Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mostra a Tua Alma Serrana!


FUTSAL - NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS

por ultraserranos4605, em 28.01.19

PRODEMA - PAMPILHOSENSE

Prodema - Pampilhosense 17ªJ DH futsal 26-01-18 1

 

17ª Jornada da Divisão de Honra Futsal AF Coimbra
Pavilhão Gimnodesportivo do Prodema em Marvão
Ao intervalo: 0-2

Pampilhosense:
Ferreira, Tiago Coelho, Rabeca, Diogo Tomás e Miranda
Jogaram ainda: Alberto, Cláudio Leão Deco e Filipe Mateus.
Treinador: Nuno Pestana

Golos: Diogo Tomás 5’, 12’ e 35’ (Pampilhosense); 31’ (Prodema)

 

Numa das deslocações mais longas do campeonato, a Marvão – junto ao distrito de Aveiro, o Pampilhosense queria somar a terceira vitória seguida para cimentar os seus objetivos e tentar subir na tabela. Já o conjunto do Prodema contava com apoio do seu publico para tentar surpreender os serranos.

Prodema - Pampilhosense 17ªJ DH futsal 26-01-18 2

 

O Pampilhosense cumpriu o que se pedia e não facilitou perante a equipa do Prodema. Com uma boa primeira metade, o triunfo começou a ser desenhado ainda nesse período com Diogo Tomás a apontar dois golos, aos 5’ e 12’, colocando os serranos a vencerem por 2-0 ao intervalo.

 

Na segunda metade a equipa do Pampilhosense tentou gerir a vantagem, mas os da casa reduziram aos 31’, colocando alguma incerteza no resultado. No entanto a resposta pampilhosense não tardou e Diogo Tomás, em noite endiabrada, marcou pela terceira vez, aos 35’, e garantiu o terceiro triunfo consecutivo do Pampilhosense.

 

Com o Pampilhosense a atravessar uma boa fase, este triunfo deixa a equipa na quarta posição da tabela e bem encaminhada para alcançar os objetivos traçados.

 

Resultados:
São João Sub23 3-2 Domus Nostra
Norte e Soure 3-1 S. Martinho Cortiça
Ançã FC 2-2 Lavos
Santa Clara 8-4 Miro
CP Miranda Corvo 7-2 U. Chelo
Prodema 1-3 Pampilhosense

 

Classificação:

Class 17ªJ DH Futsal 26-01-19.jpg

 

Próxima Jornada:
Lavos – São João23
S. Martinho Cortiça – Ançã FC
Domus Nostra – Santa Clara
Miro – SP Miranda Corvo
U. Chelo – Prodema
Pampilhosense – Ac. Gândaras

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

O SUFICIENTE PARA SEGUIR EM FRENTE

por ultraserranos4605, em 21.01.19

PAMPILHOSENSE - ACADÉMICA SF

Pampilhosense - Académica SF Oitavos final Taça

 

Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra
Oitavo de final da Taça AFC
Assistência: cerca de 120 espetadores
Árbitro: José Oliveira
Auxiliares: Gonçalo Ribeiro e José Castanheira
Ao intervalo: 0-0

 

Pampilhosense:
Cédric, Abel, Renato, Kiko Dias, Flávio Salgado, Rafa, Will, Ricky, Amândio (Miguel Barreto 62’), Simão (Rui Velho 80’) e Dias (Rola 91’).
Suplentes não utilizados: Kiko, Seco, Cristiano e Luís Ramos
Treinador: Carlos Alegre

 

Académica SF:
Pedro Dias, Tomás, José Andrade, Alex Moreira, Leão, Leandro Souza, Cheik, Hugo (Pacheco 58’), Dionysis, C. Vasco (Rosas 45’), Lousado (André 81’).
Suplentes não utilizados: Xico, Francisco, Louro e Xavi.
Treinador: Luís Valada

 

Ação disciplinar:
Amarelos: Renato 43’

 

Golos: Kiko Dias 74’ (P)

Pampilhosense - Académica SF Oitavos final Taça

 

Este, para a Taça AFC, era o primeiro de dois confrontos entre Pampilhosense e Académica SF no espaço de duas semanas. Os serranos, em ano que a final se disputa em Pampilhosa da Serra, queriam seguir em frente na prova, mas do outro lado estava um conjunto estudantil que vinha disposto a surpreender.

