Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mostra a Tua Alma Serrana!


ANÇÃ FC - PAMPILHOSENSE

Ançã FC - Pampilhosense 10ªJ DH 02-12-18 1.jpg

 

10ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra
Complexo Desportivo de Ançã
Assistência: cerca de 200 espetadores
Árbitro: Bruno Pombo
Auxiliares: Vinícius Pires e Bruno Rodrigues
Ao intervalo: 0-0

 

Pampilhosense:
Kiko, Seco, Renato, Cristiano, Flávio Salgado, Rafa, Ronaldo, Will (Simão 77’), Miguel Barreto (Amândio 67’), Ricky e Dias.
Suplentes não utilizados: Cédric, Abel, Rola e César Palheira.
Treinador: Carlos Alegre

 

Ançã FC:
Ivo, Gabi, JP, Hugo Parreiral, Pedro Alves, Citro, Neves, Pepe, Bernardo, Xuna e Válter Silva (Petó 75’).
Suplentes não utilizados: Ruben Neves, Nazaré, Dani e Micael Garrido.
Treinador: António Cortesão

 

Ação Disciplinar:
Amarelos: Dias 84’ e Renato 91’ (Pampilhosense); Pepe 78’ e Xuna 78’ (Ançã FC).

Ançã FC - Pampilhosense 10ªJ DH 02-12-18 2.JPG

 

Depois de dois nulos consecutivos o Pampilhosense viajava até Ançã com o intuito de alterar essa tendência e regressar aos triunfos. Mas do outro lado estava um Ançã FC a realizar uma excelente época, com apenas uma derrota, e que, perante o seu fervoroso publico, queria vencer e ultrapassar o Pampilhosense na tabela.

Ançã FC - Pampilhosense 10ªJ DH 02-12-18 3.JPG

 

E foi a equipa da casa que entrou no jogo mais atrevida no ataque, querendo impor-se perante um Pampilhosense que tentava suster o ímpeto inicial dos homens de Ançã. A primeira situação de perigo surgiu à passagem dos 12’, para a equipa da casa, com Kiko a ter de sair da sua baliza para cortar o ataque contrário, no entanto a bola sobrou para Hugo Parreiral que aproveitou a sobra para rematar ao lado. No minuto seguinte o “ferryaço” tem a melhor ocasião para marcar, depois de um cruzamento de Pepe para a entrada da pequena área onde surgiu Válter Silva a rematar por cima. A equipa pampilhosense aguentou esta fase inicial mais perigosa do Ançã FC, e aos 19’, na sequência de um livre lateral, Will ao segundo poste recebeu a sobra e, sozinho, rematou fraco para defesa de Ivo. A equipa serrana começou a subir no terreno e aos 34’ constrói a sua melhor oportunidade, através de uma boa jogada coletiva com Seco a entrar na grande área e rematar para uma excelente defesa do guarda redes Ivo. O intervalo chegou e o resultado continuava a zeros.

Ançã FC - Pampilhosense 10ªJ DH 02-12-18 4.JPG

 

Os instantes iniciais da segunda metade ainda foram disputados com algum equilíbrio. Mas aos poucos a equipa do Pampilhosense começou a tomar conta do jogo, construindo várias jogadas de ataque com superioridade numérica, que só não surtiram maior perigo para a baliza adversária porque faltou uma melhor definição e clarividência no ultimo passe. Por várias vezes os serranos obrigaram a defensiva da casa a trabalho redobrado, mas sem conseguir uma claríssima oportunidade de golo. Com este rumo o jogo chegou ao final sem que o placar funcionasse.

Ançã FC - Pampilhosense 10ªJ DH 02-12-18 5.JPG

 

Jogo interessante de se seguir com as duas equipas empenhadas em chegar ao golo, o que acabou por não acontecer. As melhores oportunidades surgiram no primeiro tempo, já no segundo o maior domínio pertenceu aos serranos que, no entanto, não se traduziu em claras situações de golo.

 

O trio de arbitragem fez um trabalho regular.

 

Resultados:
Carapinheirense 2-2 Lagares da Beira
Faria e Tiago (CDC); Loureiro (LB)

 

Naval 1893 2-0 Eirense
Luca e Daniel Nogueira

 

Tocha 2-1 Académica SF
Fatia (2) (UDT); Pacheco (AAC SF)

 

Tourizense 0-0 Condeixa

 

Penelense 2-0 Brasfemes
Fábio Gomes e Vinícius

 

Marialvas 0-1 Vigor Mocidade
Luís Borges

 

Ançã FC 0-0 Pampilhosense

 

União FC 2-1 Sourense
Curica e Bruno (UFC); Rui Daniel (GDS)


Classificação:

Class DH 10ªJ 02-12-18.jpg

 

Próxima Jornada:
Lagares da Beira – Naval 1893
Eirense – Tocha
Sourense – Académica SF
Condeixa – Carapinheirense
Brasfemes – Tourizense
Vigor Mocidade – Ançã FC
Pampilhosense – Penelense
União FC – Marialvas

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:46

PAMPILHOSENSE DE RAÇA VOLTA A VENCER

por ultraserranos4605, em 05.03.18

PAMPILHOSENSE - ANÇÃ FC

Pampilhosense - Ançã FC 21ªJ DH 04-03-18 1.jpg

 

21ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Estádio Municipal de S. Mateus em Pedrogão Grande

Assistência: Cerca de 60 espectadores

Árbitro: Rodrigo Pais

Auxiliares: João Calado e Gonçalo Ribeiro

Ao intervalo: 0-1

 

Pampilhosense:

Cédric, Abel, Duda, Renato, Rola, Rafa, Ricky, Miguel Barreto (Ronaldo 81’), Simão, Amândio (Will 66’) e Curica (Dias 74’).

Suplentes não utilizados: Kiko, Cristiano, Carapau e Duarte.

Treinador: Carlos Alegre

 

Ançã FC:

Ivo, Nazaré, Cardoso (Bruno 88’), João Dias, Válter, Gabi, Raul, Cuca (Fifa 62’), Flávio Salgado (Luís Jorge 68’), Reis e Pepe.

Suplentes não utilizados: Joel, Pito, João Carlos e David.

Treinador: Diogo Godinho

 

Ação Disciplinar:

Amarelos: Curica 36’ (Pampilhosense); Válter 56’ e Raul 58’ (Ançã FC).

 

Golos: Simão 49’, Duda 89’ e Will 95’ (Pampilhosense); Cardoso 18’ (Ançã FC).

 

Pampilhosense - Ançã FC 21ªJ DH 04-03-18 2.jpg

 

No regresso a Pedrogão Grande, em mais um jogo como visitado, o Pampilhosense tentava repetir o triunfo da jornada anterior e deixar mais longe o Ançã FC na tabela classificativa. Já o conjunto que viajou desde do concelho de Cantanhede queria também repetir o triunfo da jornada passada, e com os três pontos ultrapassar a equipa serrana na classificação.

 

Pampilhosense - Ançã FC 21ªJ DH 04-03-18 4.jpg

 

Até entrou bem no encontro a equipa do Pampilhosense que, aos 14’, está muito perto de inaugurar o marcador depois de uma abertura de Curica para Amândio e este, na cara de Ivo, a rematar para defesa do guardião contrário. O Ançã FC respondeu, e da melhor maneira, quando aos 18’ Pepe cruzou e Cardoso surgiu a desviar de cabeça para o fundo da baliza de Cédric, colocando o Ançã FC em vantagem. A equipa serrana até reagiu bem ao golo sofrido, assumindo ainda com maior clareza as despesas do encontro, dominando na zona intermediária, faltando apenas mais acerto na fase de decisão para conseguir criar claras oportunidades para empatar. Oportunidades claras de golo que, curiosamente, surgiram para o lado do Ançã FC, neste caso uma, à passagem da meia hora. Foi na sequência de um pontapé de canto, com a bola a passar por toda a gente e ir de encontro a João Dias que, sozinho na pequena área, cabeceou por cima. O intervalo chegou com os visitantes em vantagem no marcador.

