Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mostra a Tua Alma Serrana!


DOMUS NOSTRA - PAMPILHOSENSE

Domus Nostra - Pampilhosense meias finais ap campe

 

Meias Finais do Apu. de Campeão de Futsal AFC – Jogo 3
Pavilhão Municipal de Portomar
Ao intervalo: 0-0

 

Pampilhosense:
Dani Silva, Alberto Silva, Parrança, Diogo Tomás e Nando Lara.
Suplentes: Ferreira, João Coelho, Tiago Coelho, Marco pestana, Rabeca, Deco e Miranda
Treinador: Nuno Pestana

 

Golos: Alberto Silva 23’ (Pampilhosense); 24’ (Domus Nostra).

Penaltis: Parrança, Alberto Silva e Diogo Tomás (defendido).

 

Depois de dois jogos muitos intensos e recheados de emoção, com um triunfo para cada lado, Pampilhosense e Domus Nostra discutiam, na “negra”, a passagem à final do campeonato e automaticamente a subida de divisão, pois o São João Sub23 já tinha assegurado o lugar no jogo decisivo e, como se sabe, não pode ascender à II Divisão Nacional.

Domus Nostra - Pampilhosense meias finais ap campe

 

Com casa cheia o Domus Nostra queria aproveitar o facto de jogar perante os seus adeptos para levar a melhor sobre o Pampilhosense. Mas à semelhança dos dois anteriores jogos, os serranos estiveram muito bem e não se deixaram intimidar pelo ambiente mais hostil criado pela equipa da casa. O equilíbrio foi a toada do jogo, mas em vários momentos o Pampilhosense esteve por cima. No entanto os golos não surgiram no primeiro tempo.

 

Na segunda parte o Pampilhosense saiu na frente do marcador, aos 23’, depois de uma recuperação de bola, junto da baliza do Domus Nostra, e Alberto Silva a marcar para grande festa dos adeptos pampilhosenses. Mas ainda havia muito jogo! O conjunto da casa não demorou a reagir e, no minuto seguinte, vai restabelecer o empate! Numa reposição lateral de bola para o centro do terreno, o jogador da casa disfere um potente e colocado remate e bate Dani Silva! Estava inaugurado o marcador para ambas as equipas, mas, apesar de ainda faltar muito tempo, as balizas não voltaram a ser infringidas.

 

E, perante tal equilíbrio na eliminatória, a decisão final só podia ser encontrada nas grandes penalidades! Nessa “lotaria” a equipa da casa concretizou os três remates, enquanto Diogo Tomás, que tantas vitórias “deu” ao serranos ao longo da temporada com os seus golos, atirou para a defesa do guardião contrário que, assim, se tornou no herói do Domus Nostra!

 

Foi uma grande eliminatória entre Pampilhosense Domus Nostra, com a necessidade de recorrer à “negra” e, nesse encontro, às grandes penalidades para se encontrar o vencedor. Emoção, equilíbrio, muito publico e resultado incerto até ao ultimo segundo nos três jogos, fatores que tornaram esta eliminatória num verdadeiro hino ao futsal. A vitória poderia cair para qualquer um dos lados, acabou por pender para o lado do Domus Nostra, equipa que felicitamos. A equipa serrana termina, assim, de cabeça erguida uma fantástica época na modalidade.

 

Resultados:
Domus Nostra 1-1 (3-2 GP) Pampilhosense
U. Chelo 4-7 São João Sub23

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:32

BENJAMINS FUTSAL - FINAL FOUR DA TAÇA AFC

por ultraserranos4605, em 18.05.19

Domus Nostra 0-1 Pampilhosense
Final Four da Taça AFC - Meia Final

 

Domus Nostra - Pampilhosense meias finais da Taça


Um único golo bastou para os nossos meninos asseguram a primeira final da historia da formação Pampilhosense. Frente ao Domus Nostra o Pampilhosense venceu por 1-0 e assegurou a presença na final, a acontecer amanhã, frente ao São João. Recordamos que a Final Four está a decorrer neste fim de semana no pavilhão da Granja do Ulmeiro.

 

Resultados:
Domus Nostra 0-1 Pampilhosense
Serpinense 0-5 São João

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:22

FUTSAL - EMOÇÃO ATÉ AO FIM, A DECISÃO É NA "NEGRA"

por ultraserranos4605, em 18.05.19

PAMPILHOSENSE - DOMUS NOSTRA

Pampilhosense - Domus Nostra Meias Finais do Apu c

 

Meias Finais do Apu. de Campeão de Futsal AFC – Jogo 2
Pavilhão Municipal de Pampilhosa da Serra
Ao intervalo: 1-4

Pampilhosense:
Ferreira, João Coelho, Parrança, Diogo Tomás e Nando Lara.
Suplentes utilizados: Tiago Coelho, Alberto Silva e Miranda.
Treinador: Nuno Pestana

Golos: Nando Lara 7’ e Diogo Tomás 30’ e 31’ (Pampilhosense); 6’, 13’, 15’ e 16’ (Domus Nostra).