Pampilhosense - Académica SF Oitavos final Taça

 

A primeira metade reuniu poucos motivos de interesse. Mas o Pampilhosense até entrou bem, dando um claro sinal de que queria resolver as coisas cedo quando, aos 4’, Flávio Salgado cruzou da esquerda e Simão surgiu a rematar, com perigo, por cima do travessão. Mas a vontade pampilhosense ficou-se pelo primeiro quarto de hora, depois não mais o conjunto de Pampilhosa da Serra criou perigo junto da baliza da Académica SF e a exibição ficou algo cinzenta. O jogo corria de feição aos estudantes e, aos 34’, numa jogada de insistência depois de um canto, Lousado surge em boa posição para marcar, mas Cédric mostrou atenção com uma boa defesa. Ao intervalo o nulo espelhava bem o que tinha acontecido dento do retângulo de jogo.

Pampilhosense - Académica SF Oitavos final Taça

 

Na segunda metade o cariz do jogo foi um pouco diferente. A equipa de Pampilhosa da Serra entrou mais determinada e aos 56’ tem a primeira situação de perigo, depois de um canto curto com Dias, bem colocado, a surgir a cabecear para as mãos de Pedro Dias. A turma da casa estava na mó de cima, mas sentia algumas dificuldades em construir claras situações de golo, perante uma boa organização defensiva da Académica SF. Até que aos 73’ Will é derrubado no interior da grande área por José Andrade, sendo assinado pontapé de penalti. Kiko Dias foi chamado a converter e não desperdiçou a oportunidade para colocar o Pampilhosense na frente do marcador. Até final a equipa da casa controlou o adversário, e podia ter sentenciado o encontro quando, aos 77’, resultado de uma boa jogada pela direita, Ricky serviu Simão e este rematou forte para uma excelente defesa do guardião Pedro Dias. Os estudantes ainda tentaram contrariar o rumo dos acontecimentos, mas os serranos seguraram a vantagem e a passagem à próxima eliminatória.

Pampilhosense - Académica SF Oitavos final Taça

 

O inicio do jogo até prometia uma exibição muito positiva do Pampilhosense, mas tudo não passou de uma promessa, isto no primeiro tempo. Já a etapa complementar trouxe um Pampilhosense diferente, para melhor. A equipa serrana foi em busca do golo, mas pela frente encontrou uma Académica SF bem organizada. No entanto iria ser um golo de pontapé de penalti que colocaria justiça no marcador, o primeiro que a equipa dispôs nesta época, perante oito contra!

 

O trio de arbitragem parece ter realizado um trabalho satisfatório. Apesar dos protestos da equipa dos estudantes relativamente ao lance que originou o pontapé de penalti.

 

Resultados:
Sourense 1-0 Vigor Mocidade
Marco

 

Pampilhosense 1-0 Académica SF
Kiko Dias

 

Carapinheirense 2-1(AP) Eirense
David e Carlos Santos (CDC); Afonso (UCE)

 

Ançã FC 1-0 União FC
Xuna

 

Atl. Arganil 1-2 Condeixa
Alexandre (AAA); Rochinha (ag) e Wilson (Con)

 

União 1919 0-2 Mocidade FC
Zé Costa e Beto

 

Febres 1-1 (5-4gp) Penelense
Craveiro (Feb); Diogo (Pen)

 

Cova Gala – Naval 1893 (17/02)

 

Quartos de final:
Febres – Cova Gala/Naval 1893
Condeixa – Carapinheirense
Pampilhosense – Ançã FC
Sourense – Mocidade FC

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:41

FUTSAL - SEGUNDA PARTE DE GALA ABRE CAMINHO À TERCEIRA

por ultraserranos4605, em 21.01.19

PAMPILHOSENSE - DOMUS NOSTRA

Pampilhosense - Domus Nostra 9ªJ DH futsal 19-01-

 

9ª Jornada da Divisão de Honra Futsal AF Coimbra
Pavilhão Municipal de Pampilhosa da Serra
Ao intervalo: 0-1

Pampilhosense:
Dani, Rabeca, Tiago Coelho, Parrança e Diogo Tomás.
Jogaram ainda: Alberto, Leão, Miranda e Deco.
Treinador: Nuno Pestana


Golos: Diogo Tomás 21’, Alberto Silva 23’ e Parrança 30’ (Pampilhosense); 12’ e 35’ (Domus Nostra).