 

Pampilhosense - Ançã FC 21ªJ DH 04-03-18 5.jpg

 

Na segunda metade os serranos não baixaram o ritmo regressando ainda com mais vontade de alterar o rumo dos acontecimentos. O sinal foi dado logo aos 48’, depois de um cruzamento largo de Simão e Ricky, sozinho ao segundo poste com tudo para fazer golo, a cabecear por cima do travessão. Mas o empate, que há muito já se justificava, surgiu na jogada imediata, aos 49’, através de Simão que se encheu de coragem e, de fora da grande área, rematou forte e bateu Ivo. O Pampilhosense não tirou o pé do acelerador, era a equipa que mais buscava o triunfo, e passou a jogar ainda mais sobre o meio campo adversário dando muito trabalho à defensiva do “ferryaço”. Aos 65’ tem mais uma boa situação, com um cruzamento-remate de Abel a que Ivo responde com uma boa defesa. O Ançã FC sacudiu um pouco a pressão, conseguiu equilibrar e, aos 75’, numa das raras descidas à grande área serrana, tem uma boa jogada com Reis a lançar Válter e este, no interior da grande área, a rematar forte para uma boa defesa de Cédric. Mas nos instantes finais a emoção aumentou, o Pampilhosense volta a pressionar e a dar ainda mais trabalho ao guarda-redes contrário. Aos 86’ Ronaldo rematou de fora da grande área e obrigou Ivo a uma defesa muito apertada, a jogada prosseguiu e desta feita foi Will a atirar para nova defesa, difícil, do guardião forasteiro. Quem facilitou foi Cédric que, aos 88’, deixou a bola à merce de Válter que, só com Renato a ocupar a baliza serrana, rematou valendo o central pampilhosense a evitar o golo do Ançã FC. Seria um castigo demasiado pesado para a equipa serrana que, aos 89’, vai ver premiada a sua persistência depois de um canto curto com Ronaldo a cruzar e Duda a antecipar-se a Ivo para, de cabeça, fazer o golo e a cambalhota no marcador. Até final ainda houve tempo para o Pampilhosense confirmar o triunfo. Primeiro aos 93’, depois de um pontapé cumprido do guarda-redes que deixou Simão em boa posição para marcar, o remate saiu ao lado. Depois, na última jogada, aos 95’, num bom remate à entrada da grande área de Will que bateu Ivo e estabeleceu o resultado final em 3-1.

 

Pampilhosense - Ançã FC 21ªJ DH 04-03-18 6.jpg

 

Bom jogo da equipa do Pampilhosense que teve de se aplicar para virar um resultado que cedo foi favorável ao Ançã FC. A equipa serrana esteve bem no primeiro tempo, embora a vantagem ao intervalo pertencesse ao Ançã FC. Na segunda metade o Pampilhosense intensificou a pressão, empatou logo no reatamento e foi em busca da cambalhota no marcador. O Ançã FC conseguiu algum equilíbrio e até dispôs, embora contra a corrente, de duas boas ocasiões para marcar. Tal não aconteceu e já perto do final o Pampilhosense alcançou e confirmou uma vitória que se justifica.

 

Pampilhosense - Ançã FC 21ªJ DH 04-03-18 7.jpg

 

O trio de arbitragem teve um trabalho satisfatório.

 

Resultados:

Lagares da Beira 1-3 Carapinheirense

Batista (LB); Seidy, Xavier e Cleiton (Car)

 

Pampilhosense 3-1 Ançã FC

Simão, Duda e Will (GDP); Cardoso (AFC)

 

Académica SF 2-1 Eirense

JP e Pacheco (AAC SF); Afonso (UCE)

 

Vinha da Rainha 0-2 Oliv. Hospital

Machona e Rui Pereira

 

Condeixa 0-0 Febres

 

Tourizense 0-0 Tocha

 

Vigor Mocidade 1-0 Penelense

Diogo Batista

 

União FC 5-0 Marialvas

Estanqueiro (2), André Santos, Mário Brito e André Costa

 

 

Classificação:

Class 21ªJ DH 04-03-18.jpg

 

Próxima Jornada:

Pampilhosense – Eirense

Ançã FC – Lagares da Beira

Académica SF – União FC

Carapinheirense – Vinha da Rainha

Oliv. Hospital – Condeixa

Penelense – Tourizense

Febres – Vigor Mocidade

Tocha – Marialvas

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:53

EMPATE QUE SABE A POUCO

por ultraserranos4605, em 30.10.17

ANÇÃ FC - PAMPILHOSENSE

Ançã FC - Pampilhosense 6ªJ DH 29-10-17 1.jpg

 

6ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Complexo Desp. de Ançã

Assistência: Cerca de 250 espetadores

Árbitro: Tiago Figueiredo

Assistentes: Pedro Neto e Pedro Machado

Ao intervalo: 1-1

 

Pampilhosense:

Cédric, Seco, Carapau, Renato, Duda, Rafa, Ricky, Miguel Barreto, Ratana, Amândio e Curica.

Suplentes não utilizados: Kiko, Abel, Rola, Simão e Ronaldo.

Treinador: Carlos Alegre

 

Ançã FC:

Ivo, Nazaré, João Dias, Cardoso, Luís Jorge, Gabi Veloso, Pepe (Chico 88’), Flávio Salgado, Sérgio Marques (Edu Parreiral 56’), Valter Costa e Reinaldo (Cuca 75’).

Suplentes não utilizados: Joel Ferrão, Pedro, David Batista e João Carlos.

Treinador: Diogo Godinho

 

Ação disciplinar:

Amarelos: Rafa 39’, Duda 89’ e Amândio 90’ (Pampilhosense); João Dias 33’, Flávio Salgado 51’, Edu Parreiral 89’ e Cuca 93’ (Ançã FC).

 

Golos: Amândio 25’ (Pampilhosense); Reinaldo 40’ (Ançã FC)

 

Ançã FC - Pampilhosense 6ªJ DH 29-10-17 2.jpg

 

Em mais um encontro fora, o segundo consecutivo sendo que, pelo menos, os próximo três desafios serão disputados na mesma condição, o Pampilhosense foi até Ançã para tentar surpreender uma equipa que está a realizar um excelente início de época. Mas o “ferryaço”, que em casa é uma equipa ainda mais forte impulsionada pelo apoio dos seus adeptos, queria manter a senda dos bons resultados e bom arranque de temporada.

 

Ançã FC - Pampilhosense 6ªJ DH 29-10-17 3.jpg

 

Foi um Pampilhosense desfalcado o que se deslocou a Ançã, com seis atletas impedidos de dar o seu contributo à equipa. Apesar desse contratempo, assistiu-se a uma boa partida de futebol, com muita intensidade, embora as oportunidades claras de golo não tenham sido assim tantas para a qualidade de jogo que as duas equipas apresentaram. Esteve melhor a equipa do Pampilhosense no decorrer do primeiro tempo e, aos 25’, Amândio vai interceptar um passe na zona defensiva da equipa da casa para rematar colocado, de fora da grande área, e bater o guardião Ivo, colocando os serranos em vantagem no marcador. Em vantagem no marcador a turma de Pampilhosa da Serra explorava as jogadas rápidas para o ataque e em duas ou três situações poderia ter ameaçado de forma bem mais perigosa, mas o “ultimo” passe custava em sair certo. Os da casa tentavam responder, mas estava difícil conseguirem construir oportunidades para marcar, e as bolas paradas podiam ser uma solução para chegar à igualdade. E foi o que aconteceu, quando aos 40’ Reinaldo apontou um livre direto e bateu Cédric repondo a igualdade no marcador.