Pampilhosense - Domus Nostra Meias Finais do Apu c

 

Depois de vencer o primeiro jogo das meias-finais o Pampilhosense tinha a oportunidade de, em sua casa, carimbar a passagem para a final e fazer a festa. Já o Domus Nostra vinha a Pampilhosa da Serra com o intuito de vencer e levar a decisão para um terceiro jogo, a disputar em sua casa.

Pampilhosense - Domus Nostra Meias Finais do Apu c

 

Num fantástico ambiente nas bancadas, com muito publico a apoiar, principalmente a equipa serrana, foi o Domus Nostra que melhor entrou no jogo como, aliás, lhe competia, já que em caso de derrota ficava fora da competição. Sendo assim o conjunto visitante inaugurou o marcador logo à passagem dos 5’. A resposta do Pampilhosense não tardou e pouco depois Nando Lara repôs a igualdade, para enorme festa serrana na bancada. Dentro da quadra o jogo estava bem disputado e equilibrado, com as duas equipas a tentar chegar ao golo. E foi a equipa visitante que se colocou na frente do marcador, pouco depois de meio da primeira parte. A equipa pampilhosense acusou o golo sofrido e entrou numa fase de algum desnorte dentro da quadra. Aproveitou o adversário que, mais agressivo, de rajada marcou por duas vezes, colocando-se a vencer por 4-1! A terminar o primeiro tempo o Pampilhosense ainda teve uma excelente oportunidade para reduzir, mas Nando Lara, num livre de 10m, enviou por cima!

Pampilhosense - Domus Nostra Meias Finais do Apu c

 

Na segunda metade a equipa serrana tinha de correr atrás do prejuízo e arriscar para reentrar na discussão do resultado. E foi Diogo Tomás que deu maior crença aos serranos, com dois golos o jogador pampilhosense reduziu para a diferença mínima e colocou incerteza no resultado quando ainda faltava muito tempo para jogar. A turma pampilhosense continuou a arriscar no 5x4, na tentativa de alcançar o empate, mas o Domus Nostra respondeu com a mesma moeda, para fazer o tempo correr com a bola em sua posse! Até final a melhor ocasião pertenceu ao conjunto pampilhosense, mas a trave da baliza evitou a igualdade!

 

Num jogo muito intenso, com emoção e incerteza até ao ultimo segundo, o Domus Nostra acabou por vencer e levar a decisão final para um terceiro jogo a disputar em sua casa. O Pampilhosense não conseguiu contrariar a maior agressividade do adversário e, depois de algum desnorte no primeiro tempo, não foi a tempo de corrigir e conseguir um resultado que permitisse fazer a festa em Pampilhosa da Serra! Mas domingo há mais!

 

Resultados:
Pampilhosense 3-4 Domus Nostra
U. Chelho 4-7 São João Sub23

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:55

FUTSAL - PERSISTÊNCIA QUE FAZ ACREDITAR

por ultraserranos4605, em 13.05.19

DOMUS NOSTRA - PAMPILHOSENSE

Domus Nostra - Pampilhosense meia final playoff ap

 

Meias Finais do Apu. de Campeão de Futsal AFC – Jogo 1
Pavilhão Gimnodesportivo de Portomar
Ao intervalo: 1-0


Pampilhosense:
Dani Silva, João Coelho, Parrança, Diogo Tomás e Nando Lara.
Suplentes utilizados: Ferreira, Tiago Coelho, Alberto Silva e Miranda.
Treinador: Nuno Pestana

 

Golos: Parrança, Diogo Tomás e João Coelho
Penaltis: Parrança, Alberto Silva e Diogo Tomás

 

Num terreno muito difícil, frente ao vencedor da fase regular do campeonato, o Pampilhosense aspirava a um bom resultado neste primeiro jogo do playoff, e trazer para sua casa uma decisão a seu favor.

Domus Nostra - Pampilhosense meia final playoff ap

 

A equipa de Domus Nostra, a jogar perante os seus adeptos, não queria desperdiçar o “fator casa” e entrar a vencer no playoff. Mas a turma serrana também ambicionava entrar com o pé direito! Com ambas as equipas a quererem vencer, assistiu-se a um desafio muito equilibrado, com a equipa da casa a sair na frente do marcado. Os serranos responderam e Parranaça, de penalti, repôs a igualdade. E a cambalhota no marcador podia ter acontecido para o Pampilhosense antes do intervalo, mas os visitantes desperdiçaram dois livres diretos.