Pampilhosense - Domus Nostra 9ªJ DH futsal 19-01-

 

Em jogo de atraso da 9ª jornada o Pampilhosense recebia o Domus Nostra com o intuito de amealhar os três pontos e ficar em posição mais confortável para assegurar os playoffs. Do outro lado estava o segundo classificado da tabela que tentava, neste encontro, o assalto ao primeiro lugar.

 

Foi uma primeira metade com algum equilíbrio, mas com o conjunto de Domus Nostra a querer demonstrar o porquê de estar a espreitar a liderança. E dessa forma, ao intervalo, os visitantes venciam com um golo aos 12’ e mais um par de boas ocasiões para poderem marcar.

Pampilhosense - Domus Nostra 9ªJ DH futsal 19-01-

 

Mas na segunda metade o cariz do jogo foi completamente diferente, com o Pampilhosense a fazer uma brilhante exibição e virar o resultado! O empate surgiu pouco depois do reatamento, 21’, na sequência de um ataque rápido conduzido por Alberto Silva que ofereceu o golo a Diogo Tomás. E a vantagem também foi quase de imediato, aos 23’, por intermédio de Alberto, que depois de uma recuperação surgiu isolado a colocar os serranos na frente do marcador. Mas o melhor ainda estava para vir quando, aos 30’, Parrança recebeu um passe atrasado e fez o golo da noite num potente remate bem do meio da rua, aumentando a vantagem para 3-1. Aos 35’, fruto de uma falha de comunicação defensiva do Pampilhosense, o Domus Nostra ainda reduziu, acreditando que poderia alcançar outro resultado. Tal não aconteceu porque o Pampilhosense fechou a sua baliza a sete chaves e segurou o terceiro triunfo consecutivo.

 

Num jogo intenso de futsal o Pampilhosense realizou uma segunda parte de luxo e fez a cambalhota no marcador para o terceiro triunfo consecutivo. Este resultado deixa a equipa bem encaminhada para garantir os playoffs de apuramento de campeão.

 

Classificação:

Class 9ªJ DH futsal 19-01-19.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:20

FUTSAL INFANTIS - RESULTADOS E CLASSIFICAÇÃO

por ultraserranos4605, em 15.01.19

Académica SF A 2-1 Pampilhosense
12ª Jornada do Campeonato de Infantis AFC Série A

 

Académica SF A - Pampilhosense 12ªJ Infantis Fut

 

Resultados:
São João A 7-3 União 1919
Académica SF A 2-1 Pampilhosense
S. Martinho Cortiça 3-1 NS Condeixa

 

Classificação:

Class infantis 12ªJ 12-01-19.jpg

 

Próxima Jornada:
Académica SF A – União 1919
NS Condeixa – São João A
Miro – CP Miranda Corvo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:25

FUTSAL BENJAMINS - RESULTADOS E CLASSIFICAÇÃO

por ultraserranos4605, em 15.01.19

Pampilhosense 1-4 União 1919
12ª Jornada do Campeonato de Benjamins Futsal AFC

 

Pampilhosense - União 1919 12ªJ Benjamins Futsal

 

Resultados:
Esc. Viveiro 1-7 Serpinense
CP Miranda Corvo 1-0 Esc. João Veloso
Pampilhosense 1-4 União 1919

 

Classificação:

Class benjamins 12ªJ 12-01-19.jpg

 

Próxima Jornada:
União 1919 – Esc. João Veloso
Esc. Viveiro – CP Miranda Corvo
Pampilhosense – NS Condeixa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:12

JOGO EMOTIVO QUE ACABOU EMPATADO

por ultraserranos4605, em 14.01.19

NAVAL 1893 - PAMPILHOSENSE

Naval 1893 - Pampilhosense 14J DH 13-01-19 1.jpg

 

14ª Jornada da Divisão de Honra da AF Coimbra
Campo de Treinos do Estádio Municipal José Bento Pessoa
Assistência: Cerca de 300 espetadores
Árbitro: Bruno Pombo
Assistentes: Vinícios Pires e Nuno Severa
Ao intervalo: 0-0

 