 

Ançã FC - Pampilhosense 6ªJ DH 29-10-17 4.jpg

 

Na segunda parte a intensidade do jogo manteve-se, com as duas equipas em busca do golo e o jogo “partido” em muitos momentos. Havia domínio a espaços de parte a parte e, numa dessas fases para o Pampilhosense, aos 57’, Ricky deixou Ratana na cara do golo, mas uma recepção deficiente permitiu que o guarda-redes Ivo anulasse o lance. Aos 65’ foi a vez do Ançã FC responder com muito perigo, depois de Valter Silva cruzar rasteiro da esquerda e Edu Parreiral falhar a emenda ao segundo poste. Na parte final do desafio a equipa do Pampilhosense voltou a estar por cima e mais perto da vitória. Aos 74’ Seco cruzou e Cardoso quase colocou a bola na sua própria baliza. E já ao cair do pano, aos 92’, Amândio ficou perto de garantir o triunfo para a sua equipa, através de um remate forte de fora da grande área com a bola a sofrer um desvio que quase a traiu o guardião Ivo.

 

Ançã FC - Pampilhosense 6ªJ DH 29-10-17 5.jpg

 

Foi um jogo disputado com grande intensidade, com as duas equipas em constante procura do golo. Os golos só surgiram na primeira metade, fase em que a equipa serrana esteve ligeiramente melhor que o adversário. Já o segundo tempo foi mais dividido. O empate é um resultado que se ajusta, mas a haver um vencedor o Pampilhosense fez mais por merecê-lo.

 

O trio de arbitragem fez um trabalho regular.

 

Resultados:

Oliv. Hospital 1-0 Vinha da Rainha

Romário

 

Carapinheirense 2-0 Lagares da Beira

Cleiton e Lavrador

 

Ançã FC 1-1 Pampilhosense

Reinaldo (AFC); Amândio (GDP)

 

Febres 0-1 Condeixa

Dani

 

Penelense 0-0 Vigor Mocidade

 

Marialvas 1-0 União FC

Rodrigo

 

Tocha 0-1 Tourizense

Daks

 

Eirense 1-0 Académica SF

Marques

 

Classificação:

Class DH 6ªJ 29-10-17.jpg

 

Próxima Jornada:

Lagares da Beira – Ançã FC

Eirense – Pampilhosense

União FC – Académica SF

Vinha da Rainha – Carapinheirense

Condeixa – Oliv. Hospital

Tourizense – Penelense

Vigor Mocidade – Febres

Marialvas – Tocha

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:17

PAMPILHOSENSE REGRESSA ÀS VITÓRIAS EM JOGO EMOTIVO

por ultraserranos4605, em 06.03.17

PAMPILHOSENSE - ANÇÃ FC

Pampilhosense - Ança FC 21ªJ DH 05-03-17 1.jpg

 

21ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra

Assistência: cerca de 250 espetadores

Árbitro: Filipa Ferreira

Assistentes: Mário Serrano e André Rodrigues

Ao intervalo: 1-0

 

Pampilhosense:

Cédric, Galego, Carapau, Renato, Rola, Rui Matos (Vlad 87’), Gravata, Miguel Barreto (Ronaldo 83’), Flávio Salgado, Normando (Ratana 72’) e Ricky.

Suplentes não utilizados: Pedro Mano, Cristriano, Rabeca e Babá.

Treinador: Carlos Alegre

 

Ançã FC:

Ivo, João Dias (Serginho 80’), Gabi (Alex 58’), Relvão, João Pinto (Branco 58’), Valter, Rafa, Samuel, Rui Jorge, Nazaré e Estanqueiro.

Suplentes não utilizados: Joel, Ricardo Costa e Ramalho.

Treinador: Diogo Godinho

 

Ação disciplinar:

Amarelos: Gravata 34’, Miguel Barreto 82’, Carapau 92’ e Cédric 94’ (Pampilhosense); Rafael Duarte 29’ e Gabi 35’ (Ançã FC)

 

Golos: Ricky 8’ e Ratana 90’ (Pampilhosense); Rafael Duarte 85’ (Ançã FC)

 

Pampilhosense - Ança FC 21ªJ DH 05-03-17 2.jpg

 

Era de prever um jogo emotivo entre Pampilhosense e Ançã FC, com ambas as equipas à procura da vitória. E as expectativas não saíram defraudadas perante uma casa bem composta.

 

Pampilhosense - Ança FC 21ªJ DH 05-03-17 3.jpg

 

Entrou bem a equipa da casa que logo aos 8’ tem na cabeça de Normando a primeira situação para marcar, o avançado serrano cabeceou para boa defesa de Ivo pela linha final. Na sequência do pontapé de canto Ricky saltou mais alto que todos e, de cabeça, bateu Ivo colocando o Pampilhosense em vantagem no marcador. Estava dado o mote para uma boa partida de futebol! O Ançã FC reagiu e, aos 12’, Nazaré cruzou atrasado e Valter rematou por cima. Pouco depois, aos 15’, Relvão atirou com perigo num remate de fora da grande área. Os visitantes estavam melhor e Valter volta a estar perto da igualdade quando, aos 23’, aproveitou um ressalto para rematar para boa defesa de Cédric. Estava-se a assistir a uma boa partida de futebol, com o perigo a rondar as duas balizas e, aos 25’, o Pampilhosense responde com um lançamento cumprido de Carapau com Ricky a cabecear com bastante perigo por cima do travessão. A primeira meia hora, disputada em bom ritmo, terminou com mais uma boa situação para o Ançã FC quando, aos 28’, Rafael Duarte rematou de livre directo para uma defesa atenta de Cédric. As equipas iam para o descanso com vantagem para os homens da casa.

 

Pampilhosense - Ança FC 21ªJ DH 05-03-17 5.jpg

 

Na segunda metade continuou-se a assistir a uma boa partida de futebol, onde se somou a emoção. Aos 54’ Miguel Barreto está perto de dilatar a vantagem do Pampilhosense, ao rematar para uma defesa muito difícil de Ivo. O Ançã FC respondeu de imediato, aos 56’, depois de um livre largo com Samuel a cabecear e obrigar Cédric a uma boa defesa. Mas os visitantes não estavam a conseguir construir lances tão bem desenhados como os do primeiro tempo, e o Pampilhosense parecia mais coeso e ameaçava o segundo golo. Aos 79’ Gravata serviu Ricky e este, em excelente posição, cabeceou para uma grande defesa de Ivo. O Pampilhosense não “matou” e, aos 85’, os visitantes vão chegar à igualdade numa fase em que já arriscavam tudo no ataque, com a subida de Rafael Duarte para a frente. E foi precisamente essa a “chave” que abriu o caminho da igualdade, pois, depois de uma jogada de insistência foi Rafael Duarte a fazer o golo num magnífico pontapé de bicicleta. Mas ainda faltava algum tempo para jogar e sentia-se que a vitória podia pender para qualquer um dos lados, porque ambas as equipas demonstravam vontade em vencer. E foi o que aconteceu quando aos 90’ Ronaldo isolou Ratana que, perante Ivo, rematou e deu a vitória ao Pampilhosense.

 

Pampilhosense - Ança FC 21ªJ DH 05-03-17 6.jpg

 

Boa partida de futebol com Pampilhosense e Ançã FC a demostrarem querer em vencer. A equipa serrana entrou bem e marcou cedo, o que favoreceu a sua estratégia. O Ançã FC correu atrás do prejuízo mas foi só na parte final que conseguiu chegar à igualdade, numa fase em que os da casa pareciam controlar o desafio. Mas ainda havia tempo para os da casa reagirem, o que aconteceu sobre os 90’ com o golo de Ratana que fez regressar o Pampilhosense aos triunfos depois de seis jogos consecutivos sem vencer.

 

O trio de arbitragem cometeu alguns erros, mas para ambos os lados. O Ançã FC ficou a queixar-se no lance do segundo, por suposta posição irregular de Ratana (ficou a duvida se o jogador serrano partiu ou não antes da linha de meio campo no momento do passe). Já os serranos ficaram a queixar-se de um empurrão no lance de golo do empate do Ançã FC, a jogada prosseguiu sem que a infracção fosse assinalada e resultou na igualdade.