 

Na segunda metade os homens da casa entram melhor e marcaram por duas ocasiões, colocando o placar em 3-1. As coisas pareciam complicar-se para o Pampilhosense, e o cenário ainda piorou depois da expulsão de Dani Silva, mas o Domus Nostra não aproveitou esse fator. A equipa serrana cresceu, arriscou e acreditou, e foi em busca de contrariar o adversário. E foi numa fase em que o Pampilhosense já explorava o 5x4 que Diogo Tomás reduz e faz acreditar ainda mais o Pampilhosense. Pouco depois, João Coelho confirmou a excelente reação pampilhosense ao marcar e colocar o desafio empatado. E foi com uma igualdade a três golos que se chegou ao final do jogo, sendo necessário recorrer as grandes penalidades para se encontrar o vencedor.

 

Na marcação das grandes penalidades o Pampilhosense foi mais competente e venceu por 3-2, com golos de Parrança, Alberto Silva e Diogo Tomás. Ferreira defendeu a ultima penalidade do Domus Nostra!

 

Num jogo equilibrado a equipa serrana nunca baixou os braços e acreditou, desde inicio, que poderia conseguir um resultado positivo. As grandes penalidades acabaram por premiar a maior coragem pampilhosense, que assim consegue uma importante vantagem nesta fase. Na próxima sexta-feira a equipa do Pampilhosense tem a possibilidade de, em sua casa, carimbar uma fantástica passagem à final!

 

Resultados:
Domus Nostra 3-3 (2-3GP) Pampilhosense
São João Sub23 9-1 U. Chelo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:55

FUTSAL - PAMPILHOSENSE NÃO CONTRARIA LIDER

por ultraserranos4605, em 04.03.19

DOMUS NOSTRA - PAMPILHOSENSE

Domus Nostra - Pampilhosense 22ªJ DH Futsal 02-03

 

22ª Jornada da Divisão de Honra Futsal AF Coimbra
Pavilhão Gimnodesportivo de Portomar
Ao intervalo: 3-1

Pampilhosense:
Daniel Silva, Deco, Tiago Coelho, Miranda e Diogo Tomás.

Jogaram ainda: Ferreira, João Coelho, Marco Pestana, Nando Lara e Alberto Silva.

Treinador: Nuno Pestana

Golos: Diogo Tomás 2’ e Alberto Silva 26’ e 39’ (Pampilhosense); 3’, 6’, 13’, 31’, 34’ e 35’ (Domus Nostra)

 

Na deslocação a casa de um dos lideres o Pampilhosense queria surpreender e contrariar algum favoritismo do adversário, que espreitava ficar isolado na liderança ao final da jornada.

equipa futsal 18-19.jpg

 

E até começou bem a equipa serrana, que saiu na frente do marcador com um golo de Diogo Tomás. Mas a equipa do Domus Nostra, que queria ficar sozinho na frente da tabela ao fim desta ronda, respondeu de pronto e chegou ao empate. Os da casa mantiveram a mesma toada de consistência e ao intervalo venciam por 3-1.

 

Na segunda metade os serranos ainda esboçaram uma reação ao reduzirem para a diferença mínima, através de um golo de Alberto Silva, podendo, pouco depois até ter empatado, mas a equipa desperdiçou uma soberana ocasião para igualar. No entanto o Domus Nostra voltou à mó de cima e arrancou para uma vitória categórica, colocando o marcador em 6-2. Antes do final, Alberto Silva ainda teve a oportunidade para bisar e restabelecer o resultado final em 6-3 a favor do conjunto que, agora, lidera sozinha.

 

Com este resultado a equipa serrana desce uma posição, estando agora no quinto lugar, mas com tudo em aberto para atingir os seus objetivos.

 

Resultados:
Miro 3-4 U. Chelo
Norte e Soure 3-5 CP Miranda do Corvo
Lavos 8-2 Ac. Gândaras
Domus Nostra 6-3 Pampilhosense
Ançã FC 3-2 Santa Clara
S. Martinho Cortiça 3-4 Prodema

 

Classificação:

Class 22ªJ DH futsal 02-03-19.jpg

 

Próxima Jornada:
São João Sub23 – Santa Clara
CP Miranda do Corvo – Ançã FC
U. Chelo – Domus Nostra
Pampilhosense – Lavos
Ac. Gândaras – S. Martinho Cortiça
Prodema – Norte e Soure

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:39


. ............ . . .

.