniel Dias (AAA); João Viegas, Tiago e Botas (Tou)

 

Tocha 2-1 Febres

Nhaga (2) (Toc); Miguel Luz (Feb)

 

Académica SF 4-3 Eirense

Seixas (2), Dany Marques e Garcês (AAC SF); Hermo, Afonso e Estanqueiro (UCE)

 

Lagares da Beira 1-2 Pampilhosense

Fernando Pedro (LB); Jocy e Galego (GDP)

 

Cova Gala 2-1 Carapinheirense

Copinho e Amorim (CV); Canoso (Car)

 

Académica OAF B 1-0 Penelense

Valter Marques

 

União FC 2-1 Ançã FC

Alex Miranda (pb) e Pimpão (UFC); Alex Miranda (AFC)

 

Classificação:

Class 6ªJ DH 09-11-14 1.jpg

 

Próxima Jornada:

Febres – Académica B

Carapinheirense – Tocha

Vigor Mocidade – Atl. Arganil

Touring – Cova Gala

Penelense – União FC

Ançã FC – Académica SF

Eirense – Lagares da Beira

Condeixa – Pampilhosense

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:40

INTELIGÊNCIA PREMIADA COM DOIS GOLOS DE ANTOLOGIA

por ultraserranos4605, em 10.03.14

PAMPILHOSENSE - LAGARES DA BEIRA

 

21ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra

Assistência: cerca de 100 espetadores

Árbitro: João Calado

Assistentes: Paulo Costa e Célia Gonçalves

Ao intervalo: 1-0

 

Pampilhosense:

João Pedro, Rabeca, Carapau, João Palheira, Samuel Almeida, David Gonçalves, Tavares, Figueiredo (Diogo Carvalho 86m), Marco Alegre (Cristiano 63m), Flávio Salgado (Nuno Batista 90+2) e Jocy.

Suplentes não utilizados: Didi, Pedro Barata e Isidro.

Treinador: Carlos Alegre

 

Lagares da Beira:

Óscar, JP, Romeu (Paulo Costa 86m), Geadas, Carlos Santos, Tíbia, Bomba (Gonçalo 75m), Quim Santos, Fernando, João Brito (Paulo Lopes 62m) e Marco Paiva.

Suplentes não utilizados: Nuno, João Mário, Campos e João Vitorino

Treinador: Paulo Piedade

 

Ação disciplinar: amarelos a Samuel Almeida 60m (Pampilhosense); Fernando 75m e JP 82m (Lagares da Beira).

 

Golos: Figueiredo 20m e Flávio Salgado 84m.

 

 

O Pampilhosense, a jogar em casa, queria manter a senda dos bons resultados e regressar as vitórias no campeonato depois de uma interrupção em Ançã. Os três pontos aproximariam a equipa aos cinco primeiros lugares. Já o Lagares da Beira, que também atravessa uma fase positiva, queria conquistar pontos na Pampilhosa da Serra para a luta pela manutenção.

 

 

A primeira parte não teve grandes motivos de interesse. Assistiu-se a um jogo fraco a nível técnico sem grandes ocasiões de golo e até as jogadas de algum perigo junto das balizas foram escassas. E o jogo até prometia quando ao primeiro minuto o Lagares da Beira vê um golo ser-lhe anulado depois de remate de Marco Paiva, boa defesa de João Pedro e, a boca da baliza, Carlos Santos finalizou em posição adiantada, segundo o árbitro assistente. Na primeira parte salvou-se apenas o excelente golo de Figueiredo que, aos 20m, colocou a sua equipa em vantagem no marcador através de um livre direto apontado com régua e esquadro. Numa primeira parte pobre valeu este tento.