 

Resultados:

Sepins 1-3 Tocha

Ricardo (Sep); Timóteo, Fatia e Veríssimo (ADT)

 

Pampilhosense 2-1 Ançã FC

Ricky e Ratana (GDP); Rafael Duarte (AFC)

 

Pereira 0-5 Sourense

Justino (2), Fred, Seidi e Tozé

 

Oliv. Hospital 0-0 União FC

 

Condeixa 4-0 Febres

Garcês (2), Larry e Varela

 

Vinha da Rainha 1-0 Vigor Mocidade

França

 

Penelense 2-0 Eirense

Tanaka e Kah

 

Lousanense 0-1 Poiares

Morsa

 

Classificação:

Class DH 21ªJ 05-03-17.jpg

 

Próxima Jornada:

Ançã FC – Sepins

Sourense – Pampilhosense

Pereira – Lousanense

Tocha – Oliv. Hospital

União FC – Condeixa

Eirense – Vinha da Rainha

Febres – Penelense

Vigor Mocidade – Poiares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:44

PAMPILHOSENSE PERDEU PELA PRIMEIRA VEZ

por ultraserranos4605, em 31.10.16

ANÇÃ FC - PAMPILHOSENSE

Ançã FC - Pampilhosense 6ªJ 30-10-16 1.jpg

 

6ª Jornada da divisão de Honra AF Coimbra

Complexo desportivo de Ançã

Assistência: cerca de 250 espetadores

Árbitro: Diogo Silva

Assistentes: Luís de Jesus e João Rafael

Ao intervalo: 1-0

 

Pampilhosense:

João Pedro, Galego, Carapau, Renato (Cristiano 87´), Rola (Rabeca 57’), Ronaldo, Will, Miguel Barreto, Flávio Salgado, Ratana e Ricky.

Suplentes não utilizados: Cédric, Magalhães, Seiça e Gravata

Treinador: Carlos Alegre

 

Ançã FC:

Ivo França (André Mora 52´), Luís Jorge, João Dias, Sérgio Marques, Alexandre Coelho (Samuel Oliveira 78’), João Nazaré, João Relvão, João Pinto (Gabriel Veloso 93’), Rui Jorge, Estanqueiro e Rafael Duarte.

Suplentes não utilizados: Rui Ramalho, Samuel Oliveira, João Carlos, Rodrigo e David Batista.

Treinador: Pedro Fonseca

 

Ação disciplinar:

Amarelos: Flávio Salgado 39’, Ronaldo 76’ e Carapau 83´ (Pampilhosense); João Nazaré 36’, Estanqueiro 58’ e João Relvão 85’ (Ançã FC).

 

Golos: Ricky 72’ (Pampilhosense); Sérgio Marques 35’ e 64´ (Ançã FC)

 

Ançã FC - Pampilhosense 6ªJ 30-10-16 2.jpg

 

Boa casa para assistir ao encontro entre duas equipas com bons começos no campeonato. Ançã FC e Pampilhosense queriam manter o caminho dos bons resultados, mas só uma podia vencer!

 

Ançã FC - Pampilhosense 6ªJ 30-10-16 3.jpg

 

A primeira parte foi bem disputada com equilíbrio entre as duas equipas e domínio repartido. Aconteceram algumas situações de perigo junto das duas balizas, mas oportunidades claras de golo apenas uma, e resultou no único golo do primeiro tempo. Mas primeiro o Ançã FC ainda deixou o aviso, aos 35’, num remate cruzado e sem direcção de Nazaré quando estava bem posicionado. E no mesmo minuto, João Pinto desce pelo corredor esquerdo e cruza à medida da cabeça de Sérgio Marques que colocou o conjunto da casa em vantagem no marcador. A equipa serrana tentou responder, mas até ao intervalo o equilíbrio continuou bem patente.

 

Ançã FC - Pampilhosense 6ªJ 30-10-16 4.jpg

 

No segundo tempo a equipa serrana entrou bem, como lhe competia pois estava em desvantagem no marcador. Mas foi o Ançã FC a chegar ao golo, aos 64’, depois de uma recuperação de bola e Estanqueiro a ser decisivo a trabalhar e a oferecer a Sérgio Marques a possibilidade de bisar. O jogador do “ferryaço” não se fez rogado e não desperdiçou a ocasião fazendo o 2-0. A partir daqui a equipa Pampilhosense tomou por completo as rédeas do jogo, enquanto o Ançã FC tentava responder no contragolpe. A superioridade serrana deu frutos aos 72´ na sequência de um pontapé de canto, com Ricky a fugir ao seu opositor e a cabecear para o fundo da baliza de André Mora. Este tento relançou o encontro e deu novo alento à equipa do Pampilhosense. A pressão da equipa visitante sobre o conjunto da casa foi intensa para tentar evitar a primeira derrota da temporada, mas o Ançã FC estava a conseguir aguentar. O maior lance de perigo aconteceu já em período de compensação, aos 94’, com Will a cruzar largo e Galego, completamente soltou ao segundo poste, a rematar sem nexo quando tinha tudo para empatar o encontro.

 

Ançã FC - Pampilhosense 6ªJ 30-10-16 5.jpg

 

Foi um jogo bastante equilibrado com domínio repartido. Depois da vantagem de 2-0 para o Ançã FC a equipa serrana dominou por completo, encostou o adversário às cordas, conseguiu reduzir e esteve muito perto de conseguir um empate que seria inteiramente justo. Tal não aconteceu e pela primeira vez na temporada o Pampilhosense conheceu o sabor da derrota.

 

O trio de arbitragem não teve uma tarde feliz. Cometeu vários erros e a partir de determinada altura perdeu o pulso no encontro.

 

Resultados:

Poiares 1-2 Lousanense

Diogo Gomes (ADP); André Dias e Titi (Lou)

 

Vigor Mocidade 4-1 Vinha da Rainha

Henrique, Valada, João Nunes e Serginho (VM); Tomás (VR)

 

Eirense 0-2 Penelense

Reinaldo e Sulce

 

Febres 0-6 Condeixa

Marco (3), Garcês e Hugo (2)

 

União FC 1-1 Oliv. Hospital

Daniel (UFC); Tiago (OH)

 

Tocha 1-1 Sepins

Nody (Toc); Gil (Sep)

 

Ançã FC 2-1 Pampilhosense

Sérgio Marques (2) (AFC); Ricky (GDP)

 

Sourense 4-0 Pereira

Juntin, Mário Brito, Edu e Marcelo

 

Classificação:

Class DH 6ªJ 30-10-16 min.jpg

 

Próxima Jornada:

Poiares – Vigor Mocidade

Vinha da Rainha – Eirense

Penelense – Febres

Condeixa – União FC

Oliv. Hospital – Tocha

Sepins – Ançã FC

Pampilhosense – Sourense

Lousanense – Pereira

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

VITÓRIA FUGIU NO ULTIMO INSTANTE

por ultraserranos4605, em 21.03.16

PAMPILHOSENSE - ANÇÃ FC

Pampilhosense - Ançã FC 23ªJ DH 20-03-16 1.jpg

 

23ª Jornada da Divisão de Honra da AF Coimbra

Estádio Municipal da Pampilhosa da Serra

Assistência: cerca de 200 espetadores

Arbitro: Gonçalo Ribeiro

Assistentes: Luís Santos e José Oliveira

Ao intervalo: 1-1

 

Pampilhosense:

Folhas, Ricardo Almeida, Carapau, Carlos Lima, Rabeca (Ratana 40m), David Gonçalves, Gravata, Flávio Salgado, Ricky, Valada (David Lopes 71m) e Galego (Tavares 85m).

Suplentes não utilizados: João Pedro, Cristiano, Nuno Batista e Figueiredo

Treinador: Carlos Alegre

 

Ançã FC:

João Malva, Nazaré, João Miguel, Ricardo Costa, Sergio Marques, Gabriel Veloso André Lisboa 85m), Tomas Cordeiro, João Pinto, Valter Silva (Tanaka 70m), Rodrigo Santos e Renato Oliveira.

Suplentes não utilizados: Ricardo Dinis, Rui Silva, Miguel Neves, João Carlos e Nuno Santos

Treinador: Pedro Fonseca

 

Ação disciplinar: Ricky 27m e Ratana 75m (Pampilhosense)

 

Golos: Ratana 45m e Ricky 78m (Pampilhosense); Tomás Cordeiro 17m e Tanaka 93m (Ançã FC).