Pampilhosense:
Kiko, Abel, Renato, Cristiano (Kiko Dias 80’), Amândio, Rafa (Flávio Salgado 60’), Ronaldo, Will (Miguel Barreto 73’), Simão, Ricky e Dias.
Suplentes não utilizados: Cédric, Rola e Rui Velho
Treinador: Carlos Alegre

 

Naval 1893:
Vasco Guimarães, Amaral (Fernando Lopes 89’), Copinho, Rossito, Rodolfo, Luca (Maikon 65’), Ricardo, César Jesus, David Nogueira, Samuel e Silas.
Suplentes não utilizados: Rui, Zitos, Rony, Leonel e Maurício.
Treinador: José Godinho

 

Ação Disciplinar:
Amarelos: Rafa 37’, Amândio 60’ e Kiko Dias 87’ (Pampilhosense); Copinho 60’ (Naval 1893).

 

Golos: Dias 81’ (Pampilhosense); Samuel 51’ (Naval 1893).

Naval 1893 - Pampilhosense 14J DH 13-01-19 9.jpg

Foto Facebook Naval 1893

 

No jogo grande da jornada tocavam-se os extremos do distrito com uma equipa da serra a viajar até ao mar, naquela que é, a par da deslocação à Tocha, as viagens mais longas deste campeonato. A Naval 1893 seguia no comando da classificação e era nessa posição que queria se manter ao final desta ronda. Já o Pampilhosense, a dois pontos de distância, queria discutir os três pontos e surpreender. Para apimentar ainda mais este desafio o muito publico presente, tanto da equipa da casa como dos visitantes, que deram um colorido fantástico fora das quatro linhas.

Naval 1893 - Pampilhosense 14J DH 13-01-19 5.jpg

 

A equipa serrana que entrou muito forte no encontro, surpreendendo um adversário que no primeiro quarto de hora sentiu muitas dificuldades para travar as investidas contrárias. Nessa fase a turma de Pampilhosa da Serra dispôs de quatro boas ocasiões para inaugurar o marcador. A primeiro aos 3’, depois de um cruzamento de Abel com Ricky, sozinho na pequena área, a cabecear ao lado. Aos 5’ mais uma excelente oportunidade, depois de um remate de Will que Dias intercetou e ficou na cara do guardião da casa, mas o remate encontrou uma excelente oposição de Vasco Guimarães. A equipa serrana não baixou as guardas e aos 7’ tem nova situação de perigo, depois da triangulação entre Dias e Ricky com este ultimo a rematar, já de angulo apertado, para nova defesa do guarda-redes. O ultimo homem da Naval 1983 volta a estar em destaque aos 14’, depois de um livre direto de Ronaldo que encontrou no guarda-redes da casa, uma vez mais, uma barreira intransponível. A partir daqui a equipa da casa consegue equilibrar o encontro e, aos 22’, tem a primeira situação de perigo para a baliza de Kiko, depois de um livre lateral cobrado por David Nogueira com Fernando a surgir solto ao segundo poste, a rematar para um corte in extremis de Renato a evitar o golo. E até final do primeiro tempo o desafio continuou equilibrado, principalmente sobre a zona intermediária e sem ocasiões de golo.

Naval 1893 - Pampilhosense 14J DH 13-01-19 6.jpg

Foto Facebook Naval 1893

 

Para a segunda parte estava reservada ainda mais emoção. Logo aos 51’ a equipa da casa, fruto de uma entrada mais atrevida, vai chegar à vantagem no marcador com Samuel a cobrar um livre lateral de forma direta e enganar a defensiva pampilhosense. Nesta fase à turma de Pampilhosa da Serra faltou maior discernimento, já que vai cometer duas grandes penalidades no espaço de 4’. A primeira, muito discutível, a penalizar uma mão de Cristiano num lance muito à “queima”, estavam decorridos 54’. César Jesus foi chamado a converter, mas Kiko, na baliza do Pampilhosense, negou o 2-0. Quatro minuto depois Rodolfo fugiu para o interior da grande área serrana e Renato derruba o jogador da casa, assinalada nova infração! Desta feita foi David Nogueira chamado à responsabilidade, mas, uma vez mais, o desfecho foi o mesmo com Kiko a não se deixar eludir. A partir daqui os serranos assentaram o seu jogo e foram em busca de alterar o rumo dos acontecimentos. O primeiro sinal foi dado aos 69’ através de Simão que, depois de um ressalto, rematou para uma boa defesa de Vasco Guimarães. Até que aos 81’ o risco pampilhosense vai colher frutos: Kiko Dias e Amândio tem uma boa combinação na esquerda e este ultimo acelera, ultrapassa um adversário, e entra na grande área para servir atrasado Dias que não falhou e empatou o encontro. A equipa do Pampilhosense ainda tentou outro resultado, mas o empate acabou por persistir.