 

 

A segunda metade foi um pouco melhor e aos 53m, numa jogada em que Jocy, a passe de Rabeca, apareceu solto e rematou com perigo as malhas laterais, foi indicador disso mesmo. Aos 65m o Pampilhosense voltou a estar perto do golo com Figueiredo a rematar da meia distancia acertando na trave da baliza de Óscar. A equipa do Lagares da Beira arriscou tudo no ataque, colocou mais homens na frente e na sequência de bolas paradas, ou futebol mais direto, ia criando algumas dificuldades a defensiva da casa. Mas o Pampilhosense ia conseguindo suster as ações do adversário, que nunca criou uma clara ocasião para empatar, e no contra ataque voltou a ameaçar a baliza de Óscar. Foi aos 72m quando Jocy lançou Figueiredo e este ultrapassou o guardião contrário e rematou para um defesa do Lagares da Beira evitar o golo sobre a linha. Até que aos 84m, numa excelente combinação entre Jocy e Flávio Salgado, este último entra na grande área e concluiu a jogada com um chapéu soberbo sentenciando em definitivo o encontro. O jogo arrastou-se com maior tranquilidade ate ao final com o Pampilhosense a conseguir mais um triunfo.

 

 

Não foi um jogo fácil para o Pampilhosense perante um adversário muito combativo e que tentou sempre discutir o jogo, que só não conseguiu uma clara situação para marcar muito por culpa do acerto defensivo da equipa serrana. Não foi um jogo bonito mas os dois golos, conseguidos de forma justa pela equipa mais calculista na forma como abordou o jogo, refletem o que se passou em campo.

 

 

O trio de arbitragem teve um trabalho tranquilo. Fica apenas a dúvida no golo anulado aos visitantes no primeiro minuto do desafio em que, no meio da confusão, não é possível perceber se há ou não adiantamento do jogador do Lagares da Beira.

 

Resultados:

Góis 2-0 Brasfemes

Bruno e Tractor

 

União FC 2-1 Poiares

Tó e Danilo (UFC); Bruno Costa (PB) (Poi)

 

Touring 1-1 Atl. Arganil

Brien (Tou); Filipe (AAA)

 

Oliv. Hospital 3-0 Ançã FC

Kané, Nuno Rodrigues e Pedro André

 

Pampilhosense 2-0 Lagares da Beira

Figueiredo e Flávio Salgado

 

Vigor da Mocidade 2-2 Académica SF

Dani Alves e Márito (VM); Gonçalo Santos e Eduardo seixas (AAAC -SF)

 

Febres 3-0 Tocha

Silva, Rodrigo e Nelson

 

Eirense 2-1 Penelense

Alex e Fábio (UCE); Luís Leitão (Pen)

 

 

Classificação:

 

Próxima Jornada:

Poiares – Brasfemes

Atl. Arganil – União FC

Ançã FC – Touring

Lagares da Beira – Oliv. Hospital

Académica SF – Pampilhosense

Tocha – Vigor da Mocidade

Penelense – Febres

Eirense – Góis

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:15

UM RESULTADO MELHOR QUE A EXIBIÇÃO

por ultraserranos4605, em 04.11.13

LAGARES DA BEIRA - PAMPILHOSENSE

 

 

Complexo Desportivo de Lagares da Beira

Assistência: cerca de 80 espetadores

Árbitro: João Calado

Assistentes: Célia Gonçalves e Paulo Costa

Ao intervalo: 0-1

 

Pampilhosense:

João Pedro, Tavares, João Palheira, Carapau, Samuel Almeida, David Gonçalves, Gravata (Marcelo 10m, Pedro Barata 72m), Garfo (David Simões 85m), Faca, Flávio Salgado e Jocy.

Suplentes não utilizados: João Pinto, Isidro, Nuno Batista e Rabeca.

Treinador: Carlos Alegre

 

Ação disciplinar: Amarelo a Faca 36m, David Gonçalves 65m, Marcelo 72m, Carapau 81m e João Palheira 95m.

 

Lagares da Beira:

Óscar, João Campos (Paulo Costa 59m), João Pedro, Tibia, Paulo Lopes, Carlos Santos, David, Bomba, Quim Santos, Fernando Pedro (Ricardo 76m) e Marco Paiva.