 

Pampilhosense - Ançã FC 23ªJ DH 20-03-16 2.jpg

 

Ainda só com vitórias em casa na segunda volta do campeonato, o Pampilhosense queria prosseguir esse caminho e somar o terceiro triunfo consecutivo e cimentar a posição na tabela. Já o Ançã FC, em recuperação na tabela, ambicionava os três pontos e aproximar-se do conjunto serrano na tabela.

 

Pampilhosense - Ançã FC 23ªJ DH 20-03-16 3.jpg

 

O Pampilhosense não entrou bem na partida, apesar de ter lhe ter cabido a primeira situação de perigo, aos 12m, quando Galego entrou na grande área com João Malva a tapar bem baliza. E foi sem grande surpresa que, aos 17m, os visitantes chegam a vantagem num lance em que a defensiva da casa facilitou. A assistência foi de Valter Silva que serviu Tomás Cordeiro para este rematar a contar. Só na fase final do primeiro tempo o Pampilhosense consegue equilibrar e, fruto disso, vai chegar ao empate ao cair do pano para o descanso. Aos 45m, num ataque rápido, Galego combinou com Valada que entrou na grande área para oferecer, de bandeja, o golo a Ratana que não desperdiçou.

 

Pampilhosense - Ançã FC 23ªJ DH 20-03-16 4.jpg

 

No segundo tempo assistiu-se a uma partida bastante aberta, em que a equipa serrana surgiu diferente, para melhor, e construiu várias jogadas de perigo para a baliza de João Malva. Logo no seguimento do pontapé de saída Ratana vai surgir na esquerda e oferece o golo a Ricky que, na pequena área, rematou fraco para as mãos de João Malva. Aos 53m foi Valada a surgir pela esquerda a cruzar atrasado para Ratana, na zona de grande penalidade, atirar por cima. O Ançã FC esboça uma reacção, aos 55m, quando Rodrigo Santos cruza da esquerda para João Pinto, bem posicionado no interior da área, rematar por cima. Mas era o Pampilhosense a melhor equipa em campo e, aos 71m, Ratana isola Galego e este remata para uma excelente intervenção de João Malva. A equipa serrana tanto pressionou que acabou por conseguir a cambalhota no marcador, estavam decorridos 78m de jogo. Gravata cobrou o livre, David Gonçalves cabeceou para excedente defesa de João Malva, mas na insistência Gravata volta a cruzar para Carlos Lima ganhar nas alturas e servir Ricky que rematou cruzado com sucesso. O Pampilhosense ainda iria dispor de mais algumas situações de perigo onde poderia ter sentenciado o resultado. Não o conseguiu e Tanaka, aos 80m, fez a primeira ameaça valendo Carlos Lima a salvar sobre a linha. Até que, mesmo sobre o último apito, aos 93m, num cruzamento da direita Tanaka, desta feita, não desperdiça ao saltar mais alto que todos a cabecear para o fundo das redes de Folhas, conseguindo empatar o encontro.

 

Pampilhosense - Ançã FC 23ªJ DH 20-03-16 6.jpg

 

O Pampilhosense não esteve bem no primeiro tempo e permitiu o domínio do adversário que chegou a vantagem com naturalidade. No entanto uma melhoria exibicional dos serranos na parte final iria valer o empate ao intervalo. A segunda parte foi bem diferente, o Pampilhosense dominou por largos períodos e depois de desperdiçar várias oportunidades de golo vai conseguir a cambalhota no marcador. E numa fase adiantada do jogo em que não se esperava que a vitória fugisse, tal não aconteceu isto porque o Ançã FC acreditou e sobre o último apito chegou ao empate.

 

Pampilhosense - Ançã FC 23ªJ DH 20-03-16 7.jpg

 

O trio de arbitragem fez um trabalho regular.

 

Resultados:

Académica OAF B 1-2 Carapinheirense

Azambujo (AG) (AAC OAF B); Seidy (2) (Car)

 

Vigor Mocidade 1-0 Cova Gala

Daniel Oliveira

 

União FC 2-1 Febres

Bruno e Rui Pereira (UFC); Álvaro (Feb)

 

Sourense 3-0 Os Águias

Estanqueiro, André Angelo (AG) e Fachada

 

Eirense 0-0 Penelense

 

Poiares 3-2 Vinha da Rainha

Morsa (2) e Fábio Alves (ADP); Hugo Bernardes e Ricardo Freitas (VR)

 

Condeixa 2-3 Lagares da Beira

Pita e Palmeirão (Con); Batista (2) e Nuno Cunha (LB)

 

Pampilhosense 2-2 Ançã FC

Ratana e Ricky (GDP); Tomás e Tanaka (AFC)

 

Classificação:

Class DH 23ªJ 20-03-16 min.jpg

 

Próxima Jornada:

Cova Gala – Carapinheirense

Febres – Vigor Mocidade

Os Águias – União FC

Penelense – Sourense

Vinha da Rainha – Eirense

Lagares da Beira – Poiares

Ança FC – Condeixa

Pampilhosense – Académica OAF B

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:53

PAMPILHOSENSE CONTINUA SÓ COM VITÓRIAS FORA

por ultraserranos4605, em 16.11.15

ANÇÃ FC - PAMPILHOSENSE

Ançã FC - Pampilhosense 8ªJ DH 14-11-15 1.jpg

 

8ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Complexo Desportivo de Ançã

Assistência: cerca de 100 espetadores

Árbitro: António Henriques

Assistentes: Diogo Santos e Renato Carvalho

Ao intervalo: 0-1

 

Pampilhosense:

João Pedro, Rabeca, Carapau, Carlos Lima, Flávio Salgado, David Gonçalves, Gravata, Figueiredo (Tavares 86m), David Lopes (Galego 66m), Ratana e Ricky.

Suplentes não utilizados: Victória, Nuno Batista, Cristiano e Ivan.

Treinador: Carlos Alegre

 

Ançã FC:

João Malva, João Neves, Ricardo Costa, João Nazaré, Samuel Oliveira, Gabriel Veloso (Nuno Pacheco 73m), Nuno Santos (João Pinto 45m), Kevin Tanaka (Miguel Neves 63m), Renato Oliveira, Sérgio Marques e André Lisboa.

Suplentes não utilizados: Carlos Ferreira, Rui Silva, Lucas Oliveira e Rui Pereira

Treinador: Pedro Fonseca

 

Ação disciplinar:

Amarelos: João Pedro 56m, David Lopes 59m, Carapau 64m, David Gonçalves 75m, Carlos Lima 85m e Gravata 90+3m (Pampilhosense); João Neves 45m e João Pinto 56m (Ançã FC).

 

Golos: Ratana 45+1m (gp) e Figueiredo 67m (Pampilhosense); Miguel Neves 87m (Ançã FC)

 

Ançã FC - Pampilhosense 8ªJ DH 14-11-15 2.jpg

 

À partida para esta ronda as duas equipas estavam separadas por apena dois pontos na tabela, com vantagem para os homens de Ançã. O “ferryaço”, a jogar em casa, não queria perder a oportunidade para cimentar o terceiro posto da geral e quem sabe subir ao segundo, enquanto o Pampilhosense, que fora de casa só conhece o sabor da vitória, queria repetir mais um triunfo e subir na tabela.

 

Ançã FC - Pampilhosense 8ªJ DH 14-11-15 3.jpg

 

A primeira metade não foi muito intensa, mas as duas equipas até proporcionaram um agradável espectáculo aos espectadores presentes. O equilíbrio foi a toada dominante, e só a espaços havia superioridade de uma e outra equipa. Foi por isso que a primeira situação de golo só surgiu perto do final do primeiro tempo, aos 38m, numa rápida jogada de ataque da equipa serrana com Ricky a servir Figueiredo que da direita rematou para um boa intervenção de Malva. Sobre o apito final do primeiro tempo, David Lopes remata e a bola vai de encontro ao braço de um defensor da equipa da casa. Grande penalidade assinalada que Ratana, chamado a converter, não desperdiçou para colocar o Pampilhosense em vantagem.

