Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mostra a Tua Alma Serrana!


PAMPILHOSENSE MERECIA OUTRO DESFECHO!

por ultraserranos4605, em 21.05.22

VIGOR MOCIDADE - PAMPILHOSENSE

Vigor Mocidade - Pampilhosense 16ªJ AP DH 20-05-2

16ª Jornada de Apuramento de Campeão da Divisão de Honra

Complexo Desportivo de Vigor Mocidade

Assistência: cerca de 100 espetadores

Árbitro: Pedro Tomás

Assistentes: Tomás Almeida e João Ferreira

Ao intervalo: 0-0

 

Pampilhosense:

Kiko, Seco, Ricardo Santiago, Miguel Rocha, Ladeira, Koné, Bruno Santos, Flávio Salgado (Dani Cueto 71’), João Luz (Luís Silva 87’), Erick Gabriel e Curvelo (Rica 71’).

Suplentes não utilizados: Tibúrcio, Cristiano, Frédéric Tang e Igor Gouvea.

Treinador: Carlos Alegre

 

Vigor Mocidade:

Manu, JP, Rui Daniel, João David, Amândio, Luís Bornes (Bigote 88´), Hugo Amado, Eric (Martim 74’), Dani Pinto, Fachada e Jessi (Luís Borges 63’).

Suplentes não utilizados: Pedro Correia, Tomas Cruz, Telmo Ceveira e Wilson

Treinador: Paulo Machado

 

Ação Disciplinar

Amarelos:

Ladeira 38’ e Ricardo Santiago 80’ (Pampilhosense); Manu 84’, Dani Pinto 89’ e Amândio 903’ (Vigor Mocidade)

 

Golos: Dani Pinto 59’

Vigor Mocidade - Pampilhosense 16ªJ AP DH 20-05-2

Em jogo antecipado para sexta-feira à noite, o Pampilhosense deslocou-se ao reduto do líder do campeonato com o intuito de somar o terceiro triunfo consecutivo. Já o Vigor Mocidade, a jogar perante o seu publico, queria evitar surpresas e aproveitar o confronto entre os seus diretos opositores para cimentar a liderança.

Vigor Mocidade - Pampilhosense 16ªJ AP DH 20-05-2

A formação da casa até viu um golo ser-lhe anulado nos instantes iniciais, por fora de jogo, mas foi o Pampilhosense a equipa mais perigosa ao longo de todo o primeiro tempo. A equipa serrana apresentou-se bem organizada em todos os momentos do jogo, ficando claro que estava ali para discutir os três pontos. Erick Gabriel foi uma seta constante apontada à baliza adversária e, pelo menos em duas ocasiões, esteve muito perto de adiantar o Pampilhosense no marcador. A primeira aos 22’, na sequência de um pontapé de canto, Erick Gabiel finalizou de cabeça, mas, quando já se festejava o golo, surge Amândio quase do “nada” para fazer o impossível e manter o nulo no marcador. Pouco depois, aos 28’ em jogada idêntica, Erick Gabriel aparece ao segundo poste a cabecear para a baliza, mas desta feita foi João David e tirar sobre a linha! O Pampilhosense estava melhor, defendia de forma compacta fechando os espaços para o adversário criar perigo e, quando partia para o ataque, colocava em sentido a defensiva da casa. No entanto o intervalo chegou com tudo igual, um resultado a saber a pouco ao Pampilhosense!

Vigor Mocidade - Pampilhosense 16ªJ AP DH 20-05-2

Na segunda metade o Vigor Mocidade alterou as posições no seu xadrez e, num momento de inspiração aos 59’, Dani Pinto desfere um remate colocado de fora da grande área, bate Kiko e coloca o Vigor Mocidade na frente do marcador. A equipa serrana tentou responder, mas a os da casa colocaram “gelo no jogo” de forma a segurar estes importantes três pontos. Fachada ainda teve na cabeça a possibilidade de fechar de vez o jogo, o desvio ao primeiro poste saiu por cima! Na parte final do encontro o Pampilhosense arriscou mais. Num pontapé de canto Koné assistiu, de cabeça, para golo, mas não surgiu ninguém para a emenda! Já sobre o apito final Rica rematou com selo de golo, mas Manu respondeu com uma enorme intervenção e deixou o Vigor Mocidade mais perto do título de campeão!

 

Num jogo bem disputado, rico em termos técnicos e táticos, o Pampilhosense saiu de Fala de cabeça erguida, mas de mãos a abanar! Na primeira metade a equipa serrana foi mais esclarecida, mas faltou marcar numa das várias oportunidades que dispôs e que, ao ficar na frente do marcador, certamente alteraria o rumo do encontro. Na segunda metade o Vigor Mocidade conseguiu marcar num momento de inspiração de Dani Pinto e, nos instantes finais, contou com mais um momento de inspiração, desta feita de Manu, para segurar os três importantes pontos!

 

Arbitragem regular.

 

Resultados:

Vigor Mocidade 1-0 Pampilhosense

Dani Pinto

 

União FC 2-0 Tocha

Nuno e André

 

Lagares da Beira 1-3 Tourizense SAD

João Vítor (LAB); Louro, John e Saman (GDT)

 

Penelense 3-2 Ançã FC

Pita (3) (Pen); Hugo Oliveira (2) (AFC)

 

OS Marialvas 2-2 Carapinheirense

Freire e AG (Mar); AG e Fatia (CDC)

 

Classificação:

Class 16ªJ DH AP 20-05-2022.jpg

 

Próxima Jornada:

Ançã FC – União FC

Carapinheirense – Vigor Mocidade

Tourizense SAD – Tocha

Lagares da Beira – Os Marialvas

Pampilhosense – Penelense

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:23



. ............ . . .

.