Suplentes não utilizados: Zé Mário, João Mário, Rola, João Brito e Joel

Treinador: Paulo Piedade

 

Ação disciplinar: Amarelo a João Pedro 79m, Quim Santos 82m, Bomba 90m e Óscar 95m; Vermelho direto a Tíbia 19m.

 

Golos: Carapau 23m

 


Despois de dois jogos consecutivos sem vencer, o Pampilhosense tentava em Lagares da Beira regressar aos triunfos, e ao mesmo tempo conseguir a primeira vitória fora de portas. Já o conjunto do concelho de Oliveira do Hospital, que tem melhorado nas últimas partidas, ambicionava bater o pé ao conjunto serranos e, com uma vitória, afastar-se do fundo da tabela.

 


Ambas as equipas entraram na partida algo cautelosa. Mas aos poucos o Pampilhosense foi crescendo e o primeiro sinal de perigo surgiu aos 17m, Faca na transformação de um livre direto rematou ao poste. Dois minutos depois Flávio Salgado isola Jocy e o avançado serrano é derrubado em falta no interior da área por Tíbia, grande penalidade e expulsão do jogador da casa. Jocy foi chamado a converter mas o guardião local consegue a defesa. O Pampilhosense, com mais uma unidade em campo, continuou a insistir e, aos 23m, na sequência de um pontapé de canto, Carapau ganhou o ressalto e num remate forte fez o primeiro, e único, tento da partida. Depois de chegar a vantagem a equipa pampilhosense tentou controlar, mantendo a posse do esférico e espreitar um ou outro espaço para visar a baliza contrária. Foi o que aconteceu aos 34m, mas sem êxito na conclusão, com Samuel Almeida a cruzar e Marcelo, já sem oposição na baliza, a cabecear por cima. A equipa da casa mesmo com menos um elemento nunca baixou os braços e prometeu uma segunda parte difícil para o seu adversário conseguir segurar a vantagem.

 


No segundo tempo a equipa da casa foi sempre a mais preocupada em chegar ao golo. Mesmo o facto de jogar com dez elementos não impediu que o Lagares da Beira pressionasse a defensiva visitante com o intuito de chegar a igualdade. Foi valendo ao conjunto Pampilhosense o bom acerto defensivo, o que não permitiu grandes espaços aos jogadores da casa junto da baliza de João Pedro. A equipa do Pampilhosense não teve capacidade suficiente para segurar a bola e explorar algumas jogadas de ataque rápido. A única exceção aconteceu quando Jocy, aos 70m, surgiu isolado pela esquerda, mas foi tal o deslumbramento que ofereceu a bola a Óscar, guardião da casa. Já a equipa de lagares da Beira o mais perto que esteve do golo foi num livre apontado para o segundo poste onde surgiu Marco Paiva a rematar de primeira, com muito perigo, por cima do travessão. Até final o Lagares da Beira bem tentou mas o Pampilhosense, apesar de não ser organizado a construir jogadas de ataque, esteve bem na forma como tapou todos os caminhos para a sua baliza.

 


A equipa do Pampilhosense não fez um jogo brilhante. Exigia-se mais para uma equipa que jogou tanto tempo com mais um elemento em campo. Mas se o aspeto ofensivo não esteve bem, já no capítulo da organização defensiva a equipa esteve sempre muito solidária conseguindo o mais importante, segurar os três pontos. O Lagares da Beira vendeu bem cara a derrota e de tudo fez para conseguir chegar ao empate, principalmente no segundo tempo.

 

O trio de arbitragem teve um ou outro erro, mas no aspeto geral teve um trabalho positivo e sem influência no resultado.