 

Ançã FC - Pampilhosense 8ªJ DH 14-11-15 4.jpg

 

A segunda metade foi bem mais intensa com o perigo a rondar as duas balizas em diversas ocasiões. A primeira ocasião aconteceu aos 49m e resultou de uma distracção da defensiva serrana e do seu guarda-redes, João Pinto intrometeu-se e quase fez o golo, valeu João Pedro com uma boa defesa a corrigir o erro. O Pampilhosense não se encolheu e ameaçou 63m, Gravata cruzou e Ratana, ao segundo poste solto de marcação, quase bisou no remate de cabeça. A partida estava interessante, com o Ançã FC em busca da igualdade e o Pampilhosense a procura de sentenciar o encontro. E nova ocasião de golo surgiu, aos 65m, para a equipa da casa na sequência de um livre com defesa central do Ançã FC, na pequena área, a rematar ao lado. A resposta do Pampilhosense não tardou e, dois minutos depois, Ratana cruza com mestria e Figueiredo aparece de rompante para finalizar com sucesso, colocando os serranos a vencer por 2-0. A partir daqui o Pampilhosense defendeu a vantagem de dois golos enquanto o Ançã FC, já mais com o coração, tentou reentrar na discussão do resultado. O que acabou por acontecer já na reta final do desafio, aos 87m, numa jogada de insistência, e depois de várias tentativas, Miguel Neves acaba por introduzir a bola na baliza de João Pedro e relançar o encontro para os instantes finais. A acabar, aos 92m, um último remate cruzado da equipa do Ançã FC por Miguel Neves a que João Pedro segurou com segurança garantindo mais uma vitória do Pampilhosense fora de casa.

 

Ançã FC - Pampilhosense 8ªJ DH 14-11-15 5.jpg

 

Assistiu-se a um jogo de grande equilíbrio, com o Pampilhosense a ser mais competente no último terço conseguindo um triunfo que lhe assenta bem. Na primeira parte as situações de perigo escassearam, mesmo assim o Pampilhosense chegou ao golo na última jogada fruto de uma grande penalidade bem assinalada. Na segunda metade surgiram mais ocasiões de golos, para ambos os lados, e o jogo foi ainda mais bem jogado e disputado. O Pampilhosense foi mais competente e com o segundo golo sentenciou o encontro. Já o Ançã FC tentou sempre lutar por um resultado diferente, mas não conseguiu melhor que reduzir já nos instantes finais.

 

O trio de arbitragem, no geral, realizou um bom trabalho.

 

Resultados:

Carapinheirense 1-0 Académica OAF B

Rui Jorge

 

Cova Gala 2-1 Vigor da Mocidade

Patego e Sá (CV); João Carlos (pb) (VM)

 

Febres 1-2 União FC

Luís Rodrigues (Feb); Danilo e Jessi Tatti (UFC)

 

Os Águias 0-4 Sourense

Derick, Mário, Fachada e Lucas

 

Penelense 0-0 Eirense

 

Vinha da Rainha 0-1 Poiares

Xiolas

 

Lagares da Beira 0-2 Condeixa

Diogo Azevedo e Filipe Pita

 

Ançã FC 1-2 Pampilhosense

Miguel Neves (AFC); Ratana e Figueiredo (GDP)

 

Clasificação:

Class DH 8ªJ 14-11-15 1.jpg

 

Próxima Jornada:

Carapinheirense – Cova Gala

Vigor Mocidade – Febres

União FC – Os Águias

Sourense – Penelense

Eirense – Vinha da Rainha

Poiares – Lagares da Beira

Condeixa – Ançã FC

Académica OAF B – Pampilhosense

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:22

PAMPILHOSENSE SEM CHAMA

por ultraserranos4605, em 30.03.15

PAMPILHOSENSE - ANÇA FC

Pampilhosense - Ançã FC 24ªJ DH 29-03-15 1.jpg

 

24ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra

Assistência: cerca de 250 espectadores

Árbitro: João Calado

Assistentes: Célia Gonçalves e João Veiga

Ao intervalo: 0-1

 

Pampilhosense:

João Pedro, Rabeca (Cristiano 67m), Carapau, Carlos Lima, João Palheira, David Gonçalves (Rafa 20m), Gravata, Figueiredo, Flávio Salgado, Galego e Ramalho.

Suplentes não utilizados: Vitoria, nuno Batista, Joel Silva e Tavares

Treinador: Carlos Alegre

 

Ançã FC:

Marco Santos, Nazaré, João Miguel, João Catarino, Sérgio Marques, Gabriel Veloso, Luís André, David Batista, Nito (David Lopes 75m), Jessi Tatti (Agostinho 92m) e Tavares.

Suplentes não utilizados: Carlos Ferreira, Miguel Neves e João Carlos

Treinador: Paulo Taraio

 

Acção disciplinar:

Amarelos: Rafa 77m e Gravata 87m (Pampilhosense); João Miguel 60m, Nazaré 72m e Tavares 94m (Ançã FC)

Vermelho directo: Sérgio Marques 40m (Ançã FC)

 

Golos: Jessi Tatti 16m

 

Pampilhosense - Ançã FC 24ªJ DH 29-03-15 2.jpg

 

O Pampilhosense recebia o Ançã FC naquele que seria o ultimo jogo de nove disputados na condição de visitado e o sexto no Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra. E tranquilamente na tabela, os serranos queriam cimentar a posição perante um Ançã FC que queria somar o segundo triunfo consecutivo para relançar a equipa com resultados e classificação mais condizentes com o seu valor.

 

Pampilhosense - Ançã FC 24ªJ DH 29-03-15 3.jpg

 

E foram os visitantes que dominaram todo o primeiro tempo e até podiam ter construído um triunfo mais tranquilo, tal foi a passividade e falta de ideias do Pampilhosense que não conseguiu impor o seu futebol. Aos 13m Nito cruzou da direita e Tavares, a entrada da pequena área, rematou ao lado quando tinha tudo para fazer o golo. Mas o golo surgiu pouco depois, aos 16m, com Jessi tatti a trabalhar bem na direita e a rematar colocado, sobre a linha da grande área, para o primeiro golo da tarde. A equipa da casa não esboçou qualquer tipo de reacção e foi o Ançã FC que manteve a mesma dinâmica no ataque e criou alguns lances de perigo para a baliza de João Pedro. E só a partir dos 40m, depois da expulsão de Sérgio Marques por derrube a Ramalho que deixou o Ançã FC a jogar com 10, o Pampilhosense começou a ter alguma iniciativa no jogo o que deixava boas perspectivas para a segunda parte.

 

Pampilhosense - Ançã FC 24ªJ DH 29-03-15 5.jpg

 

No segundo tempo, e com mais uma unidade, a equipa serrana dominou em termos de posse de bola, mas faltaram as ideias para furar a organização da equipa do Ançã FC que tapou todos os caminhos para a sua baliza. O conjunto da casa bem carregou sobre o adversário mas mais com o coração do que com cabeça e não conseguiu construir claras situações para chegar ao empate. Já a equipa do Ançã FC nunca se desmontou e bem organizada defensivamente tentou explorar a velocidade dos homens da frente para sair em rápidas transições para o ataque para criar perigo. Só sobre os 90m que o Pampilhosense constrói uma jogada digna desse nome, com Galego a cruzar da direita para Figueiredo rematar com muito perigo para a baliza de Marco Santos.

 

Pampilhosense - Ançã FC 24ªJ DH 29-03-15 6.jpg

 

A equipa do Pampilhosense nunca conseguiu colocar no terreno de jogo a velocidade e técnica que possui acabando por ser uma presa fácil para o conjunto forasteiro que, mesmo com 10 unidades desde os 40m, venceu de forma categórica.

 

Pampilhosense - Ançã FC 24ªJ DH 29-03-15 7.jpg

 

Quanto ao trabalho da equipa de arbitragem tem no lance que resultou a expulsão do jogador do Ançã FC a maior divida. Primeira dúvida: foi ou não falta; a segunda duvida: a ser falta foi no interior da grande área e consequente grande penalidade; terceira dúvida: expulsão ou não do jogador visitante. Muitas dúvidas num único lance, mas que não mancha o trabalho global da equipa que não interfere quanto a justiça do vencedor.