Naval 1893 - Pampilhosense 14J DH 13-01-19 8.jpg

Foto Facebook Naval 1893

 

Jogo de emoções na Figueira da Foz com uma justa divisão de pontos. A equipa serrana entrou melhor, podia ter marcado primeiro, e se o tem feito abriria bom caminho para o triunfo. Tal não aconteceu e foi a Naval 1893 que, na segunda parte, marcou primeiro, podendo, logo de seguida, ter sentenciado o jogo ao dispor de duas grandes penalidades. Os da casa também não aproveitaram e o Pampilhosense subiu no terreno vindo a alcançou o empate.

Naval 1893 - Pampilhosense 14J DH 13-01-19 3.jpg

 

Depois de um trabalho regular na primeira parte, na segunda metade a equipa de arbitragem teve a tarefa mais dificultada e tem alguns lances de difícil análise. Na primeira penalidade a mão de Cristiano é resultado de um lance muito à “queima”. E a meio da segunda metade parece ter ficado por mostrar o segundo amarelo a Copinho depois de travar Dias numa jogada perigosa.

Naval 1893 - Pampilhosense 14J DH 13-01-19 7.jpg

Foto Facebook Naval 1893

 

Nota final para agradecer ao muito publico que se deslocou de Pampilhosa da Serra para apoiar, de forma fantástica, a equipa do Pampilhosense que, juntamente ao muito publico afeto à equipa da casa, criaram um ambiente fervoroso e saudável em tons de verde fora das quatro linhas.

 

Resultados:
Tocha 0-0 Brasfemes

Académica SF 1-3 Condeixa
Pacheco (AAC SF); Rui Pereira (2) e Hugo Oliveira (Con)

 

Eirense 2-0 Lagares da Beira
João Marques (2) (UCE); Loureiro (LB)

 

Naval 1983 1-1 Pampilhosense
Samuel (Nav); Dias (GDP)

 

Carapinheirense 0-1 Vigor Mocidade
Paganini

 

Penelense 3-2 Marialvas
Pato, Jorge Correia e Pita (Pen); Lameiras e Carlitos (Mar)


Tourizense 2-1 União FC
Deco e Jessie (GDT); Serginho (UFC)


Sourense 3-0 Ançã FC
Rui Miguel, Quaresma e Rui Daniel

 

Classificação:

Class DH 14ªJ 13-01-19.jpg

 

Próxima Jornada:
Brasfemes – Académica SF
Condeixa – Eirense
Lagares da Beira – Sourense
Pampilhosense – Tocha
Vigor Mocidade – Naval 1893
Marialvas – Tourizense
União FC – Carapinheirense
Ançã FC – Penelense

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00

FUTSAL - RESOLVER NA SEGUNDA PARTE

por ultraserranos4605, em 14.01.19

PAMPILHOSENSE - CP MIRANDA DO CORVO

Pampilhosense - CP Miranda do Corvo 16ªJ DH futsa

 

16ª Jornada da Divisão de Honra Futsal AF Coimbra
Pavilhão Municipal de Pampilhosa da Serra
Ao intervalo: 1-1

 

Pampilhosense:
Ferreira, Tiago Coelho, Parrança, Diogo Tomás e Miranda.
Jogaram ainda: Alberto, Marco Pestana e Deco.
Treinador: Nuno Pestana

 

Golos: Diogo Tomás 18’, Alberto 27’, Parrança 31’ e Tiago Coelho 37’ (Pampilhosense); 4’ e 29’ (CP Miranda do Corvo).

 

No primeiro jogo em casa de 2019 a equipa do Pampilhosense queria somar o segundo triunfo consecutivo e ficar numa posição mais confortável para garantir os playoffs. Do outro lado estava um conjunto também a precisar de vencer para não se atrasar na luta pelos oito primeiros.