 

Resultados:

Brasfemes 1-1 Góis

Pombo (Bra); Paulo Campos (Goi)

 

Poiares 0-1 União FC

Hernâni

 

Atl. Arganil 3-0 Touring

Ricardo Batista (2) e Moreira

 

Ançã FC 1-2 Oliv. Hospital

André Santos (AFC); Abdoulaye Ibrango e Seyduo (OH)

 

Lagares da Beira 0-1 Pampilhosense

Carapau

 

Académica SF 0-2 Vigor da Mocidade

Marito e Luís Borges

 

Tocha 1-4 Febres

João Aveiro (UDT); Carlinhos, Luís Rodrigues, Rodrigo Marques e Tiago Freitas (Feb)

 

Penelense 1-0 Eirense

Chano

 

Classificação:


Próxima Jornada:

Brasfemes – Poiares

União FC – Atl. Arganil

Touring – Ançã FC

Oliv. Hospital – Lagares da Beira

Pampilhosense – Académica SF

Vigor Mocidade – Tocha

Febres – Penelense

Góis – Eirense

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:28

"CANTERA" CONFIRMA FUTURO NA HONRA NO PRÓXIMO ANO

por ultraserranos4605, em 29.04.13

LAGARES DA BEIRA - PAMPILHOSENSE

 

25ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Estádio: Complexo Desportivo Lagares da Beira

Assistência: Cerca de 100 espetadores

Árbitro: Pedro Tomás

Assistentes: João Machado e Joana Rodrigues

Ao intervalo: 0-1

 

Pampilhosense:

Tiburcio, Bruno Santos, Carapau, Cristiano, Samuel Almeida, Marco Rosa, André Cecim, David Gonçalves (Isidro 89m), Ricky, Reinaldo (Flávio Salgado 57m) e David Simões (Marcelo 64m).

Suplentes não utilizados: Nuno Viseu, Manu, Nuno Batista e Deco.

Treinador: Carlos Alegre

Ação disciplinar: amarelo: David Gonçalves 23m, Bruno Santos 60m, André Cecim 77m e Flávio Salgado 94m; vermelho por acumulação: Marcelo 83m e 86m.

 

Lagares da Beira:

Daniel, Mário, João Campos, Toni, Cheira (Alex 45m), Ratana, Filipe (Tó 45m), João Brito, Fumaça (Ricardo 68m), Marco Paiva e Luís Paiva.

Suplentes não utilizados: Sérgio, João Mário, Leonel e Quintino.

Treinador: Bruno Ferreira

Ação disciplinar: amarelo: Cheira 35m; vermelho por acumulação: Toni 27m, 81m.

 

Golos: David Simões 7m e Marcelo 82m.

 

 

Depois de uma pesada derrota na jornada anterior frente ao líder, o Pampilhosense tinha uma deslocação a Lagares da Beira onde iria tentar dar seguimento aos bons resultados conseguidos na condição de visitante e, assim, carimbar em definitivo a manutenção num campo onde nunca conseguiu vencer na sua história. Já o conjunto de Lagares da Beira, que desde da derrota com o Pampilhosense na primeira volta do campeonato apenas voltou a perder em outra ocasião, tinha nesta partida uma motivação extra, já que iria estrear o piso sintético na sua casa que esta época ainda não tinha utilizado.

 


O conjunto de Pampilhosa da Serra entrou desinibido no encontro e aos 7m adiantou-se no marcador. Reinado atirou cruzado e David Simões, à entrada da pequena área, rematou para o fundo da baliza de Daniel. A equipa da casa respondeu de imediato, criando duas situações nos dois minutos seguintes em que podia ter reposto a igualdade. Na primeira valeu Samuel Almeida sobre a linha de golo a evitar que o remate do avançado de Lagares da Beira tivesse sucesso. Na segunda ocasião foi Tiburcio que, com a defesa da tarde, negou o golo a Toni num remate de fora da área. Na tentativa de chegar a igualdade o conjunto da casa ia dando trabalho a defensiva pampilhosense, principalmente através das suas alas, daí vinha o maior perigo e a melhor arma do Lagares da Beira. À passagem da meia hora o Pampilhosense sacode um pouco o ímpeto atacante do conjunto da casa ao criar também uma excelente ocasião para marcar. Os protagonistas foram os mesmos do lance do golo, Reinaldo serviu David Simões e este, solto de marcação, com a baliza escancarada emendou ao lado. Já sobre o apito final do primeiro tempo o Lagares da Beira volta a criar perigo. Toni, quase sempre ele, foge a defensiva serrana e isolado perante Tiburcio não consegue desfeitear o guardião pampilhosense que, com mais uma intervenção, mantém a sua equipa na frente do marcador.