 

Resultados:

Académica OAF B 3-1 Touring

Rosas, Teles e Zé dias (AAC OAF B); João Pedro (Tou)

 

Académica SF 2-1 Febres

Garcês e Seixas (AAC SF); Miguel Luz (Feb)

 

Pampilhosense 0-1 Ançã FC

Jessi Tatti

 

Condeixa 1-1 Eirense

Reizinger (Con); e Estanqueiro (UCE)

 

Cova Gala 2-0 Atl. Arganil

João Vasco (2)

 

União FC 5-0 Carapinheirense

Faca, Ruben, Willy, Pimpão e Joel

 

Lagares da Beira 1-3 Penelense

Pedro Batista (LB); Zeca, Yannick e Sulce (Pen)

 

Tocha – Vigor Mocidade (adiado)

 

Classificação:

Class 24ªJ DH 29-03-15.jpg

 

Próxima Jornada:

Condeixa – Cova Gala

Atl. Arganil – Tocha

Vigor Mocidade – Académica OAF B

Touring – União FC

Carapinheirense – Académica SF

Febres – Lagares da Beira

Penelense – Pampilhosense

Ançã FC – Eirense

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:51

DIVISÃO DE PONTOS NUMA GRANDE PARTIDA

por ultraserranos4605, em 01.12.14

ANÇÃ FC - PAMPILHOSENSE

Ançã FC - Pampilhosense 9ªJ DH 30-11-14 1.jpg

 

9ª Jornada da Divisão de Honra da AF Coimbra

Complexo Desportivo de Ançã

Assistência: cerca de 150 espetadores

Árbitro: Duarte Santos

Assistentes: José Laranjeira e Paulo Santos

Ao intervalo: 1-0

 

Pampilhosense:

João Pedro, Rabeca (David Simões 77m), Carapau, Carlos Lima, João Palheira, Cristiano (Galego 45m), Tavares, David Gonçalves, Rafa, Figueiredo e Ramalho.

Suplentes não utilizados: Victória, Nuno Batista e Ruben Gravata.

Treinador: Carlos Alegre

 

Ançã FC:

Marco Santos, André Santos, Alex Miranda, Abi, Yuri Semedo, Luís André, David Batista, Sérgio Marques (Willy 85m), David Lopes (Gabriel Veloso 71m), Jeecy Tatti (Tiago Tavares 45m) e Nazaré.

Suplentes não utilizados: Carlos Ferreira, Luis Malva, Joao Pinto e Rodrigo.

Treinador: Paulo Taraio

 

Ação disciplinar:

Amarelos: João Pedro (15m), Cristiano (22m), Carlos Lima (34m), João Palheira (71m), Tavares (73m), Ramalho (81m), Carapau (90m) e David Simões (90m+3m) (Pampilhosense); Luis André (37m), André Santos (61m e 82m), David Batista (87m), Abi (90m e 90m+3m).

Vermelhos: André Santos (82m p.a.) e Abi (90m+3m p.a.)

 

Golos: Galego 55m e 78m (Pampilhosense); Jeecy Tatti 34m (gp) e Tiago Tavares 59m (Ançã FC).

 

Ançã FC - Pampilhosense 9ªJ DH 30-11-14 2.jpg

 

Em Ançã o Pampilhosense procurava regressar aos triunfos depois de duas jornadas sem vencer. Mas para tal teria de ultrapassar um Ançã FC que também queria regressar as vitórias depois de quatro jornadas sem o conseguir. Um bom jogo de futebol era o que se esperava, e as espectativas não saíram goradas.

 

Ançã FC - Pampilhosense 9ªJ DH 30-11-14 3.jpg

 

A primeira parte até foi bastante morna. O Pampilhosense deu a iniciativa de jogo a equipa da casa, que tentou construir jogadas de ataque que permitissem alcançar a baliza de João Pedro, mas sem sucesso. Já o Pampilhosense tentava através de rápidas transições para o ataque, ou lances de bola parada, assustar o guardião Marco Santos, mas também sem grande sucesso. No primeiro tempo aconteceram apenas duas excepções a esta monotonia, uma para cada lado. Primeiro para o Pampilhosense, aos 21m, com Figueiredo a cobrar um livre com David Gonçalves e Ramalho a chegarem atrasados para a emenda. Depois foi o Ançã FC, aos 34m, que beneficia de uma grande penalidade, muito duvidosa pois o avançado do “ferryaço” já tinha rematado por cima do travessão, e Jeecy Tatti chamado a converter não desperdiçou e colocou o conjunto da casa em vantagem.

 

Ançã FC - Pampilhosense 9ªJ DH 30-11-14 4.jpg

 

A segunda parte foi bem diferente da primeira. Assistiu-se a um jogo bem mais emotivo, disputado e bem jogado, de constante parada e resposta. A segunda parte abriu com a possibilidade do Ançã FC fazer o 2-0, quando Tiago Tavares fugiu a defensiva pampilhosense e rematou ao lado. O Pampilhosense respondeu na jogada imediata com Galego a cruzar para Ramalho falhar a emenda a boca da baliza de Marco Santos. A turma de Pampilhosa da Serra continuou na tentativa de chegar a igualdade, o que aconteceu aos 55m por intermédio de Galego que, de angulo reduzido, fez um chapéu a Marco Santos. O jogo estava emotivo, o perigo rondava constantemente as duas balizas, a intensidade era grande e os golos voltaram a aparecer. O conjunto do “ferryaço” respondeu a igualdade conseguida pelos serranos e, aos 59m, Tiago Tavares aproveita um erro da defensiva pampilhosense para voltar a colocar o Ançã FC na frente do marcador ao fazer o 2-1. E o Ançã FC podia ter ampliado a vantagem aos 63m, depois de Tavares ter feito falta no interior da grande área pampilhosense e a grande penalidade assinalada, mas João Pedro efectuou uma excelente defesa a remate de Luís André e manteve o Pampilhosense ligado ao jogo. A equipa serrana voltou a descer até a grande área adversária, aos 67m, e ameaçou a igualdade com Galego a cruzar para Ramalho rematar ao poste da baliza de Marco Santos. O merecido empate acabou mesmo por surgir a passagem do minuto 78, por intermédio de Galego que bisou ao marcar de cabeça na sequência de um pontapé de canto. O Pampilhosense tentou consumar a cambalhota no marcador mas foi o Ançã FC que, aos 85m e numa fase em que já jogava com 10 elementos depois da expulsão de André Santos com duplo amarelo aos 82m, esteve perto de marcar num remate no interior da área serrana a que João Pedro respondeu com uma excelente defesa. Os visitantes voltaram a criar algum perigo e Carlos Lima teve duas ocasiões para bater Marco Santos e garantir a vitória mas faltou discernimento ao jogador serrano. O jogo acabou com um empate justo.

 

Ançã FC - Pampilhosense 9ªJ DH 30-11-14 5.jpg

 

Depois de uma primeira metade morna, em que o Ançã FC chegou a vantagem através de uma grande penalidade, a emoção surgiu no segundo tempo. Foi na fase complementar que o espectáculo melhorou e os espectadores deram por bem empregue o dinheiro do seu bilhete. Assistiu-se a um jogo de constante parada e resposta, em que a vitória podia ter pendido para qualquer um dos lados. O que não aconteceu ficando bem a divisão de pontos para as duas equipas.

 

Ançã FC - Pampilhosense 9ªJ DH 30-11-14 6.jpg

 

Num jogo com muitos cartões, mas sem que os jogadores tenham sido demasiado agressivos, apenas nota para a grande penalidade que deu vantagem a equipa da casa, um lance em que o avançado do Ançã FC já tinha executado o remate e a bola até já teria transposto a linha final acontecendo só depois o choque do jogador pampilhosense.