Pampilhosense - CP Miranda do Corvo 16ªJ DH futsa

 

No primeiro tempo assistiu-se a um encontro equilibrado e com as equipas a impor pouca velocidade. O conjunto forasteiro saiu na frente do marcador aos 4’, cabendo aos serranos correr atrás do prejuízo. A reação pampilhosense foi tímida, a espaços uma oportunidade “aqui”, outra “ali” e o jogo parecia caminhar para descanso com a CP Miranda do Corvo a vencer. Até que nos últimos instantes um remate cruzado de Diogo Tomás empata o desafio e deixa as equipas iguais ao fim de 20’.

Pampilhosense - CP Miranda do Corvo 16ªJ DH futsa

 

Na segunda metade a equipa serrana, pouco a pouco, foi subindo de rendimento e aos 27’, fruto de uma boa jogada coletiva, Miranda oferece a Alberto o golo que colocava a equipa pela primeira vez na frente do marcador. Pouco depois, aos 31’, numa fase em que os visitantes estavam penalizados por uma expulsão, Parrança surgiu dentro da área a rematar forte para o 3-1. Com uma vantagem de dois golos o Pampilhosense tentou gerir o resultado, o CP Miranda do Corvo ainda assustou, mas o guardião Ferreira segurou a vantagem. Já perto do final Tiago Coelho, na sequencia de um livre, enganou os adversários e rematou forte batendo o guarda-redes adversário e confirmar, praticamente, o triunfo. Até final ainda houve tempo para a CP Miranda do Corvo reduzir para 4-2, com um golo nos últimos segundos, estabelecendo o resultado final.

 

Segunda importante vitória seguida da equipa do Pampilhosense que assim sobe à sexta posição na tabela, deixando a equipa bem colocada para garantir um dos oito primeiros classificados, lugares de acesso ao playoff.

 

Resultados:
Domus Nostra 4-2 Ançã FC
Lavos 5-3 Norte e Soure
Miro 4-1 São João Sub23
U. Chelo 5-1 Santa Clara
Pampilhosense 4-2 CP Miranda do Corvo
Ac. Gândaras – Prodema

 

Classificação:

Class DH 15ªJ Futsal 12-01-19.jpg

 

Próxima Jornada:
Domus Nostra – São João Sub23
Norte e Soure – S. Martinho Cortiça
Ançã FC – Lavos
Santa Clara – Miro
CP Miranda Corvo – U. Chelo
Prodema – Pampilhosense

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:09

DESPERTAR A TEMPO DA VITÓRIA

por ultraserranos4605, em 07.01.19

PAMPILHOSENSE - CARAPINHEIRENSE

Pampilhosense - Carapinheirense 13ªJ DH 06-01-19

 

13ª Jornada da Divisão de Honra AF Coimbra
Estádio Municipal de Pampilhosa da Serra
Assistência: cerca de 150 espetadores
Árbitro: Pedro Nascimento
Auxiliares: Diogo Jerónimo e Gonçalo Esteves
Ao intervalo: 0-1

 

Pampilhosense:
Kiko, Abel, Renato, Cristiano, Amândio (Rui Velho 89´), Rafa, Will (Simão 55’), Ronaldo, Miguel Barreto (Rola 55’), Ricky e Dias.
Suplentes não utilizados: Cédric, Kiko Dias e Flávio Salgado.

Treinador: Carlos Alegre

 

Carapinheirense:

Paulo André, David, Jairo, Temotio, Luís Jorge, José Paulo, Paulo Xavier, Ricardo (Xavier Monteiro 68’), Xavier Neves (Miguel Neves 75’), Daniel Oliveira (Ângelo 87’) e Faria.
Suplentes não utilizados: Murta e Renato
Treinador: Nuno Raquete

 

Ação Disciplinar:
Amarelos: Jairo 47’ e 79’, Paulo Xavier 45’ e 93’, Daniel Oliveira 64’ e David 66’ (Carapinheirense)
Vermelhos por acumulação: Jairo 79’ e Paulo Xavier 93’

 

Golos: Amândio 63’ e Ricky 72’ (Pampilhosense); Xavier Neves 40’ (Carapinheirense)

Pampilhosense - Carapinheirense 13ªJ DH 06-01-19

 

No arranque de 2019 Pampilhosense e Carapinheirense, com percursos distintos no campeonato, queriam entrar com o pé direito e somar os três pontos. Os serranos, a realizar uma excelente prova, ambicionavam não perder o comboio dos três primeiros, enquanto o conjunto da Carapinheira, motivado pela estreia do novo treinador, queria surpreender e levar pontos de Pampilhosa da Serra.

