Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mostra a Tua Alma Serrana!


REVIRAVOLTA PARA PRÓXIMA ELIMINATÓRIA

por ultraserranos4605, em 24.12.18

PAMPILHOSENSE - MARIALVAS

Pampilhosense - Marialvas II Eliminatória Taça A

 


II eliminatória Taça AF Coimbra
Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra
Assistência: cerca de 150 espetadores
Árbitro: Diogo Santos
Auxiliares: Ivo Silva e Fernando Gouveia
Ao intervalo: 0-1

 

Pampilhosense:
Kiko, Seco, Renato, Cristiano, Amândio, Rafa, Ronaldo, Will (Abel 68’), Miguel Barreto (Simão 58’), Ricky e Dias (Kiko Dias 90’).
Suplentes não utilizados: Cédric, Rola, Rui Velho e Luís Ramos
Treinador: Carlos Alegre

 

Marialvas:
Neto, Gaby, Xavier, Jesus, João Mário, Beny (Rodrigo Tomé70’), Bita, Carlitos, Ivo, Diogo (Didi 84’) e Xano (Levezinho 76’).
Suplentes não utilizados: Rodrigo Cruz, João Maria, Rochinha e Arlindo.
Treinador: Luís Augusto

 

Ação disciplinar:
Amarelos: Ricky 88’ (Pampilhosense); Carlitos 53’, Ivo 64’ e Bita 79’ (Marialvas)

 

Golos: Dias 52’ e 81’ e Ronaldo 92’ (Pampilhosense); Carlitos 45’ (Marialvas)

Pampilhosense - Marialvas II Eliminatória Taça A

 

No ultimo desafio de 2018 Pampilhosense e Marialvas voltavam a se encontrar nesta temporada, desta feita a contar para a Taça, depois de um nulo para o campeonato. Os serranos querem ir longe nesta prova que tem final na sua casa, enquanto os homens de Cantanhede também ambicionavam seguir em frente e continuar nos bons resultados.

Pampilhosense - Marialvas II Eliminatória Taça A

 

A equipa serrana começou melhor, a ter mais iniciativa, também por estratégia do adversário, e deu o primeiro sinal aos 16’, através de um remate da meia distância de Miguel Barreto que levou perigo à baliza de Neto. Mas foi pouco depois, aos 19’, que surgiu a melhor ocasião para o Pampilhosense, depois de Amândio servir atrasado Dias e este rematar à entrada da pequena área, a bola ainda sobrou para Ricky que, à boca da baliza ao segundo poste, atirou para defesa de Neto. Perto do final do primeiro tempo a equipa de Cantanhede aventurou-se no ataque e saiu em transição rápida através de Ivo que, ao ultrapassar Kiko, é derrubado em falta, sendo assinalada grande penalidade. Carlitos foi chamado a converter o castigo máximo que Kiko ainda defendeu, mas na recarga o médio do Marialvas não perdoou e colocou a sua equipa a vencer.

Pampilhosense - Marialvas II Eliminatória Taça A

 

Na segunda metade o Pampilhosense tinha que correr atrás do prejuízo e desde cedo demonstrou que queria alterar o rumo dos acontecimentos. Logo aos 52’, na sequencia de um canto, Dias fugiu à marcação e, de cabeça, restabeleceu o empate. O golo animou ainda mais as hostes serranas que, aos 61’, quase fizeram a cambalhota no marcador com Will, completamento sozinho à entrada da pequena área, a rematar ao poste da baliza do Marialvas. Mas a equipa de Cantanhede, aos 64’, causa um enorme calafrio aos serranos, depois de Renato medir mal o passe atraso para Kiko e Ivo a intrometer-se na jogada para se isolar, no entanto avançado do Marialvas tenta “cavar” um pontapé de penalti e a oportunidade perdeu-se. A equipa serrana tentava consumar a cambalhota no marcador mas seria novamente o Marialvas a dispor de uma boa ocasião quando, aos 75’, na marcação de um canto, Bita surgiu ao segundo poste, beneficiando de um desvio ao primeiro, a rematar à “queima” para uma excelente defesa de Kiko. Mas o Pampilhosense iria mesmo saltar para a frente do marcador, aos 81’ Ronaldo lançou Abel que se desfez, de forma excecional, de um opositor e serviu Dias para carimbar a cambalhota no marcador. Em vantagem a equipa serrana tentou segurar o triunfo, mas antes não se livrou de um enorme calafrio, quando Didi se desmarcou pela esquerda e surgiu sozinho a rematar, Kiko voltou a dizer “presente” e segurou a vantagem da sua equipa. Vantagem essa que foi dilatada logo na jogada imediata com Ronaldo, sobre a linha de meio campo, a fazer de chapéu um golo de bandeira. Um golo que fecha da melhor forma o ano de 2018.

Pampilhosense - Marialvas II Eliminatória Taça A

 

A equipa do Pampilhosense fez por merecer o triunfo, de uma forma em geral foi melhor, mas o Marialvas foi osso duro de roer e, mais uma vez, demonstrou o porque de estar a realizar um bom campeonato. Os serranos seguem em frente na prova e na próxima eliminatória vão receber a Académica SF.

 

Arbitragem regular.

 

Resultados:
Vinha da Rainha 0-2 Condeixa
Vigor 2-0 Tocha
Arganil 4-1 Lousanense
Pampilhosense 3-1 Marialvas
União 0-0 (4-2 gp) Brasfemes
Eirense 2-0 Tourizense
Cova Gala 2-0 Mirandense
Poiares 0-1 Ancã FC
Sepins 2-3 Febres
Académica SF 5-1 Ribeirense
Moinhos 0-1 União 1919
Carapinheirense 5-0 Arouce Praia
Naval 1893 3-1 (ap) Aguias
Sourense 4-0 Esperança
Mocidade FC 1-1 Lagares da Beira
Góis 1-2 Penelense

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:50



. ............ . . .

.


LIGAÇÕES - PLANTEL 18/19 E VIDEOS

.

.