 

Resultados:

Atl. Arganil 0-3 Cova Gala

Pedro (2) e Amorim

 

Vigor Mocidade 3-0 Tocha

João André (2) e Mário Brito

 

Touring 0-1 Académica OAF B

Rosas

 

Carapinheirense 1-1 União FC

Rui Jorge (Car); Pedro Pimpão (UFC)

 

Febres 2-2 Académica SF

Chano (2) (Feb); Pedro Alves e Dany Marques (AAC SF)

 

Penelense 2-0 Lagares da Beira

Samuel Garrido e Fábio Gomes

 

Ançã FC 2-2 Pampilhosense

Jeecy Tatti e Tiago Tavares (AFC); Galego (2) (GDP)

 

Condeixa 0-0 Eirense

 

Classificação:

class DH )ªJ 30-11-14.jpg

 

Próxima Jornada:

Eirense – Ançã FC

Pampilhosense – Penelense

Cova Gala – Condeixa

Tocha – Atl. Arganil

Académica OAF B – Vigor Mocidade

União FC – Touring

Académica SF – Carapinheirense

Lagares da Beira – Febres

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:04

SERRANOS QUANDO DESPERTARAM JÁ NÃO FORAM A TEMPO

por ultraserranos4605, em 24.02.14

ANÇÃ FC - PAMPILHOSENSE

 

20ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra

Complexo Desportivo de Ançã

Assistência: cerca de 200 espetadores

Árbitro: Gonçalo Ribeiro

Assistentes: Luís Santos e Rodrigo Pais

Ao intervalo: 3-0

 

Pampilhosense:

João Pedro, Tavares (Cristiano 85m), Carapau, João Palheira, Samuel Almeida (Marco Alegre 57m), David Gonçalves, Gravata, Garfo (Rabeca 76m), Figueiredo, Flávio Salgado e Jocy.

Suplentes não utilizados: Isidro, Diogo Carvalho e Pedro Barata.

Treinador: Carlos Alegre

 

Ançã FC:

Marco Santos, Nazaré, Ricardo Costa, Abi Djú, André Santos, Luís André, Sérgio Marques (Gabriel Veloso 63m), Rui Jorge, Valter Silva, João Pinto (Agostinho, 63m), Reinaldo (Rodrigo Santos 83m)

Suplentes não utilizados: Vítor Martins, Bruno Silva, Filipe Cardetas e Frederico.

Treinador: Paulo Taraio

 

Disciplina: Amarelos a Flávio Salgado (Pampilhosense); Sérgio Marques (25m), Luís André (29 e 93m) e Marco Santos (92m) (Ançã FC).

 

Golos: Garfo (57m) e David Gonçalves (59m) (Pampilhosense); Reinaldo (18m) auto-golo Tavares (23m) e Sérgio Marques (24m) (Ançã FC).

 

 

Separadas por apenas um ponto na tabela, Ançã FC e Pampilhosense prometiam um jogo aberto procurando manter as boas prestações das últimas jornadas. A tarde estava agradável e as condições estavam todas reunidas para uma entretida partida de futebol.

 

 

 A equipa da casa entrou melhor, no primeiro quarto de hora jogou sobre o meio campo pampilhosense e deu trabalho ao setor defensivo serrano. E foi numa fase em que o Pampilhosense parecia começar a equilibrar as ações de jogo, que os da casa chegaram a vantagem. Reinaldo fugiu à defensiva da casa e fez o primeiro golo da tarde. A equipa do Pampilhosense acusou o golo e o Ançã FC aproveitou para, no espaço de um minuto, resolver, aparentemente, a questão. Aos 23m livre cobrado da direita por André Santos e Tavares, de forma infeliz, introduz a bola na sua própria baliza. No minuto seguinte André Santos faz uma incursão pela esquerda e cruza para Sérgio Marques fazer o 3-0 no coração da grande área visitante. Em seis minutos o “ferryaço” alcançada uma vantagem confortável no marcador, sem que o Pampilhosense esboça-se qualquer reação. Só aos 28m a equipa serrana consegue criar perigo, naquela que foi a sua melhor ocasião para chegar ao golo no primeiro tempo. Figueiredo fez o chapéu que só não resultou em golo porque Abi anulou a intenção sobre a linha de golo. E aos 40m Gravata rematou de fora da área mas Marco Santos respondeu com uma defesa atenta. O intervalo chegou e a equipa da casa vencia por 3-0!

 

 

A segunda parte bem se pode dizer que foi impropria para cardíacos. O Pampilhosense regressou com outra cara e aos 57m reduz por intermédio de Grafo que, de fora da área, desferiu um colocado remate obtendo o golo mais bonito da tarde. Os de Pampilhosa da Serra acreditaram, um querer que ficou reforçado dois minutos depois com David Gonçalves a reduzir para 3-2. Na sequência de um pontapé de canto João Palheira ganhou nas alturas e serviu David Gonçalves que de cabeça fez o golo. A partir daqui assistiu-se a um jogo de parada e resposta. A equipa do concelho de Cantanhede reagiu e, aos 60m, João Pedro é obrigado a executar duas grandes intervenções na mesma jogada, a remates na pequena área e de fora da área. O Pampilhosense voltou a descer e Marco Alegre cruza para Jocy chegar ligeiramente atraso para a emenda a boca da baliza, estavam decorridos 64m. A partir daqui a equipa do Pampilhosense arriscou tudo no ataque, com isso desguarneceu o seu setor defensivo, permitindo aos “verdes e brancos” lançarem perigosos contra-ataques. Mas o guardião João Pedro respondeu sempre a altura, mantendo a sua equipa ligada a discussão do resultado com excelente intervenções, principalmente nos remates de Agostinho, Rui Jorge e Reinaldo. O Pampilhosense respondeu de livre com Flávio Salgado testar a atenção do guardião Marco Santos. Até que aos 87m acontece o caso do jogo. Um pontapé de canto apontado de forma rápida e João Palheira cruza quase sobre a linha final, David Gonçalves surge solto a fazer o golo que empataria o desafio, mas o árbitro auxiliar entende que o capitão pampilhosense estava em posição irregular! Até final a equipa pampilhosense ainda tentou outro resultado, mas inutilmente. Referencia apenas para Luís André expulso com o segundo cartão amarelo no último minuto de compensação.

 

 

O Pampilhosense entrou mal e em seis minutos apenas sofreu três golos. As coisas foram retificadas para o segundo tempo e a reação aconteceu com dois golos repentinos que ainda fizeram acreditar noutro resultado. Assim não aconteceu e o Pampilhosense, perante uma equipa que joga bom futebol, quebrou a série de cinco triunfos consecutivos.

 

O trio de arbitragem fez um trabalho bastante satisfatório. A exceção é o golo anulado ao Pampilhosense que daria o empate a três bolas, num cruzamento que parte quase em cima da linha final e que é concluído com sucesso, mas de forma irregular no entendimento do árbitro assistente. Quanto a nós sem motivos.

 

Resultados:

Brasfemes 1-3 União FC

Guimarães (Bra); Rui Pereira (2) e André (UFC)

 

Poiares 0-2 Touring

Marquito e Brien

 

Atl. Arganil 0-3 Oliv. Hospital

Cané, Herman e Lucas

 

Ançã FC 3-2 Pampilhosense

Reinado, Tavares (ag) e Sérgio Marques (AFC); Garfo e David Gonçalves (GDP)

 

Lagares da Beira 2-2 Vigor da Mocidade

Tibi e Quim Santos (LB); Marito e Relvão (VM)

 

Académica SF 1-1 Febres

Alex Tarquini (AAC SF); Nuno Duarte (Feb)

 

Tocha 2-1 Eirense

Gonçalo e Azambujo (Toc): Iuri (UCE)

 

Penelense 4-0 Góis

Chano (4)

 

Classificação:

 

Próxima Jornada:

Góis – Brasfemes

União C – Poiares

Touring – Atl. Arganil

Oliv. Hospital – Ançã FC

Pampilhosense – Lagares da Beira

Vigor da Mocidade – Académica SF

Febres – Tocha

Eirense – Penelense

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:50


. ............ . . .

.


LIGAÇÕES - PLANTEL 18/19 E VIDEOS

.

.