 


No segundo tempo a equipa do Pampilhosense foi ainda mais organizada, não permitindo que o Lagares da Beira criasse qualquer situação para marcar. A equipa da casa arriscou tudo no ataque, dispôs de maior tempo te posse de bola, mas deu de “caras” com um bloco muito compacto que não permitiu espaços e que em contra-ataque mostrava argumentos para sentenciar a partida. O que podia ter acontecido logo aos 52m numa excelente jogada coletiva com Ricky a isolar Reinaldo, este, na direita, rematou fortíssimo por cima do travessão. O Pampilhosense continuou a apostar em rápidas transições para o ataque, enquanto o Lagares da Beira tentava encontrar uma forma de furar a organização serrana, sem sucesso. Até que, aos 81m, Ricky vai para se escapar para a baliza mas é derrubado por Toni, o jogador do Lagares da Beira recebe a segunda cartolina amarela e é expulso. Na cobrança da infração Flávio Salgado rematou para defesa incompleta de Daniel mas Marcelo, rápido e oportuno, surge para selar o 2-0 e a vitória da equipa do Pampilhosense. Até final destaque apenas para a expulsão de Macelo, aos 86m, depois de um contacto físico existente na grande área da casa em que o árbitro da partida, mal, entendeu que o jogador visitante tinha simulado grande penalidade.

 


Numa boa partida de futebol o Pampilhosense soube aproveitar as oportunidades que dispôs, foi uma equipa organizada para suster os ataques do Lagares da Beira (que no segundo tempo não conseguiu criar nenhuma situação clara de golo) e arrecadou mais uma vitória fora de portas. Um triunfo que garante desde já a manutenção com 21 pontos conquistados como visitante. Nesta condição o Pampilhosense é das equipas com maior número de pontos conquistados fora de casa, deixando a ideia de que com resultados semelhantes no seu reduto a equipa serrana estaria entre os cinco primeiros da tabela.

 

Boa arbitragem que apenas merece um reparo, a expulsão de Marcelo. Numa disputa de bola na grande área do Lagares da Beira o defesa da casa chegou primeiro a bola, depois aconteceu o contato entre os dois jogadores em que o árbitro da partida, de forma estranha, entendeu que Marcelo simulou grande penalidade mostrando a segunda cartolina amarela.

 

Nota final para felicitar o Carapinheirense que, com a vitória por 3-1 frente ao Febres, festejou o seu primeiro título de campeão da Divisão de Honra. Boa sorte para a equipa de Montemor-o-Velho nos nacionais do próximo ano.

 

Resultados:

Touring 1-1 Ançã FC

Marquito(Tou); Valter Silva (AFC)

 

Eirense 1-0 Moinhos

Fábio Henriques

 

Académica/SF 0-0 Atl. Arganil

 

Vinha Rainha 2-3 União FC

João Filipe (VR); Rui, Trovejada e Joel (UFC)

 

Marialvas 0-2 Vigor Mocidade

Telmo e Gonçalo Estanqueiro

 

Lagares Beira 0-2 Pampilhosense

David Simões e Marcelo

 

Carapinheirense 3-1 Febres

Faria (2), Autogolo (Cdc); Batista (Feb)

 

Classificação:

 

Ultima Jornada:

União FC – Académica SF

Vigor Mocidade – Vinha da Rainha

Pampilhosense – Marialvas

Febres – Lagares da Beira

Ançã FC – Carapinheirense

Moinhos – Touring

Atl. Arganil – Eirense

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:40


. ............ . . .

.


LIGAÇÕES - PLANTEL 18/19 E VIDEOS

.

.