Pampilhosense - Carapinheirense 13ªJ DH 06-01-19

 

A primeira metade reuniu poucos motivos de interesse. O Pampilhosense foi uma equipa pouco esclarecida e nível ofensivo e, dessa forma, o Carapinheirense conseguia levar o jogo de feição aos seus objetivos. Com o jogo muito mastigado o primeiro sinal de maior perigo surgiu, só, aos 39’, num remate cruzado de Ricky. Mas no minuto seguinte o Carapinheirense, depois de uma recuperação de bola de Ricardo na zona intermediaria, lançou de imediato Xavier Neves e este, sozinho, rematou para o fundo das redes da baliza de Kiko, dando vantagem ao conjunto de Nuno Raquete. Os visitantes chegavam ao intervalo em vantagem no marcador.

Pampilhosense - Carapinheirense 13ªJ DH 06-01-19

 

Na segunda metade o Pampilhosense surgiu com outra atitude, demonstrando que queria alterar o rumo dos acontecimentos. Isso ficou patente logo aos 59’, através de um livre direto de Simão que embateu com estrondo no ferro da baliza de Paulo André. Pouco depois, aos 61’, foi Dias a ficar perto da igualdade, depois de um lançamento lateral que o avançado serrano aproveitou para rematar cruzado com perigo. Até que, aos 63’, o empate vai mesmo surgir, depois de um excelente cruzamento largo de Rola a que Amândio, com uma cabeçada fulgurosa, deu o melhor desfecho. A equipa serrana não tirou o pé do acelerador e, aos 70’, Simão dominou bem e, no interior da grande área, rematou para boa defesa de Paulo André. Até que, aos 72’, é consumada a cambalhota no marcador, com Simão a ter uma boa incursão pela esquerda e a cruzar atrasado para Ricky rematar de primeira e bater Paulo André. As coisas complicaram, ainda mais, para o conjunto visitante que depois dos 79’ fica reduzido a menos um elemento, fruto do derrube de Jairo a Dias quando o jogador serrano seguia isolado. Mesmo com 10 elementos o Carapinheirense ainda assustou, através de uma bola bombeada para o interior da área com Cristiano a desviar para a própria baliza, valeu a defesa atenta de Kiko. Até final apenas nota para nova expulsão para o Carapinheirense, aos 93’, com Xavier a ver o segundo amarelo, na sequencia dessa infração Ronaldo surgiu no coração da grande área a rematar com muito perigo.

Pampilhosense - Carapinheirense 13ªJ DH 06-01-19

 

A equipa serrana entrou em 2019 com um triunfo que a mantém entre os três primeiros classificados do campeonato. Num jogo em que o Pampilhosense começou por complicar, frente a uma equipa motivada, as coisas mudaram de figura no segundo tempo, fase em que foi capaz de consumar a cambalhota no marcador e justificar a vitória. Com este resultado o Pampilhosense continua a dividir a segunda posição com o Condeixa a apenas dois pontos da liderança que é ocupada pela Naval 1893, isto em vésperas de uma viagem à Figueira da Foz!

 

Arbitragem positiva.

 

Resultados:
Condeixa 2-0 Tocha
João Olavo e André Jorge

 

Lagares da Beira 2-4 Académica SF
Luis Paulo e João Paulo (LB); Dionysis, Tomás, Léo e André (AAC SF)

 

Sourense 2-2 Eirense
Fábio Pacheco (2) (GDS); Tiago Cardoso e João Marques (UCE)

 

Brasfemes 0-3 Naval 1893
Nogueira, Amaral e Maicon

 

Pampilhosense 2-1 Carapinheirense
Amândio e Ricky (GDP); Xavier Neves (CDC)

 

União FC 3-1 Penelense
Curica, Luís Rodrigues e Cédric (UFC); Pato (Pen)

 

Vigor Mocidade 2-0 Tourizense
Samuel e Daniel Pinto

 

Marialvas 0-2 Ançã FC
Valter e Pepe

 

Classificação:

Class 13ªJ DH 06-01-19.jpg

 

Próxima Jornada:
Tocha – Brasfemes
Académica SF – Condeixa
Eirense – Lagares da Beira
Navala 1893 – Pampilhosense
Carapinheirense – Vigor Mocidade
Penelense – Marialvas
Tourizense – União FC
Sourense – Ançã FC

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:31

FUTSAL - IMPORTANTE REGRESSO AOS TRIUNFOS

por ultraserranos4605, em 07.01.19

SANTA CLARA - PAMPILHOSENSE

Santa Clara - Pampilhosense 15ªJ DH Futsal 05-01-

 

15ª Jornada da Divisão de Honra Futsal AFC
Pavilhão CF de Santa Clara
Ao intervalo: 0-1


Pampilhosense:
Daniel Silva, Deco, Miranda, Diogo Tomas e Tiago Coelho.
Jogaram ainda: Parrança, Marco Pestana e Alberto Silva.
Treinador: Nuno Pestana


Golos: Diogo Tomás 14’ e 28’ e Miranda 30’ (Pampilhosense); 26’ (Santa Clara)

 

No arranque de 2019 a equipa do Pampilhosense tinha uma partida importante para os seus objetivos no campeonato em Santa Clara, frente a um conjunto que nesta temporada já tinha vencido os serranos por duas ocasiões, campeonato e taça.

Santa Clara - Pampilhosense 15ªJ DH Futsal 05-01-

 

Era uma importante partida para o campeonato e os jogadores sabiam que os três pontos e regresso aos triunfos eram fundamentais. E a exibição foi de encontro à importância do jogo, com a equipa serrana a fazer valer a sua determinação chegando ao intervalo a vencer com um golo de Diogo Tomás.

Santa Clara - Pampilhosense 15ªJ DH Futsal 05-01-

 

Na segunda metade o conjunto da casa reagiu, queria discutir o resultado e chegou à igualdade aos 26’. O conjunto da casa ainda assustou, desejava repetir mais um triunfo sobre o Pampilhosense, mas desta feita o desfecho foi diferente. A turma de Pampilhosa da Serra não tremeu e voltou para a posição de vencedor com Diogo Tomás a bisar no encontro com um golo aos 28’. Uma vantagem que foi dilatada pouco depois, aos 30’, com Miranda a apontar o 3-1 e dar uma maior tranquilidade para a sua equipa. Até final, apesar de ainda faltarem disputar 10’, a equipa serrana geriu e aguentou o resultado alcançando um importante triunfo.

 

Resultados:
São João Sub23 2-1 U. Chelo
CP Miranda Corvo 2-1 Ac. Gândaras
Santa Clara 1-3 Pampilhosense
Norte e Soure 1-2 Domus Nostra
S. Martinho Cortiça 4-2 Lavos
Ançã FC 5-1 Miro

 

Classificação:

class 15ªJ DH futsal 05-01-19.jpg

 

Próxima Jornada:
Miro – São João Sub23
Domus Nostra – Ançã FC
Lavos – Norte e Soure
U. Chelo – Santa Clara
Pampilhosense – CP Miranda Corvo
Ac. Gândaras – Prodema

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:11

No passado dia 22 de dezembro o Pampilhosense participou no Grande Torneio de Natal da Escola de Futebol Benfica de Pedrogão Grande levando, até à vizinha vila do distrito de Leira, 17 crianças distribuídas por três equipas. Com participação em sub9 (traquinas), sub7 (petizes) e sub5 (1º passos) as nossas crianças deram boa conta de si e, acima de tudo, aproveitaram este encontro para se divertirem e evoluírem mais um pouco na modalidade. A nível de resultados, que é o que menos importa nestas idades, o clube pampilhosense classificou-se na 4ª posição em todas as participações, conseguindo, ainda, uma distinção de melhor guarda-redes na categoria de sub7. Estiveram presentes seis equipas em cada um dos três escalões.

 

Está já na forja a participação no próximo encontro.

 

sub5 22-12-18.jpg

Sub5 (1º passos)

 

sub7 22-12-18.jpg

Sub7 (petizes)

 

sub9 22-12-18.jpg

Sub9 (traquinas)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:28


. ............ . . .

.


LIGAÇÕES - PLANTEL 18/19 E VIDEOS

.

.